Mafiosos a bordo? As Máfias a bordo de um navio de cruzeiros

Home » Trabalho em Navios » Mafiosos a bordo? As Máfias a bordo de um navio de cruzeiros
Atualizado em 29/06/2021
Por: Bruno

Atualizado em 29/06/2021
Por: Bruno

Todo tripulante deve saber o que são as máfias a bordo, mais que isso, todo tripulante deve saber como fazer uma boa máfia a bordo, e claro, sem ser pego.
Se você é um bom mafioso, suas chances de conseguir o que quiser a bordo, são muito grandes.
máfias a bordo entre os tripulantes de navios de cruzeiros
As máfias a bordo, nada mais são que a troca de alguma coisa com alguém a bordo. Aí meu amigo, você troca o que tiver.
Tem gente que tem máfia de comida, de bebida, remédios, uniformes, produtos de higiene pessoal e limpeza, de produtos do shopping, do Spa entre outros. Alguns constroem a máfia somente através da boa amizade, outros tem máfia até em troca de sexo (não o órgão, ok?!). Como eu disse, cada um troca o que pode.
Trabalho em navios de cruzeiro
Se você planeja viver a vida a bordo, confira todos os nossos posts com dicas de trabalho em navios. Abaixo você encontra alguns dos principais temas:

Minha experiência com as máfias a bordo

No meu primeiro contrato, estava trabalhando no restaurante, então, tinha bastante comida, a minha máfia maior, era com o bar. Às vezes dava algumas coisas sem pegar nada em troca. As máfias com o bar, costumavam ser as melhores, até porque rendiam umas boas garrafas de vários tipos de bebidas.

Com um dos maitres do restaurante da Costa Cruzeiros.

Com um dos maitres do restaurante da Costa Cruzeiros. | Foto: @naproadavida

Mas bom mesmo é ter máfia pela amizade, pela camaradagem. Às vezes, você precisa de algo que quem pode te fornecer, não precisa do que você tem. Mas se a pessoa for amiga, vai dar um jeito de conseguir o que você precisa. É claro que você pode tentar pagar depois em algo fora do navio como um almoço, o táxi num rolê, talvez.
No meu primeiro contrato, eu consegui diversas coisas que, somente comida não pagariam a troca, foi mais da camaradagem. Consegui blusas e jaquetas de outros departamentos, nametags com nomes e bandeiras diferentes, alguém que lavasse a roupa for free, que limpassem a cabine, bebidas extras no Crew Bar, perfumes e itens do shopping e outras coisas, que normalmente não se consegue sem um bom relacionamento com todos.

As máfias a bordo são permitidas?

Os supervisores às vezes descobrem essas máfias a bordo, e das duas uma, ou vão pegar no pé e pedir pra você parar ameaçando dar um warning, ou vão te respeitar um pouco mais, porque podem precisar da máfia também. Se for possível, tenha máfia com eles, isso pode gerar bons horários e uns OFFs. Seja mafioso, mas não fique esbanjando isso, pois a bordo, a galera cai matando quando vê alguma coisa dando certo.
Mafiosos no Crew Bar da Costa

Mafiosos no Crew Bar do Costa Serena. | Foto: @naproadavida

Já vi gente com muita máfia com Chief Crew, para trocar de cabines, ou até mesmo pra ficar sozinho, máfia do crew bartender, pague duas águas e leve quatro, máfia com o carinha das saletas, sempre rola aquela batata frita, ou uns pratos separados pra você depois do horário, máfia da lavanderia, a máfia do wine cellar, que ajuda demais na hora do trabalho se você é do restaurante, e depois do trabalho, aquele vinho bom e caro pra cabine, máfia com o padeiro, pra pegar os melhores pães e doces às 3h da manhã e muita fome depois de uma Crew Party. Existem mil tipos de máfias a bordo e a cada hora você vai descobrindo uma nova.
Confira todos os posts sobre trabalho em navios e a vida a bordo.

Os seguranças do navio

Tenha máfia com os security. Essa é uma das mais importantes. Sem a máfia ou bom relacionamento com os security, você fica mais fraco a bordo. Você não entra com nada a bordo se ele não quiser. Já vi uma galera que não entrava nem com as latinhas de guaraná, compradas no Green Turtle em Savona, isso aconteceu comigo no início e tive que deixar duas latinhas pra trás e o Lucas quatro. Depois da máfia e o bom relacionamento, passava com cinco latinhas na mochila e “ninguém via”. Eles podem te livrar vários warnings, fazer vista grossa para várias coisas. Até porque eles também fazem coisa errada, saem com passageiras e tudo mais, mas sabem fazer bem escondido.
Algumas latinhas que entravam nos navios graças às máfias a bordo.

Algumas latinhas que entravam nos navios graças às máfias a bordo. | Foto: @naproadavida

Eu arrumava uma comida ou outra para eles, mas ganhava os caras sempre que tava saindo à um supermercado e perguntava se eles queriam algo. Como eles dificilmente saem nos portos, me faziam uma listinha, e eu trazia tudo que eles precisavam. Você pode até achar uma coisa idiota, mas isso pode te ajudar muito um dia, vai por mim.
STCWsaiba o que é e como fazer este curso

Problemas com ao fazer máfia no navio

Quando fui promovido e escolhi trabalhar no bar no segundo contrato, as coisas mudaram. Todo mundo queria fazer máfia comigo mas, depois de uns problemas que tive com o Bar Manager (conto em outro post) logo no começo do contrato, tudo mudou. As máfias que eu mantinha eram as de comida, porque eu conhecia muita gente do restaurante, com os fotógrafos, os cabeleireiros filipinos, até porque eles cuidavam do magazino do navio, e outras pequenas por aí. Fato é que, quando você é do bar, todo mundo quer ser seu amigo, tem gente que não fala com você, até descobrir que você é do bar.
Planejando trabalhar a bordo?
Acompanhe o @naproadavida no Instagram e entre no grupo do Facebook criado para tripulantes de navios de cruzeiros.

Enfim, as máfias são essenciais para a vida a bordo, elas podem tornar essa vida um pouco menos pesada e te conseguir uma vida às vezes “like a passenger”. Só lembrem de tomar cuidado e não esbanjar tanto. Mafioso ou não, seja legal com todo mundo e as coisas vão fluir muito mais fáceis.

Não sabe o que significa uma palavra ou outra? Dá uma olhada aqui, deve ter uma explicação sobre ela.

E aí, tá curtindo os relatos da vida a bordo? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais relatos e dicas sobre o trabalho em navio de cruzeiros, siga as nossas redes sociais: InstagramFacebookPinterest e YouTube.


Veja Também:

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

i
Categorias: Trabalho em Navios
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

0 Comments

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *