STCW no Rio de Janeiro: a caminho da vida a bordo

Home » Trabalho em Navios » STCW no Rio de Janeiro: a caminho da vida a bordo

Atualizado em Mar 31, 2021

Por: Bruno

Atualizado em Mar 31, 2021

Por: Bruno

Falaa, galera! Como estão todos? Espero que bem… Depois de passar uma semana no Rio de Janeiro, eu não posso reclamar de nada, não é?! Essas últimas semanas têm sido muito boas. Enfim, fui fazer o curso STCW no Rio de Janeiro e valeu muito a pena, o Grupo Berit prestou toda assistência possível ao nosso grupo do Facebook e pudemos reunir uma galera para o custo ficar ainda menor para todos.

Confira todos os posts sobre trabalho em navios e a vida a bordo.
Curtindo o pôr do sol no Arpoador, após o curso STCW no Rio de Janeiro

Curtindo o pôr do sol no Arpoador, após o curso STCW no Rio de Janeiro

Chegada para o STCW no Rio de Janeiro

A começar da chegada ao Rio, em que o Presidente da Berit, Alexandre foi nos buscar no aeroporto às onze da noite e nos deixou no hotel onde ficaríamos. Essa semana que passamos no Rio, foi realmente demais, nos divertimos muito, conhecemos pessoas bem diferentes e fizemos novos amigos.
Como ficamos hospedados perto dos famosos Arcos da Lapa, não podíamos deixar de conhecer o que a região tem de melhor, por isso, todos os dias estávamos nos bares sempre movimentados da Lapa.

Planejando trabalhar a bordo?
Acompanhe o @naproadavida no Instagram e entre no grupo do Facebook criado para tripulantes de navios de cruzeiros.
Em frente ao Copacabana Palace com nossos amigos do curso STCW no Rio de Janeiro

Em frente ao Copacabana Palace com nossos amigos do curso STCW.

Mesmo tendo pouco tempo para conhecer as coisas durante o dia, pelo fato de o curso ser o dia todo, nós conseguimos conhecer alguns dos cartões postais do Rio de Janeiro.

Fomos à Copacabana durante a noite dar uma volta na orla para comer algo e tirar algumas fotos. E quando achávamos que íamos sair do Rio sem se quer dar um mergulho nas famosas praias, ganhamos um dia de folga por conta de um problema na piscina onde seriam feitos os saltos, e foi ótimo!

Curtindo o dia de folga na Praia de Ipanema com os amigos do nosso grupo do STCW no Rio de Janeiro

Curtindo o dia de folga na Praia de Ipanema com os amigos do nosso grupo do STCW no Rio de Janeiro

Poder dormir um pouco mais e pegar uma prainha na sexta… Maravilha! Fomos para a praia de Ipanema, com a nossa guia do dia Renata, a praia é realmente muito bonita e tem uma vista sem igual, passamos o resto da tarde na areia conversando até chegar a hora de o sol ir embora, e depois fomos para o Arpoador ver o pôr-do-sol (o mais lindo mundo, segundo os cariocas). A imagem lá de cima é realmente fantástica, da pra ver toda a praia de Ipanema e no fundo entre dois grandes morros, o sol se pondo… Inesquecível!

Pôr-do-Sol no Arpoador, ótimo lugar para um fim de tarde no Rio de Janeiro

Pôr-do-Sol no Arpoador, ótimo lugar para um fim de tarde no Rio de Janeiro.

Depois, fomos para a casa da Renata, comer e beber um pouco… compramos três MEGA pizzas, que davam brincando para umas 15 pessoas cada pizza, e algumas bebidas. Foi muito bom também, ficamos conversando e falando besteira, não bebemos muito porque no dia seguinte teriam as aulas práticas.

Na sala de aula durante o curso STCW no Rio de Janeiro.

Na sala de aula durante o curso STCW no Rio de Janeiro.

Sobre o curso STWC

Os dias de curso são bem puxados, bastante conteúdo, termos da vida marinha, normas, acontecimentos e etc. Mas por outro lado, torna-se legal porque o pessoal sempre da uma descontraída durante as aulas, e o Alexandre é tranquilão nas aulas.

Durante a nossa aula de sobrevivência no curso.

Durante a nossa aula de sobrevivência no curso STCW.

O último dia é reservado para as aulas práticas de Combate a Incêndio e Sobrevivência no Mar, esse é o melhor dia de curso, pois traz um pouco de diversão e um pouco da realidade de ser um náufrago.
Acaba sendo engraçado porque é um dia que a galera brinca mais, têm aqueles que morrem de medo de pular na água, os que têm que refazer o salto, os que não conseguem apagar o fogo. Enfim, o STCW é um curso que vale a pena, e consegue nos dar uma noção do que podemos enfrentar a bordo, e de como serão os “Drills” (treinamento de emergência à bordo) no navio.

Os bombeiros de plantão no curso STCW no Rio de Janeiro.

Os bombeiros de plantão no curso STCW no Rio de Janeiro.

E apesar de tudo, todos conseguiram pular na água e fazer as simulações tranquilamente. Se eu pudesse, faria a simulação da água novamente, mas já passamos de fase haha. Espero que não seja preciso usar isso à bordo, mas caso precise, que estejamos preparados.
E assim, mais uma etapa do processo concluída, com direito a uma ótima semana na cidade maravilhosa.

Trabalho em navios de cruzeiro
Se você planeja viver a vida a bordo, confira todos os nossos posts com dicas de trabalho em navios. Abaixo você encontra alguns dos principais temas:

Valores para fazer o curso STCW

Quando eu fiz o meu curso STCW pela primeira vez, o curso era somente um e o valor ficava entre R$650 e R$850, com acomodação oferecida pela escola/agência que daria o curso. Hoje, o STCW é composto por dois cursos, que são o CBSN e o CFPN, que são cursos obrigatórios para tripulantes que queiram embarcar para trabalhar a bordo de navios, de cruzeiros ou não. Esses cursos hoje são oferecidos de forma separada ou juntos, na mesma semana e os valores podem variar entre R$1100 e R$1600 para quem faz os dois cursos juntos e cerca de R$1100 para o CBSN e R$500 para o CFPN para quem faz esses cursos de forma separada. Para ver mais informações, dicas e valores, veja este post sobre o STCW.

Abaixo, algumas fotos do treinamento:

A minha vez de dar aquele pulo na mar e me salvar do naufrágio

A minha vez de dar aquele pulo na mar e me salvar do naufrágio


Após um dia de salvamentos bem difíceis em alto mar.

Após um dia de salvamentos bem difíceis em alto mar.


O treinamento com fogo e aprendendo sobre os extintores.

O treinamento com fogo e aprendendo sobre os extintores.


 

E aí, tá curtindo as dicas sobre o trabalho a bordo? E como foi a sua experiência fazendo o curso STCW? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais relatos e dicas sobre o trabalho em navio de cruzeiros, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Veja Também:

Que tal compartilhar?

Indo para a Tailândia?

Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

Publicado em: Atualizado em Mar 31, 2021
i
Categorias: Trabalho em Navios
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

0 Comments

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *