Você está aqui
Home > Destinos > Green Turtle Savona – A solução dos seus problemas

Green Turtle Savona – A solução dos seus problemas




 

green turtle1

Já esteve em alguma situação em que, você está fora do seu país, a trabalho ou viagem, e precisa muito de uma ajuda, de alguém que conheça bem o lugar ou possa te dar o caminho para a solução? ou precise de Internet para se comunicar com alguém, comprar algo muito importante que esqueceu em casa, comprar um chip local para o celular, ou até mesmo enviar dinheiro pra casa?

green turtle3
Espaço “Lan house” dentro do Green Turtle

Pois bem. É para isso que existe o Green Turtle em Savona, na Itália. No começo, era algo como uma lan house, que vendia algumas coisas para higiene pessoal, salgadinhos e guloseimas e outras coisas que poderiam ser necessárias, além do envio de dinheiro.
green turtle4
Espaço “Lan house” dentro do Green Turtle
O Green Turtle Savona, criado por um ex-tripulante brasileiro, o Alexandre, que mora em Savona e casou-se com uma italiana, virou uma referência na cidade para todas as pessoas que estejam relacionadas aos navios, tripulantes ou não. Lá, é possível encontrar de tudo um pouco, usar Internet, conexão Wifi, enviar dinheiro, comprar as besteiras das quais sentimos falta quando saímos do Brasil, como um guaraná ou um salgadinho, coisas que necessitamos no dia-a-dia.
Alexandre com os vários tripulantes que frequentam o Green Turtle
Alexandre com os vários tripulantes que frequentam o Green Turtle
O Alexandre é bastante conhecido, pelo atendimento e carisma com todos os clientes, foi e é ele quem nos apresenta ao Tucano Bar, onde podemos comer a maravilhosa coxinha ou feijoada. Uma das coisas mais bacanas no Green Turtle, é o mural com centenas de nametags de tripulantes que por ali passaram, e claro, deixei a minha. O mural vira uma atração, e é muito legal poder ver que muitos conhecidos de navios antigos, já estiveram por ali, é como se criasse uma conexão com os antigos amigos.

Mural com todas as nametags deixadas por tripulantes
Mural com todas as nametags deixadas por tripulantes

O Green Turtle acaba virando um must de Savona, e vale a pena passar, mesmo que não precise de nada, somente para falar que ali esteve. E claro, se estiver precisando de algo, é o lugar certo para procurar. Estar fora do seu país é uma coisa que traz diversos aprendizados, experiências e amizades. Algo que com certeza pode acontecer, são problemas por conta do idioma, da diferença de culturas entre outros obstáculos, e se isso acontecer em Savona, procure o Green Turtle.

Todas as fotos: Reprodução do Facebook (Green T Savona)
Todas as fotos: Reprodução do Facebook (Green T Savona)






Existe também uma loja Green Turtle, próxima ao porto de Civitavecchia, que pertence ao sogro do Alexandre, mas infelizmente, eu nunca tive muito tempo de parar por lá, ou conhecer o pessoal de lá.

Tive a oportunidade de conversar um pouco mais com o Alexandre sobre o Green Turtle nos dias de hoje, e ele me disse o seguinte: “O seamen’s center GREEN T SAVONA Centro Tim é um ponto de referência importante para os brasileiros e estrangeiros que trabalham nos cruzeiros Costa e também para os passageiros que passam por Savona. Lá os marinheiros encontram SERVIÇO de CÂMBIO, podem transferir dinheiro para o Brasil, comprar CHIP para ligar para casa e acessar INTERNET. A loja conta também com assistência de computadores e celulares, Acesso à WI-Fi e para matar a saudade do Brasil tem um MARKET que vende entre outras coisas GUARANÁ e leite condensado. A loja fica em frente à “TORRETA” de Savona.”

Veja Também:

Quer reservar acomodação para a viagem? Dá uma olhada nas opções clicando abaixo:



Booking.com

UM ANO DE VIAGEM: assista ao nosso vídeo comemorativo

Bruno Miguel
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.
http://www.naproadavida.com/

Leave a Reply

Top