Você está aqui
Home > Dicas > Cabin Inspection – Verdade ou mito?

Cabin Inspection – Verdade ou mito?

Crew Help - ajuda para trabalhar em navios de cruzeiros

“Corre, corre… esconde as garrafas de whisky, de vinho, as comidas perecíveis. Arruma a cabine, tira toda a sujeira do chão e o lacre do detector, porque eles estão chegando!”

 

Cabin Inspection - Cruise Ship
Sim, quem é tripulante provavelmente já presenciou, já ouviu ou já esteve na cena acima. Isso acontece quando uma Cabin Inspection é realizada sem aviso prévio. Sim a Cabin Inspection existe e sempre acontece.
Algumas vezes ela é avisada ou uma parte dos tripulantes fica sabendo e a notícia acaba se espalhando.Na Proa da Vida - mini logo
Para quem não sabe, a Cabin Inspection, como o nome já diz, é a inspeção das cabines dos tripulantes, que acontece a cada certo período de tempo, de acordo com o controle do Chief Crew Officer. As inspeções podem acontecer semanalmente, a cada quinze dias ou somente uma vez por mês dependendo da companhia, e em alguns casos podem acontecer mais que o normal daquele navio, caso hajam casos de doenças ou bichinhos que surgem do nada, como os do Costa Favolosa na cabine do André (um próximo post). Cada cabine deve ser inspecionada pelo menos uma vez por mês. Abaixo, estão fotos de algumas cabines que com certeza, seriam reprovadas, segundo avaliação da Raíssa, que trabalha no Crew Office e costuma fazer as inspeções (sem prejudicar ninguém é claro).
Cabin Inspection - Rafaella Auer - Costa - Crew life1
Foto enviada por: Rafaella Auer – Grupo Crew life

Nem sempre você vai lembrar qual dia vai haver a tal da inspeção, e acaba nem se preocupando com isso. Por muitas vezes, fui surpreendido no meio do dia pela inspeção na cabine. Em muitas, eu estava dormindo durante algum break e acabava acordando assustado com a truculência com que haviam entrado em minha cabine, chegando até pensar que era a Polícia portuária com os cães, procurando drogas ou qualquer outra coisa suspeita, mas era somente o Chief Crew e os dois capangas. Quando eu estava na cabine, via que a inspeção era extremamente rápida, eles olhavam para mim, olhavam para a cabine em geral e fechavam a porta, muitas vezes nem entravam. Não sei se era assim quando eu não estava, então, era melhor não bobear.

 

 No Costa Mediterranea e Serena, grande parte dos tripulantes que eu conhecia, tinha alguma bebida guardada na cabine (naquele contrato a cia ainda permitia que os tripulantes bebessem alcoólicos), e claro, grande parte também vinha como fruto da Máfia. Para não dar mole pro azar, era melhor não deixar o também mafioso Chief Crew ver essas bebidas, então cada um dava o seu jeito de “sumir” com isso.

Cabin Inspection - Mafê Poncio - Crew life
Foto enviada por: Mafê Poncio – Grupo Crew life

 

Em relação à cabine, era sempre muito tranquilo para a maioria, pois as cabines não eram assim TÃO bagunçadas, e quando tinha uma exceção, a bagunça era assustadora, como a do Jhonata no Mediterranea. Já ouvi de pessoas que tomaram warning e outras que foram até desembarcadas após uma Cabin Inspection. No caso do desembarque, um brasileiro, que até então, não tinha nada a ver com a história (não diretamente).



Ele tinha um Cabin Mate PH que fumava dentro da cabine (muita gente faz isso), e que para deixar as coisas mais fáceis resolveu colocar algumas fitas sobre o detector de fumaça, assim, nenhuma fumaça seria “vista” e nunca apitaria na bridge. O grande problema é que ele esqueceu da Cabin Inspection ou achou que nunca pegariam.


PEEEEENNNNNN!
Pensou erradíssimo. Pegaram a cagada dele, e o resultado? PH e brasileiro desembarcados.
Cabin Inspection - Rafaella Auer - Costa - Crew life
Foto enviada por: Rafaella Auer – Grupo Crew life
Não importa se você viu ou não, se foi ou não você. Se está dentro da sua cabine, você é cúmplice. Pelo menos era assim que todos os casos eram julgados a bordo.

Portanto, o importante é sempre chegar a um acordo com o Cabin Mate e deixar claro o que você não quer na cabine. É claro que isso muitas vezes pode gerar um desconforto ou até uma briga, mas se não fizer isso antes, pode ser pior depois. E caso o Cabin Mate não respeite, mude você! Fale ao Chief Crew que vocês não se dão bem e tente arrumar outra cabine, pode ser uma solução, sem ter que falar o que a pessoa faz na cabine.

Cabin Inspection - Suh Salvino - Crew life
Foto enviada por: Suh Salvino – Grupo Crew life
Mas se você quiser correr uns riscos, deixe a cabine bem suja, com bebidas alcoólicas visíveis e tudo de ruim pra todo mundo ver. E aí, é depender da sorte e do julgamento para saber se é pra cartão amarelo ou vermelho.
Bons ventos e inspeções. Até uma próxima!
Crew Help - Banner barcos Bolívia - 728x90
Veja Também:

Fotos: As imagens que estão com legenda foram cedidas por tripulantes que fazem parte do grupo Crew Life no Facebook. A foto de capa foi adaptada do blog Um Amor em Cada Porto.

Bruno Miguel
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.
http://www.naproadavida.com/

Leave a Reply

Top
Close