Você está aqui
Home > Destinos > Os 10 melhores países para trabalhar e juntar uma grana

Os 10 melhores países para trabalhar e juntar uma grana

vila-na-noruega




Em busca de melhores salários e da possibilidade de conseguir poupar algum dinheiro ao final do mês, é cada vez mais comum conhecermos brasileiros que lutam por um futuro melhor e saem em busca dos melhores países para trabalhar mundo afora, a fim de garantir condições de vida mais confortáveis para si mesmos e suas respectivas famílias. Conheça os lugares que mais oferecem tal chance aos imigrantes, com salários generosos e custo de vida compatível.

Quais são os melhores países para trabalhar este ano

Alguns podem optar por mais conforto, outros estão dispostos a tudo. O que todos têm em comum é a vontade de se arriscar entre os melhores países para trabalhar com a finalidade de garantir seu lugar ao sol. Veja quais são os países que possibilitam ganhar bem e ainda guardar algumas economias.

10. Holanda

holanda-amsterdam
Amsterdam – Holanda




O país é repleto de verde, canais, pontes, bicicletas e muita qualidade de vida e configura-se como o décimo melhor país para trabalhar e juntar dinheiro desta lista. A Holanda reúne cerca de 2.500 empresas estrangeiras, 260 sedes de empresas europeias e 25 escritórios de empresas globais, oferecendo oportunidades nos setores de tecnologia, tecnologia de petróleo e gás, publicidade, varejo e moda. O salário mínimo é de 1.501,80€ (entre os cinco maiores da Europa) e o custo de vida é relativamente baixo, sendo possível um casal viver com 1.000€ mensais e ainda guardar algo para investir ou levar de volta para o Brasil (caso isso aconteça) :). Reserve aqui sua hospedagem em Amsterdam

Veja a lista completa aqui >>



Booking.com

Bruno Miguel
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.
http://www.naproadavida.com/

Leave a Reply

Top
Close