STCW – O que é, pra que serve e como fazer?

Home » Trabalho em Navios » STCW – O que é, pra que serve e como fazer?
Atualizado em 29/06/2021
Por: Victória

Atualizado em 29/06/2021
Por: Victória

A tão sonhada vida a bordo. Muitas pessoas procuram, em tempos de crise em nosso país, alternativas para ter um trabalho que te faz viajar para diversos países. Mas, para se tornar um tripulante de navios de cruzeiro, você precisa, além de passar nas entrevistas da companhia, fazer alguns cursos obrigatórios. O STCW é um desses cursos e, neste post, a Amanda Guerra (leitora e tripulante há 3 anos) nos explicou tudo sobre ele:

s-t-c-w

Está querendo trabalhar em navios de cruzeiros? Receba as nossas dicas no seu e-mail. Preencha os campos abaixo:

Sobre o STCW:

O STCW (Standards of Training, Certification and Watchkeeping) é composto por dois cursos: o CBSN (Curso Básico de Segurança de Navio) e o CFPN (Curso de Familiarização e Proteção de Navio). Diversas agências oferecem os cursos obrigatórios para trabalhar em navios de cruzeiro, mas poucos em São Paulo, onde moro.

Depois de uma rápida pesquisa online, escolhi a Seaman Náutica, que fica no Jabaquara. Eles ministram o curso desde 2001 em todo o Brasil, e entregam o certificado no prazo de 30 a 40 dias, homologado pela Marinha do Brasil com validade internacional de 5 anos.

Depois de trocar alguns e-mails, recebi todas as informações que precisava para dar meu primeiro passo real em busca do meu objetivo. A próxima turma estava prevista para o fim do mês de Agosto, o que era perfeito por estar há duas semanas de distância.

Depois de seguir todo o procedimento indicado pela Paulinha, recebi a confirmação da grade:

Programação do meu curso:

CBSN

2a-feira         09:00  às 12:00
3a-feira    09:00  às 18:00
4a-feira 07:50  às 17:00
5a-feira   09:00  às 18:00

CFPN

6a-feira        09:00  às 13:00

Como foi a semana de treinamento:

Chegou a manhã de segunda-feira, fria e chuvosa. Às 09h00 estávamos todos sonolentos, cerca de 30 desconhecidos reunidos em uma sala pequena e abafada para darmos início ao tão esperado STCW.

A aula do dia seria sobre primeiros socorros. A enfermeira entra tão desanimada quanto o resto da turma e começa a passar o conteúdo para todos, fazemos os exercícios de simulação e fim, fomos liberados. Ufa, foi uma longa manhã!

Chegamos então na terça, um pouco mais habituados e já esperando um dia longo e maçante de estudos. Recebemos as apostilas e eis que se apresenta o Comandante Charles. Que pessoa fantástica! Em questão de minutos a sala estava completamente entrosada. Com os exercícios práticos, todos tivemos a oportunidade de memorizar os nomes uns dos outros e a aula, que pareceria durar uma eternidade, passou de uma forma bem mais agradável.

stcw-amanda-1

Parte da sala com a Paulinha (primeira agachada da esq. pra dir.) e Comandante Charles (no centro da foto de cinza)

Ao fim do dia, a turma toda estava em sintonia, já parecíamos amigos de longa data e, para os poucos de nós nos aventurando em um primeiro embarque, pudemos, pela primeira vez, ter alguma noção de como seria o ambiente e a vida a bordo. Entre um conceito e outro, o comandante fazia questão de nos contar as histórias mais malucas que presenciou em toda sua carreira. Enfim, o resto da semana parecia muito melhor.

O dia prático ficou marcado para quarta-feira, e é o mais esperado. Foi nele que simulamos um naufrágio, pulamos de uma plataforma de 03 metros de altura, viramos a balsa para salvamento, nos atiramos para dentro dela e fomos arremessados para fora novamente, até nadarmos com segurança para fora da piscina.

stcw-amanda

Uma parte do pessoal e a piscina congelante onde pulamos para virar a balsa

Na quarta-feira nos encontramos na Seaman, tomamos café da manhã e seguimos em duas vans até Guarulhos, onde é feito o treinamento tanto de tripulantes de navios de cruzeiro como de comissários de bordo. Depois de toda a ação, tomamos banho e fizemos uma pausa para o almoço, tudo incluso no pacote do curso. Por fim, seguimos de volta para São Paulo, nos sentindo vitoriosos e felizes.

Nesse dia colocamos a prova nossos conhecimentos de combate a incêndio. O comandante, junto com uma equipe de bombeiros, simulou incêndios diversas vezes até que todos tenham apagado o fogo corretamente com os extintores, e depois, seguimos para o combate em equipe com mangueiras.

stcw-amanda-3

Turma toda preparada para o combate

Ajuda para trabalhar em navios de cruzeiros - STCW

A quinta seguiu com aula teórica e prova, e a sexta-feira também. Ao fim do curso, alguns já tinham suas datas de embarque, outros ainda não tinham previsão alguma, mas todos foram aprovados e se provaram preparados para a tão esperada vida a bordo.

O que é necessário para confirmação do curso:

  • Preencher e devolver assinado um termo de inscrição (enviado pela agência por email)
  • Preencher e devolver assinada uma ficha para cada curso (enviadas pela agência por email)
  • Adiantamento de R$ 150,00, pagos através de depósito/transferência bancária
  • Envio de cópia de RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de escolaridade
  • Envio de atestado médico (deve estar escrito que você está apto física e mentalmente para realizar atividades físicas)

Quanto custa o curso de STCW:

CBSN + CFPN Somente CBSN Somente CFPN
R$ 1.200,00 dinheiro R$ 960,00 dinheiro R$ 370,00 dinheiro
R$ 1.300,00 débito / crédito 1x R$ 1.050,00 débito / crédito 1x R$ 400,00 débito / crédito 1x
R$ 1.365,00 crédito 3x R$ 1.095,00 crédito 3x R$ 435,00 crédito 3x
R$ 1.410,00 crédito 6x R$ 1.200,00 crédito 6x R$ 480,00 crédito 6x

Atualização:

Em Novembro, os novos certificados do STCW começaram a ser impressos com foto 3×4. Tive acesso ao valor total atualizado para os dois cursos em dinheiro, que agora é de R$ 1.400,00.

Para os certificados antigos emitidos pela Seaman, até o final desse ano, serão reemitidos com foto por uma taxa extra de R$ 100,00. A partir do ano que vem, a taxa deve ser reajustada.

stcw-amanda-2

Comemoração com o Comandante na sexta ao fim do curso

Ajuda para trabalhar em navios de cruzeiros - STCW

Contato  da agência Seaman de São Paulo:

Post lindamente feito por Amanda Guerra, amiga de faculdade da Victória, que embarcou em 2019 como International Hostess na MSC Cruzeiros e continua sendo tripulante de navios de cruzeiro, agora acompanhada de seu marido italiano que conheceu a bordo. Sua nova função dentro do navio é Art Associate Park West Valley e pode embarcar em seis diferentes companhias de cruzeiro.

E aí, gostou das dicas? E como foi a sua experiência fazendo o curso STCW? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre vida a bordo, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Veja também:

Na Proa da Vida - mini logo npv

Salvar

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

i
Categorias: Trabalho em Navios
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Victória</a>
Victória
Nascida em São Paulo, estudou Lazer e Turismo (USP) e tem no DNA a palavra viagem. Ama dar dicas de viagens e contar as experiências que já viveu. Já visitou mais de 45 países e não pretende parar tão cedo.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

7 Comentários

  1. Raimundo Nonato Batista Sousa Tavares

    È obrigatorio o curso?
    porque tenho o curso completo de Técnico em Srgurança do Trabalho.

    Responder
  2. Cris

    Então, é preciso saber nadar?

    Responder
    • Bruno Miguel

      Não necessariamente Cris! Quando eu fiz o STCW não sabia nadar, mas também não tinha medo. Tem uma galera que não pula de jeito nenhum… Mas saber nadar é sempre bom! Seja pra uma emergência ou pra nadar nas lindas praias que o navio vai parar… 😀

      Responder
      • Raimundo Nonato Batista Sousa Tavares

        Quanto custa o curso STCW

        Responder
        • Victória Farina

          Depende da agência, Raimundo! Você pode pesquisar a agência de recrutamento mais próxima da sua casa ou cidade 🙂

          Responder
      • Yasmim Zarur

        O meu problema nem é a água e sim pular de uma PLATAFORMA DE 3 METROS. Eu acho que não terei coragem.
        Quem não pulou, aconteceu o que?

        Responder
        • Bruno Miguel

          Oi Yasmin, fica tranquila! Quando você vê todo mundo pulando você toma coragem, e os instrutores tentam sempre te dar uma forcinha! Eles precisam ter certeza de que você pode pular, pq se estiver numa situação de perigo, pode precisar fazer algo ainda maior… Mas vai pensando que o STCW é pra ser mais divertido e informativo que um curso para dar medo…

          Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *