Você está aqui
Home > Dicas > Uber em Bangkok: Dicas de transporte na capital da Tailândia

Uber em Bangkok: Dicas de transporte na capital da Tailândia




Memorial_Bridge_Bangkok_ Uber em Bangkok
Memorial Bridge em Bangkok

Quando a maioria das pessoas pensa em transporte em Bangkok hoje em dia, vêm à mente aquela cena dos tuk-tuks passando em uma velocidade que colocaria o Barrichello no bolso, e sim, isso acontece mesmo, mas dessa vez queremos dar outra dica de transporte na cidade. O Uber, aplicativo que é motivo de polêmicas mundo afora, também funciona por lá e pode ser a melhor opção em muitos casos. Nós usamos bastante durante o mês que moramos na cidade e vamos dar dicas sobre como usar o Uber em Bangkok.

Por quê usar o Uber em Bangkok?

Nós definitivamente somos adeptos ao Uber e desde que ainda morávamos em São Paulo, optávamos por usar o aplicativo quando valesse mais a pena que táxi, ou o transporte público estava indisponível no momento. Aqui, nós diríamos que usar o Uber em Bangkok é até a opção mais segura, além da mais barata em muitas situações.
A primeira vantagem é que você não precisa ficar explicando onde quer ir, como teria de fazer com taxistas ou motoristas de tuk-tuk, o que às vezes é um parto se você não fala tailandês e/ou eles não entendem inglês. No Uber, o motorista já tem o seu destino no GPS do app.

Tela de solicitação do App | Foto: Bloomberg/Victor J. Blue - Uber em Bangkok
Tela de solicitação do App | Foto: Bloomberg/Victor J. Blue

Evite golpes e espertinhos querendo levar grana fácil dos “falangs

É comum ver pessoas reclamando que tiveram problemas com taxistas que não queriam usar o taxímetro e sim um preço fechado ou relatos de quem foi ameaçado pelo motorista de tuk-tuk ao fim da corrida por não querer pagar o que eles queriam. Com o aplicativo, você tem uma estimativa de preço da corrida que deseja fazer, e quando você chega ao local e o motorista conclui a viagem, o valor final estará na tela do celular dele. Em algumas vezes o valor é menor que a estimativa e isso é mais um belo motivo para usar o Uber em Bangkok.

Trânsito de Bangkok, hora do rush.
Trânsito de Bangkok, hora do rush.

Coloque a opção para pagar em dinheiro

Algumas vezes é preciso cancelar a viagem, pois o motorista estava dirigindo em outra direção, ia demorar demais ou qualquer outro motivo. O problema, é que quando você cancela a viagem no aplicativo, é cobrada uma taxa pelo cancelamento e se você estiver com a opção de pagamento em cartão de crédito, essa taxa é cobrada automaticamente. Após percebermos isto, mudamos para o pagamento em dinheiro, e quando cancelamos uma viagem seguinte, pois o motorista demorou demais, o Uber tentou cobrar a taxa aumentando o valor final de uma próxima corrida, algo que nós sempre nos recusamos a pagar e os motoristas aceitavam, pois não entendiam de onde vinha aquela cobrança extra. O melhor dos mundos é não cancelar a viagem, mas você vai entender se usar o Uber em Bangkok. De qualquer forma, fique esperto! 😉

Booking.com

Mais barato que o transporte público (ônibus e BTS)

Nós usamos o transporte público em 85% das viagens que fizemos dentro de Bangkok, principalmente os ônibus que custavam 9 baths (R$0.90) e rodavam a cidade inteira, pois onde morávamos não havia MRT ou BTS, que não são tão baratos assim também.
Muitas vezes, saíamos com vários amigos da fundação que dávamos aula ou pelo menos em duas, três pessoas e quando fazíamos as contas, o Uber sairia bem mais barato dividindo o valor entre todos. Foi isso que fizemos quando usamos o Uber para ir até o mercado flutuante de Taling Chan.

Bamrung_Muang_RD_Bangkok (4)

Leia também: Mercados flutuantes em Bangkok

Tenha um pouco de paciência e tempo às vezes

Quando estávamos em Bangkok, o Uber era relativamente novo e muitos dos motoristas, assim como em outros países, usavam o aplicativo para fazer uma grana extra, mesmo sem nunca terem dirigido muito pela cidade antes.
O resultado disso tudo era muita demora e irritação ao ver aquele carrinho no aplicativo dando várias voltas há duas ruas de onde estávamos. Sem brincadeira, na maioria das vezes que solicitamos o Uber em Bangkok, algo do tipo aconteceu, ou passavam de onde estávamos por alguns (entenda muitos) metros ou ficavam dando voltas na região. E os cancelamentos aconteciam quando eles começavam a simplesmente se afastar da área em que deveria nos pegar.

Outras alternativas de transporte em Bangkok:

Ônibus público em Chinatown, Bangkok - Uber em Bangkok
Ônibus público em Chinatown, Bangkok

MRT/BTS

Esses são o metrô (subterrâneo) e o Sky Train (superfície/ elevado). São opções muito boas para quem está hospedado nas regiões mais centrais e turísticas. Nós usamos o BTS na chegada em Bangkok e quando estávamos hospedados no MonkeyNap Hostel, que fica pertinho da estação Phrom Pong na Sukhumvit. O valor deste transporte funciona por distância, ou seja, quanto mais longe você vai, mais cara fica a passagem, que começa em 8 baths. Dependendo de quantas pessoas são, valerá muito mais a pena escolher outras opções de transporte.

Dica boa: Hotéis com piscina em Bangkok na Tailândia

Ônibus público

O nosso queridinho em Bangkok, pois como não havia outra opção de transporte público perto de onde morávamos, a melhor e mais barata forma de conhecer a cidade era de ônibus. Nós adorávamos vivenciar o dia a dia maluco dentro dos ônibus da cidade e fizemos alguns amigos locais, que tentaram nos ajudar ou só queriam conversar com um “falang“. Os ônibus custam entre 9 e 13 baths e vão a quase todos os cantos da cidade e com a ajuda do Google Maps, nós sempre sabíamos onde encontrá-los para voltar pra casa.

Grab

O Grab é o maior concorrente do Uber na Ásia, e a diferença é que eles permitem que os taxistas também realizem corridas através do aplicativo, assim, eles podem ter mais opções de transporte cobrindo toda a cidade. O Caio e a Dri, nossos amigos do blog Em Algum Lugar do Mundo, sempre usavam o Grab quando estávamos por lá. Os preços são similares ao Uber, mas nós não o usamos em Bangkok.

Táxi

Nós tentamos sempre evitar os táxis por lá, pois mesmo usando o taxímetro, eles tentavam dar mais voltas para nos enrolar, mas como eu aprendi um pouco de tailandês e tinha o GPS em mãos, sempre perguntava onde estavam indo e mostrava a direção correta, os deixando com a maior cara lavada (acho que é assim a expressão, né?! 🙂 ). Caso escolha ou tenha que usar táxi, exija o taxímetro e veja o caminho no GPS.

Tuk-tuk

Esse é o campeão da enrolação, mas é amado por todos. Andar de tuk-tuk em Bangkok é sensacional, é uma experiência que todos deveriam ter uma vez na vida (mesmo que essa seja a última haha). Eles correm mais que cachorro louco e desviam dos carros e ônibus como se estivessem a 15m, mesmo estando a 15 centímetros. E ainda assim, a gente ama o tuk-tuk.
Geralmente mais caros, as pessoas costumam usá-los em curtas distâncias ou saindo de uma noite divertida na Khao San Road. A dica é SEMPRE negociar o valor antes de entrar no brinquedinho maluco e se você sentir que vai dar problemas, peça para ele escrever o valor na calculadora para ter certeza do valor.

Vai andar de Tuk-tuk em Bangkok? Reserve o seu Seguro Viagem para não ter problemas com essa aventura. Nós usamos a World Nomads, que possui atendimento em português e a Real Seguro Viagem é a nossa parceira brasileira.

Barco

Uma das coisas que eu admiro em Bangkok é a forma como eles utilizam o Rio Chao Phraya. Eu gostaria muito de ver São Paulo assim um dia, aproveitando as águas dos rios Tietê e Pinheiros de forma inteligente.
Por conta do rio que corta a cidade, é possível se locomover de um ponto a outro usando apenas barcos. Os principais templos e pontos turísticos estão muito próximos ao rio Chao Phraya, tornando fácil o transporte também pela água. Os barcos custam em média entre 8 e 40 baths, e é uma experiência gostosa de viver em Bangkok.

Espero que você tenha uma experiência muito boa se locomovendo na cidade e que se optar por usar o Uber em Bangkok, que o serviço e os motoristas estejam melhores. De qualquer forma, as outras opções são muito válidas e servem para diferentes momentos de sua estadia por lá.

Hospedagem em Bangkok

Veja algumas opções de hospedagem em Bangkok, por regiões:

Existem diversos sites buscadores de hotéis, mas nós temos usado sempre o Booking.com ou o Agoda.

Caso tenha dúvidas ou algo a dizer em relação ao assunto, deixe um comentário abaixo ou em nossas redes sociais. Inscreva-se no nosso canal do YouTube para vídeos sobre a Ásia e outras viagens.

Boa viagem e até a próxima dica. 😉

Veja também:

Bruno Miguel
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.
http://www.naproadavida.com/

Leave a Reply

Top
Close