Trem na Tailândia: dicas de como viajar barato no país

Home » Tailândia » Trem na Tailândia: dicas de como viajar barato no país
Atualizado em 29/06/2021
Por: Victória

Atualizado em 29/06/2021
Por: Victória

Viajar de trem na Tailândia é essencial para quem quer viajar barato. As linhas de trem conectam praticamente todas as cidades importantes do país e também podem te transportar para outros países vizinhos. Por isso, fizemos um guia básico para contar a nossa experiência neste meio de transporte tão incrível com várias dicas de como comprar passagem de trem, valores entre outros:

Veja todos os nossos posts sobre a Tailândia!

O site oficial do serviço de trem da Tailândia é o “Railway . Ele é um pouco difícil de usar no começo porque mistura tailandês com inglês, mas vamos te ajudar com isto ;). Uma alternativa muito boa é o 12go.asia, que possui também valores de outros meios de transporte como vans, ônibus e até barcos.

Trem na Tailândia:

Primeiro passo: Fazer a pesquisa dos horários e valores

Procure a imagem abaixo na página inicial e, mesmo estando escrito “Advance 60 day ticket”, faça a pesquisa.

railway-website-1 Trem na Tailândia

Campo de pesquisa de destinos no site Railway.co.tha

Coloque a origem e o destino e, depois de apertar o botão que, supostamente está escrito “Buscar”, vai abrir uma outra janela com as opções de viagem, como esta aqui:

railway-website-2 Trem na Tailândia

Pesquisa no site da Railway com os horários e tipos de trem disponíveis

O que você tem que super prestar atenção é o “type” (tipo) do trem. Isso muda MUITO a sua viagem em relação a gasto e conforto. O tipo “ordinary” é o mais simples, que para em praticamente todas as estações e, por este motivo, é o mais barato. Os tipos “rapid”, “express” e “special express” são trens mais novos, não param em tantas estações e, consequentemente, são mais caros. Para saber mais sobre os tipos de trem na Tailândia, clique aqui (site em inglês).

Atenção: Mesmo o Railway.co.th sendo o site oficial de trem na Tailândia, como em todos os lugares do mundo, as informações podem mudar de um dia para o outro. Esteja sempre pronto para se adaptar a novas informações.

Não viaje sem seguro! um dos principais gastos dessa nossa longa viagem pela Ásia é o seguro viagem, pois sabemos que se prevenir é sempre importante, principalmente quando se trata do quesito saúde. Comprovamos isso quando o Bruno bateu a cabeça e precisou ser hospitalizado na Tailândia. Nós estávamos cobertos pela World Nomads e o suporte foi sensacional, e em português. Outro parceiro é a Seguros Promo.
Saúde durante a viagem não é brincadeira, não arrisque viajar sem seguro. 😉

Por exemplo, em nossa viagem de Bangkok para Lopburi, o trem “Special Express” das 08:30 que tínhamos escolhido só tinha disponível assentos na segunda classe, que custava 8 vezes mais do que estávamos pensando em pagar. Por isto, esperamos por aproximadamente duas horas no terminal para pegar o trem “Ordinary” das 09:25, que custava o mesmo valor que esperávamos pagar mas demorava cerca de uma hora a mais para chegar ao destino final. Paciência, né 🙂

Veja como foi a nossa experiência no Ordinary train na Tailândia.

Casal naproadavida viajando de trem de Bangkok para Chiang Mai, Trem na Tailândia

Viajando de trem de Bangkok para Chiang Mai, Tailândia

Segundo passo: Verifique os horários disponíveis

 No site, verifique os horários disponíveis e escolha o que mais se encaixa na sua programação. Para viagens bate e volta em cidades vizinhas, nós normalmente pegamos o mais perto das 07:00 porque, assim, conseguimos aproveitar mais o dia no local. Mas, se for para uma viagem de trem mais longa como, por exemplo, de Bangkok para Chiang Mai, pense em reservar o trem noturno para, além de economizar com hospedagem, não ver tanto o tempo passar, já que estará dormindo em uma confortável cama ambulante :P.

Sabendo o horário aproximado que quer chegar ao seu destino final, basta escolher a classe que você pode e quer viajar. Para viagens curtas, com menos de três horas, fique sabendo que o ar condicionado não é essencial e, se você quer economizar, vale super a pena pegar a terceira classe com ventilador. O ar que vem da janela aberta é incrível, além da vista ficar mais verdadeira sem o vidro da janela entre você e a paisagem. Verifique com bastante atenção os valores porque isso muda radicalmente os seus gastos e conforto.  

Exemplo: O trem de tipo “Rapid” saindo de Bangkok para Ayutthaya às 07:00 tem os seguintes valores (sem taxas): 66 bahts para a primeira classe (cerca de R$ 6,60), 33 bahts para a segunda classe (cerca de R$ 3,30) e apenas 15 bahts para a terceira classe (aproximadamente R$ 1,50).

Atenção: fique atento que os valores que estão na tabela de preços não incluem taxas, que podem variar bastante. Por exemplo, viajamos de terceira classe de Bangkok para Ayutthaya e, na ida, pagamos 20 baht (no site dizia 15 baht) e na volta pagamos 15 baht (no site dizia 15 baht). É um pouco difícil de entender como isto funciona mas saiba que a diferença do valor total é mínima.

Depois de escolher o horário e saber quanto mais ou menos está disposto a pagar, é só comprar o ticket 🙂

Como praticamente sempre decidimos para onde ir um dia antes, dependendo da nossa disposição e da previsão climática, normalmente deixamos para comprar na estação de trem no dia da viagem mas, se você está viajando com menos tempo e quer se programar, clique aqui e compre seu bilhete antecipadamente.

Trem na Tailândia

Trem que pegamos de Bangkok para Ayutthaya

No dia da viagem de trem na Tailândia

Se você já tem o ticket, passe no balcão de informações para estrangeiros, verifique os dados de sua viagem e pegue o cartão de embarque. Se você ainda não tem o ticket, vá para o mesmo local e compre. Depois disso, dependendo do tempo que você tem disponível antes da partida, direcione-se para o terminal informado no bilhete ou curta um pouco do terminal Hua Lamphong, a principal estação de trem na Tailândia.

Dicas importantes para sua viagem de trem na Tailândia:

Trem na Tailândia: dicas de como viajar barato no país

Nosso grupo na chegada a Kanchanaburi, parada mais próxima da Erawan Waterfalls.

  • Se você for comprar o ticket no dia da viagem, chegue na estação de trem com pelo menos 40 minutos de antecedência do horário marcado no site, para evitar imprevistos. Se você já tem seu ticket, pode chegar uns 20 minutinhos antes só por precaução. (Mas se você for como eu, vai querer chegar 1 hora antes só para ter certeza que tudo está ok).
  • Cuidado: Se irá viajar de terceira classe fique atento já que esta não tem assento reservado. Fique perto do terminal de parada e, assim que o trem chegar na estação (cerca de 30 min antes do horário de saída), esteja a postos para escolher o seu lugar. Chegando 10 minutos do horário de saída do trem você pode ter que se sentar longe de seus companheiros de viagem ou até correr o risco de ficar de pé. A não ser que queria ficar assim:
Trem na Tailândia

Ordinary train que pegamos de Bangkok para Lopburi

  • Já deixe o bilhete de trem em um lugar acessível. Assim que o trem sair da estação, o guardinha passará checando as passagens.
  • Se estiver na terceira classe, tente ficar perto de um ventilador. Ele fará toda a diferença durante a viagem.
  • Leve água e comidinhas porque as que passam vendendo não tem uma cara muito boa. Ou elas são fritas ou são pratos de comida mesmo, com arroz e legumes, frios. Uma garrafinha de água que, geralmente custa 10 bahts (no máximo), no trem custa 20 bahts.
  • Leve papel higiênico e se precisar ir ao banheiro, prepare-se para fazer xixi aqui:
Foto do banheiro a ser utilizado em Trem na Tailândia

Foto do banheiro a ser utilizado nos trens da Tailândia

  • Nas paradas, dê uma olhadinha para fora e cheque se a sua estação está próxima. Praticamente todas as estações de trem na Tailândia tem uma placa como esta, que é super útil para quem não entende o que o maquinista está falando em tailandês:
Placa de indicação das paradas do trem: super útil Trem na Tailândia

Placa de indicação das paradas do trem: super útil

  • Vá com roupas leves porque o calor é intenso. Se você é mulher, não use decote ou roupas apertadas (isto serve para o look de toda a viagem para a Tailândia).
  • Para mulheres principalmente, tente não sentar no assento diretamente já que ele é sujo. Eu sempre levo uma canga para sentar nos lugares públicos e evitar doenças femininas de viajantes.
  • Se o calor estiver extremo, faça como eu: vá até o banheiro e tome um mini banho para refrescar e tirar o grudado de você (mesmo que por alguns minutos).

P.S.: só cuidado para não perder o seu tão precioso assento no trajeto. Deixe bem claro que irá voltar.

  • Se pretende dormir em trem na Tailândia, não se esqueça do travesseirinho de inflar ou algo para fazer de encosto. Além disto, só por prevenção, deixe todos os seus pertences meio que encostados em você e, por favor, coloque um despertador se não quiser perder a estação.
  • Seja gentil e educado. Se o trem estiver cheio e você ver que tem um senhor ou uma senhora de pé, não deixe de dar seu lugar. A maioria dos tailandeses são pessoas muito bondosas e merecem este respeito.
  • Se for esticar as pernas na cadeira vazia da frente, por favor, seja educado e, ao fazer isto, tire seu tênis e fique de meia, ou descalço (a). Os tailandeses acreditam que o pé é a parte mais suja do corpo e, apontar a sola do pé para eles é um insulto. Respeite!
  • Óculos de sol e protetor solar, além de água, biscoitinhos e papel higiênico que já falei, são os must have super master blaster. Não esqueça nenhum destes itens.
  • Como vocês podem ver na foto abaixo, todos os vagões possuem espaço para bagagens acima dos assentos. Todo mundo usa até mesmo para as mochilas pequenas, mas nós, paulistas que somos, preferimos deixar embaixo, pertinho da gente.
Espaço para bagagens no trem de Bangkok para Chiang Mai - Trem na Tailândia

Espaço para bagagens no trem de Bangkok para Chiang Mai

Esperamos que este guia de como viajar de trem na Tailândia te ajude e, se tiver alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato. 😀 Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre Tailândia e outros países da Ásia, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Achou este post interessante? Salve para ler depois!

Trem na Tailândia: dicas de como viajar barato no país

Veja também:

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Victória</a>
Victória
Nascida em São Paulo, estudou Lazer e Turismo (USP) e tem no DNA a palavra viagem. Ama dar dicas de viagens e contar as experiências que já viveu. Já visitou mais de 45 países e não pretende parar tão cedo.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

22 Comentários

  1. Guida Amaral

    Quem tiver dúvida se será boa opção optar por se deslocar de trem na Tailândia, não tenha receio, fiz a viagem de bangkok a chumpon em trem noturno com cama, e gostei muito achei tudo muito organizado , seguro, além de poupar estadia no hotel e tempo porque viajei de noite enquanto dormia ?

    Responder
    • Victória Farina

      Muito muito bom saber disso, Guida! Nós também sempre preferimos viajar de trem, adoramos!

      Responder
  2. Luiz Jr. Fernandes

    Já deixei favoritado para a minha próxima viagem (que será pra Tailândia) Eu acredito também que uma boa alternativa de deslocamento esteja em planejar os lugares que se deseja visitar e comprar voos em cias low cost com um pouco de antecedência. Pode ser uma boa alternativa né não!? Abraços!

    Responder
    • Victória Farina

      Com certeza é uma alternativa a ser considerada! Nós vamos testar pela primeira vez agora dia 20/Dezembro a Scoot, uma das empresas mais conhecidas de low cost na Ásia. Depois contamos como foi 🙂 Estão saindo vários posts sobre a Tailândia e, se é seu próximo destino, fica ligado no blog 🙂 Se tiver alguma dúvida, só chamar! Abraços

      Responder
  3. Edson Amorina Jr

    Que dicas boas. Nós gostamos muito de viajar de trem, claro que o transporte ferroviário aqui na Alemanha´e adjancentes é bem diferente, mas já encaramos os trens da Bolivia por exemplo.

    E parece que esse vale bastante a pena. Muito bom.

    Responder
    • Victória Farina

      Acho que você ia se surpreender com os trens da Tailândia. Já utilizei os da Europa e são bem parecidos, mesmo sendo mais antigos!
      Quando usarem os daqui, me contem o que acharam 🙂
      Obrigada pelo comentário!

      Responder
  4. Danielle Bispo

    Uau, viajar de trem pela Tailândia deve ser uma experiência antropológica não é? Acredito que não deve ter experiência mais “vida real”, só que infelizmente tem que ter tempo para as viagens né? De qq forma dica anotada para quem sabe um futuro próximo.
    Bjs
    Dani Bispo

    Responder
    • Victória Farina

      Na verdade, não precisa de TANTO tempo assim. Se você pegar o noturno, você economiza uma acomodação e chega do mesmo jeito! Dependendo do trajeto vale super a pena porque, mesmo perdendo um pouco de tempo a mais do que o esperado, as paisagens são INCRÍVEIS! Recomendamos super!
      Obrigada pelo comentário!

      Responder
  5. Bianca Cavalcanti

    Estou aqui na Indonésia e até pensei em esticar a viagem depois de ler seu post. Super interessante. Nunca tinha pensado em andar de trem na Tailândia!

    Responder
    • Victória Farina

      Super vale a pena, Bianca! A Tailândia é linda e super acessível. Se estiver por aqui, nos avise!

      Responder
  6. Eloah Cristina

    Poxa! Que bacana. Primeiro relato de viagem de trem pela Tailândia que estou lendo. Linda a experiência de vocês.

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom que gostou, Eloah! Temos mais um sobre outra experiência nossa em um trem da Tailândia que está chegando em breve! 🙂

      Responder
  7. Fabio Pastorello

    Post super completo e detalhado, bem no estilo que eu gosto de ler quando estou procurando informações. Parabéns.

    Responder
    • Victória Farina

      Super obrigada Fábio pelo elogio e pelo comentário! Nos visite mais vezes 🙂

      Responder
  8. Marlene Marques

    Nunca andei de comboio na Ásia mas já entendi que tem muita ciência! 😉 Achei o seu post super útil, principalmente para alguém como eu. É muito bom ter uma ideia do que esperar e todos os passos que podemos dar para que a viagem seja uma boa experiência.

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom que gostou, Marlene! Quando utilizar o trem pela primeira vez, conta pragente como foi 🙂 Obrigada pelo comentário!

      Responder
  9. Mirella Matthiesen

    Taí um negócio que nunca pensei em fazer, viajar de trem pela Tailândia. Mas pelo seu relato a experiência deve ser divertida e pelo preço, bem interessante, hein?!
    Adorei 🙂

    Responder
    • Victória Farina

      Super interessante, Mirella! Vale super a pena pelo money money e pela paisagem! Super recomendamos! Obrigada pelo comentário!

      Responder
  10. Maria João Proença

    Já fiz por 2 vezes o trajecto Bangkok-Chiang Mai no comboio nocturno e é sempre uma experiência incrível. Vale mesmo a pena e de facto poupa-se bastante tempo de viagem e dinheiro também ao evitarmos pagar mais uma noite de alojamento algures! Óptimo post, dicas muito úteis!

    Responder
    • Victória Farina

      Com certeza é um gasto a menos e uma experiência incrível! Não conseguimos pegar o trem noturno com camas, por problemas de disponibilidade, mas ainda assim foi ótimo! Obrigada pelo comentário Maria João!

      Responder
  11. Fábio Junior Alves

    Que viagem magnífica! Dicas valiosíssimas, já está tudo anotado aqui para quando formos fazer nosso primeiro tour pela Tailândia.

    Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *