Fernando de Noronha: um guia completo com dicas de uma moradora da ilha

Home » Brasil » Fernando de Noronha: um guia completo com dicas de uma moradora da ilha
Atualizado em 29/06/2021
Por: Bruno

Atualizado em 29/06/2021
Por: Bruno

Fernando de Noronha é um dos tesouros do nosso Brasil e um lugar que há muito tempo é o sonho de viagem de muitas pessoas. O arquipélago formado por 21 ilhas atrai a atenção de muitas pessoas por diversas razões e entre elas estão as lindas praias de água cristalina, mergulhos incríveis com uma vida marinha muito ativa e rica, pôr do sol de tirar o fôlego, a vibe relax da ilhas, entre outras várias coisas.

Piscina natural da Baía dos Porcos em Fernando de Noronha. Foto: Beatriz/ @bmargonari

Piscina natural da Baía dos Porcos em Fernando de Noronha. | Foto: Beatriz/@bmargonari

Toda essa riqueza de Noronha foi mais que suficiente para atrair a nossa amiga Bia (@bmargonari), que passou os últimos dois anos morando em Fernando de Noronha e topou trazer dicas de viagem para este paraíso, porém, pela visão e experiência de quem morou e trabalhou na ilha.

Nós conhecemos a Bia nas Ilhas Phi Phi, na Tailândia, onde moramos, mas hoje, a nossa ideia é trazer dicas sobre o que fazer em Noronha, melhores praias, mirantes, pontos de mergulho, lugares para ver o pôr do sol, onde ficar, restaurantes, informações úteis e muito mais, confira abaixo e tenha uma ótima viagem a Fernando de Noronha.

Grande parte das fotos deste artigo foram tiradas pela Bia (Beatriz Margonari) ou por amigos que a fotografaram durante alguma atividade nas ilhas de Noronha, outras fotos são de divulgação dos estabelecimentos. Agora, vem com a gente e confere o melhor desse paraíso no nordeste brasileiro chamado Fernando de Noronha.

Onde fica Fernando de Noronha

Fernando de Noronha faz parte de Pernambuco e é um arquipélago que compreende 21 ilhas, ilhotas e rochedos de origem vulcânica. É dividido em duas Unidades de Conservação (UCs), a Área de Proteção Ambiental (APA) e o Parque Nacional Marinho (PARNAMAR).

A APA se estende do Porto Santo Antônio até a Praia da Cacimba do Padre. A cidade de continente mais próxima é Natal, no Rio Grande do Norte e está a cerca de 360km da ilha de Noronha.

Veja abaixo o mapa de Fernando de Noronha:

Como chegar em Fernando de Noronha

Como o arquipélago está distante da costa, somente é possível chegar em Fernando de Noronha com avião ou embarcações. Chegar de barco em Noronha é uma possibilidade, porém, não há nenhuma companhia que faça o trajeto desde o continente com horários fixos ou regularidade e, assim, a melhor opção é ir de avião.

Existem voos diretos saindo de Natal ou de Recife para Fernando de Noronha e a duração é de 1 hora. E quem não mora nestas cidades, vai necessariamente ter escala em uma delas. Ao chegar em Noronha, existem opções de transfer do aeroporto para os hotéis da ilha.

  • Se você tiver um tempinho a mais, vale super a pena fazer um City tour em Recife e Olinda antes de ir para Fernando de Noronha. Veja as dicas da Denise do Chicas Lokas para te ajudar a planejar.
Vista de Fernando de Noronha desde o avião

Vista de Fernando de Noronha desde o avião

O que levar na mala para Noronha:

Noronha é sempre quente! Mesmo na época de chuva, faz calor. Portanto, a dica é sempre levar roupas leves e simples e assim, você ainda viaja leve. Confira abaixo uma lista básica com o que levar na mala para Fernando de Noronha:

  • Bermuda, shortinho
  • Vestidinhos leves
  • Roupas de praia, biquíni, maiô, sunga
  • Toalha, canga e uma toalha seca rápido
  • Chinelo, rasteirinha e tênis para as trilhas.
  • Óculos de sol
  • Chapéu ou boné
  • Repelente
  • Protetor solar, lycra com proteção UV (e desodorante haha)
  • Um casaquinho bem leve pode ser útil durante a noite
  • Remédios básicos para dores de barriga e de cabeça, gripe entre outros sintomas. Na ilha é tudo muito caro e é bem comum as pessoas passarem mal por comer ou beber algo que não caiu bem e alguns remédios simplesmente acabam e não tem como ou onde comprar.
Por do sol Visto do Mirante da Praia do Bode

Pôr do sol Visto do Mirante da Praia do Bode

Taxas de Fernando de Noronha

Taxa de Preservação Ambiental (TPA)

Assim que você chega no aeroporto, é preciso pagar a taxa de preservação ambiental (TPA). O valor desta taxa varia de acordo com o número de dias que o turista permanecerá na ilha e, em 2019, a taxa é de R$73,52 para 1 dia, confira os valores no site oficial. Para quem quiser evitar uma fila gigantesca, é possível pagar a taxa online, preencendo o formulário de pagamento que também está no site oficial do Arquipélago de Fernando de Noronha.

Tartaruga verde em Fernando de Noronha.

Tartaruga verde em Fernando de Noronha.

Taxa/Ingresso do Parque Nacional Marinho

A outra taxa obrigatória em Noronha é a da carteirinha do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PARNAMAR-FN). O pagamento é feito somente uma vez no ICMbio e é válida por 10 dias após a retirada do ingresso nas bilheterias.

O ingresso custa um pouco mais de R$100 para brasileiros e o dobro para os gringos que desejam visitar o arquipélago. Também é possível realizar a compra online, no site do próprio parque marinho.

Onde se hospedar em Fernando de Noronha

A ilha é pequena e no geral não tem nenhum lugar que você estará mal localizado. Noronha tem vários tipos de hospedagens como pousadas grandes e famosas, pousadinhas ou quartos de aluguel. Muitas das pousadas menores são praticamente iguais aos quartos de aluguel, algumas podem ter um diferencial de servir café da manhã ou ter Wi-Fi, mas são bem mais caras que esses quartos.

Fernando de NoronhaPara quem deseja ficar mais perto do centro, procure pousadas na Floresta Velha, Floresta Nova ou Vila dos Remédios.

Na Vila do Trinta tem os dois maiores mercados e o Banco Bradesco, e fica entre a Vila dos Remédios e o porto.

Pousadas no Boldró e na praia da Conceição são um pouco mais afastadas do centro. No Boldró ainda é fácil o acesso, mas já na Conceição sempre vai ter que pegar uma estradinha de terra para chegar nos lugares.

Não é longe, mas o serviço de transfer de alguns passeios não busca na porta dessas pousadas. O lado bom é ter a vista da praia da Conceição da janela do seu quarto.

As pousadas no Sueste são as pousadas mais afastadas de todo o comércio e da maioria das praias.

Uma das áreas da suíte da Pousada Maravilha em Fernando de Noronha.

Uma das áreas da suíte da Pousada Maravilha em Fernando de Noronha. | Foto: divulgação/booking

Para quem procura algo mais requintado, a Pousada Solar dos Ventos e Pousada Maravilha são algumas das mais bonitas e mais caras. Outras ótimas opções, são também a Pousada do Vale, Pousada Morena, Tesouro de Noronha e a Pousada Maria Bonita, conhecida por ser a pousada do ator Bruno Gagliasso.

Suíte da Pousada do Vale em Fernando de Noronha | Foto: divulgação/booking

Suíte da Pousada do Vale em Fernando de Noronha | Foto: divulgação/booking

Dos hotéis e pousadinhas intermediárias o Dolphin Hotel, Pousada do Marcílio, Pousada da Villa e Mar Aberto são muito boas.

Em Noronha existem também 2 hostels bem bacanas, que são Casa Swell e o Boldró Surf House.

Se preferir quartos de aluguel, somente alugue com indicação de alguém. Eu indico a Casa de Dani. Uma casa recém reformada com dois quartos, cada quarto com seu banheiro (água quente), ar condicionado, uma cozinha com todos os utensílios e sala compartilhada que os hóspedes podem usar, churrasqueira, serviço de lavanderia (a parte) e super bem localizada. Vou deixar aqui o contato, pois os donos só trabalham com pessoas que chegam através de indicação: 81 99895-6485.

Restaurantes e bares em Fernando de Noronha

Mergulhão

O Mergulhão fica na praia do porto. É um restaurante mais caro, mas delicioso e com vários drinks diferentes. Sem contar que sua vista do alto do porto é ótima para ver o pôr do sol. O ideal é reservar com antecedência porque fica lotado na hora do pôr do sol e os bangalôs são super concorridos.

Peixada da Pousada Do Vale

Acontece às quintas-feiras e é preciso reservar. O preço é fixo por pessoa e você pode comer à vontade, os drinks são a parte. Tem MUITA opção e não é só peixe e frutos do mar. Quem é vegetariano também consegue aproveitar. Servem uma mesa com as entradas, depois trocam para uma mesa de pratos principais e por último, a mesa de sobremesa.

Restaurante da Pousada do Vale em Noronha

Restaurante da Pousada do Vale em Noronha

Além da comida ser maravilhosa a pousada é muito bonita. Quem tiver curiosidade pode entrar na pousada de manhã para ver o jardim e a horta da pousada (as comidas são preparadas com ingredientes da horta). Além da peixada, a pousada oferece mesmo para quem não está hospedado, um serviço de massagem, café da manhã, dia da noiva ou serviço de “day use“. Fica na Vila dos Remédios, perto da Nortax (ponto de táxi).

Restaurante Acqua (no Dolphin Hotel)

Aqui você encontrará o melhor hambúrguer da ilha! Além de hambúrguer, servem peixe na folha de bananeira, tem o dia da feijoada e um cardápio variado. Quem quiser pode também tomar café da manhã lá, mesmo que não esteja hospedado (passante). Fica na descida da escola.

Restaurante Tricolor

Conhecido pela melhor moqueca da ilha, restaurante com comida caseira e um preço justo. Super simples e aconchegante e com várias redes na sombra para dar aquela relaxada depois do almoço. Para mim, é o melhor restaurante da ilha! Não deixe de provar o batido de coco (não alcoólico). Fica na estrada em direção a rua do projeto TAMAR (Boldró).

Moqueca de frutos do mar do Restaurante Tricolor. | Foto: divulgação

Moqueca de frutos do mar do Restaurante Tricolor. | Foto: divulgação

Djanira

E aqui, sem dúvidas, a melhor tapioca e açaí com cupuaçu da ilha! É uma lanchonete simples na rua do projeto TAMAR, caminho para a praia do Boldró. Super bem feito e barato. Existem outros lugares bem mais famosos que vendem açaí e lanches, e que são ruins, caros e com atendimento péssimo.

Buena Onda Loja Café

É uma loja e café com uma proposta diferente. Servem cervejas artesanais (Manguezal, uma das mais gostosas que já tomei), lanches caseiros com ingredientes frescos, cafés, chás, doces e produtos artesanais ou de pequenos produtores, valorizando a história desses produtos.

Durante a noite é super charmoso com luzinhas penduradas no jardim e música alternativa. De vez em quando, rolam uns eventos com exposição de fotografia, leitura de poesia, documentários, bazar e etc. Não é tão conhecido pelos turistas por causa de sua localização, fica na floresta nova em uma rua de frente para a sorveteria (que também é ótima) da praça Flamboyant.

Ginga bar

Um bar com música ao vivo (algumas vezes por semana). Fica em frente a praça Flamboyant. Tem várias porções e caldinhos muito gostosos, preço bom e é uma alternativa para sair a noite, principalmente para quem não quer ir para a balada (todas as baladas em Noronha começam muito tarde).

Música ao vivo no Ginga Bar Noronha. - Fernando de Noronha

Música ao vivo no Ginga Bar Noronha. | Foto: divulgação/@gingabarnoronha

Restaurantes e bares já mencionados: Barraca da Tia Graça (praia do porto), Museu dos tubarões, Reggae do Doca (de quinta na praia Conceição), Bar do Meio.

Estes são os meus preferidos em Noronha! ?

Existem outros restaurantes famosos que vale a pena provar: Xica da Silva, Salviano, Restaurante da pousada Teju Açu, Cacimba Bistrô, O Pico. E as “baladas em Noronha” são: Bar do Cachorro (que fica aberto de dia também como restaurante) Toca forró e brega, Muzenza (é restaurante também) toca reggae ou eventos em especial.

Como se locomover na ilha de Fernando de Noronha

A ilha é bem pequena e bem fácil de se locomover. Para quem gosta de caminhar, é possível fazer quase tudo a pé. Mas existem algumas opções de locomoção em Noronha, veja abaixo:

Taxi: o preço é fixo por trecho. É caro, mas muitas vezes vale mais a pena que alugar um buggy, dependendo do seu destino ou objetivo – em média, uns R$25.

Buggy: o aluguel fica em torno de R$300, a diária. Alugue somente com indicação! Alguns lugares fazem um pouco mais barato, mas são buggies em péssimas condições. Eu indico os Buggys do Regis ou da Locadora Oceânica.

Vista da Baía do Sueste do alto da estrada em Fernando de Noronha

Vista da Baía do Sueste do alto da estrada

Ônibus: existem 3 ônibus na ilha e raramente os 3 estão funcionando, na maioria das vezes somente um e, às vezes, nenhum – R$5.

Bike: existe aluguel de bike na praça Flamboyant, mas a ilha tem várias ladeiras, talvez seja cansativo, mas de repente, melhor que caminhar.

Para quem chega ou sai da ilha, existe um serviço de transfer ida/volta entre o aeroporto e os hotéis de Fernando de Noronha. O transporte pode ser coletivo ou privativo.

O que saber antes de visitar Fernando de Noronha

Existem algumas coisas importantes que os turistas precisam saber antes de viajar para este paraíso. Uma delas é que, a água de abastecimento da ilha de Noronha é de captação de chuva ou dessalinizada, logo é comum faltar água nas casas e pousadas, principalmente na época de seca ou durante a alta temporada. É necessário fazer um uso consciente da água. Existem diversos tipos de animais e espécies endêmicas na ilha e o ICMbio faz a fiscalização e controle destes animais.

Mabuia, uma das várias espécies endêmicas de Fernando de Noronha

Mabuia, uma das várias espécies endêmicas de Fernando de Noronha

Nós escrevemos um post falando somente sobre o que você precisa saber antes de viajar para Fernando de Noronha. Tópicos que cobrem os tipos de água para tomar em Noronha, comidas e mantimentos na ilha, sobre a época de chuva, preços na ilha, limpeza, preservação entre outras várias coisas. Acesse o post com o que você deve saber antes de ir para Noronha.

As praias de Fernando de Noronha

Na minha opinião, não tem uma praia sequer que não valha a pena conhecer em Fernando de Noronha, mas o legal é sempre dar uma olhada na tábua de marés para saber como aproveitar melhor cada uma das praias. A ilha pode ser dividida pelo mar de dentro, voltado para o Brasil e mar de fora, voltado para a África.

Vamos colocar abaixo as principais praias dentre as que a Bia citou, mas todas as praias que ela fala sobre, estão num post somente sobre as praias de Noronha e com diversas dicas sobre o que fazer e como chegar em cada uma delas.

Vista da Trilha Esmeralda da Praia do Cachorro em Fernando de Noronha

Vista da Trilha Esmeralda da Praia do Cachorro

Mar de dentro

Praia do Porto Santo Antônio

Diferente do que imaginamos quando pensamos sobre um porto, em Noronha a praia do porto é maravilhosa. Água cristalina, cheio de vida, perfeito para praticar snorkeling, mergulho de cilindro, canoa havaina ou apenas tomar um sol. É possível ver muitas tartarugas, raia xita, raia prego, várias espécies de peixes, tubarão lixa e os incríveis golfinhos rotadores, além de dois naufrágios.

Embarcações na Praia do Porto em Noronha.

Embarcações na Praia do Porto em Noronha.

Dica: fazer snorkeling bem cedinho. Nunca esqueço de uma vez que fiz snorkel por volta de umas 7h da manhã. Pouquíssimas pessoas na água e mais de 10 tartarugas. Foi maravilhoso! E como se não bastasse esse espetáculo, logo apareceram os golfinhos! Claro que mantive uma distancia boa já que é proibido nadar com os eles, sujeito a multa pelo ICMbio.

Snorkeling na Praia do Porto de Fernando de Noronha

Snorkeling na Praia do Porto de Noronha

É muito comum nos passeios de barco ou mergulho de cilindro embarcado, os golfinhos seguirem o barco, logo ali, já dá para os ver bem de pertinho, mas o mais incrível é o passeio de canoa havaiana que sai do porto e vai até alguma praia próxima. Várias vezes acontece dos golfinhos cercarem a canoa e o grupo pode chegar a mais de 200 golfinhos!

Passeio de canoa havaiana em Noronha

Passeio de canoa havaiana em Noronha

Como a canoa é baixa, você consegue ficar bem pertinho deles, bem do lado mesmo! O passeio acontece em 3 horários, você pode escolher nascer do sol ou segundo horário da manhã em torno das 9h30 ou o pôr do sol. Com ou sem golfinho, o passeio vale muito a pena. Existem duas empresas que fazem esse passeio que são muito massa, a @noronhacanoeclube e a @imuanoronha.

Vista do Alto do Porto de Fernando de Noronha.

Vista do Alto do Porto de Fernando de Noronha.

O porto é uma das praias que tem mais infraestrutura. A barraquinha de praia da Tia Graça é conhecida pelo melhor caldo de polvo da ilha.

Praia do Cachorro

Essa praia tem barraquinhas com espreguiçadeiras e é muito gostosa para fazer stand up paddle (SUP). Famosa pela piscina natural “Buraco do Galego” e pela fenda maravilhosa “Lasca da Velha“. Para ir nessas piscinas naturais é preciso consultar a tábua de marés e o mar estar calmo. Na época de swell essa praia fica praticamente sem a faixa de areia. Quem não tem muita afinidade com trilhas ou andar nas pedras, vale a pena contratar um guia. Conheço alguns guias muito bons que sempre indico: @geivisomcardozo, @noronhabysilvio, @camilaguianoronha e @lauguianoronha.

Vista da Trilha Esmeralda da Praia do Cachorro (detalhe para a Lasca da Velha)

Vista da Trilha Esmeralda da Praia do Cachorro (detalhe para a Lasca da Velha)

Para ver mais dicas sobre a Praia do Cachorro, é só acessar o guia das praias de Fernando de Noronha.

Praia do Meio

É uma praia linda e deserta. Fica entre a praia do cachorro e a praia da Conceição e, durante a maré baixa é possível ir andando de uma praia até a outra.

No canto esquerdo tem o Bar do Meio, é um barzinho super alto astral com um visual lindo do Morro do Pico. É um dos bares mais caros com climinha de sunset e mais badalados também, tem vezes que tem algum DJ de fora ou música ao vivo. Vale a pena ir um dia para assistir ao pôr do sol.

Vista da Trilha Esmeralda da Praia do Meio ( detalhe no Morro de Fora) - Fernando de Noronha

Vista da Trilha Esmeralda da Praia do Meio ( detalhe no Morro de Fora)

Em frente ao Bar do Meio (entre a Praia do Meio e a Praia da Conceição) tem um morro chamado Morro de Fora, nele tem uma das mais lindas piscinas naturais de Noronha. É simplesmente indescritível. O ideal é ir com algum guia ou pedir informação para algum local para chegar até ela.

Praia da Conceição

É a praia do Morro do Pico (o Morro do Pico fica entre ela e a praia do Boldró). Essa praia tem barraca, espreguiçadeiras, barzinho e ducha. É uma das praias mais agitadas mas ainda assim super paradisíaca. Muito boa para surfar, remar, fazer snorkel e ver o maravilhoso pôr do sol em Noronha, que cai atrás do morro do Pico.

A Praia da Conceição e o Morro do Pico em Noronha

A Praia da Conceição e o Morro do Pico em Noronha

Dá para alugar prancha de surf ou stand up paddle (SUP) na praia mesmo. Uma vez por semana costuma ter a noite o reggae no Bar do Doca. Clima de luau, pé na areia, não paga nada para entrar e vai tanto turista, quanto a galera que mora na ilha. O céu da noite em Noronha é absurdo, maravilhoso! Tem dois caminhos para chegar nessa praia, a trilha pela Pousada Teju Açu ou a trilha pela Vila dos Remédios.

Praia do Bode

Fica depois da Praia do Americano. Começando pelo mirante da Praia do Bode você já fica sem fôlego. É o melhor lugar para ver o pôr do sol na ilha com mais tranquilidade e de camarote para o morro dos dois irmãos. Em outubro, o pôr do sol acontece bem no meio do Morro.?

Não deixe de ler: Lista com os melhores lugares para ver o pôr do sol em Fernando de Noronha.

Pôr do sol no meio do Morro dos Dois Irmãos, visto do Mirante da Praia do Bode em Noronha

Pôr do sol no meio do Morro dos Dois Irmãos, visto do Mirante da Praia do Bode.

Do mirante, também é possível ver no mar os seus mil tons de azul e turquesa. Descendo para a praia tem uma barraca que aluga guarda-sol e vende bebidas. No canto direito da praia tem época que forma uma piscina natural nas pedras, é muito gostoso de passar o dia. Na maré seca é possível ir andando até a praia da Cacimba do Padre.

Piscina natural da Praia do Bode. | Foto: Beatriz/ @bmargonari

Piscina natural da Praia do Bode. | Foto: Beatriz/ @bmargonari

Praia da Cacimba do Padre

Fica entre a Praia do Bode e a Baía dos Porcos. Esta é a praia do Morro dos Dois Irmãos. Tem estrutura de barracas e boa para surf. Para quem gosta de praticar snorkeling, quando o mar está bem calmo é legal de “fazer o 8” em volta do Morro dos Dois Irmãos. Passar no meio deles é uma experiência incrível! É uma atividade que recomendo ir com um guia.

Morro dos Dois Irmãos visto da Praia da Cacimba.

Morro dos Dois Irmãos visto da Praia da Cacimba.

Baía dos Porcos

Essa é a minha queridinha. Uma praia pequena cercada por falésias e pedras. Seu acesso não é tão fácil e, se a maré estiver cheia, não dá para entrar nela (somente escalando as pedras, mas não é aconselhável para quem não conhece). Tem um mirante que fica de frente para o Morro do Dois Irmãos, o cartão-postal de Noronha. Deslumbrante!

Vista da Baía dos Porcos do Mirante em Fernando de Noronha

Vista da Baía dos Porcos do Mirante

Do mirante também é possível ver toda a Praia da Cacimba e do outro lado, toda a Baía dos Porcos. Imperdível! No caminho costumamos ver muitos mocós (um roedor inofensivo introduzido na época dos militares). Na praia é comum ter várias piscininhas naturais e quando o mar está calmo é praticamente um aquário, muito bom para a prática de snorkeling.

Importante ressaltar que tem uma piscina natural (no canto esquerdo) que é proibido entrar e muitas pessoas não sabem ou não veem a placa. Normalmente tem fiscalização do ICMBio e eles multam! É interessante sempre se informar sobre as regras de cada praia antes de ir.

Praia do Sancho

A Praia do Sancho faz parte do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. A Baía do Sancho foi eleita 4 vezes a praia mais bonita do mundo (última vez em 2019). Pela mesma entrada do PIC do ICMbio, você vai tanto para a Praia do Sancho (reto), quanto para o Mirante com a vista da Baía dos Golfinhos (esquerda) e para o Mirante do Sancho (direita).

Antes de começar a trilha suspensa que leva até os pontos, tem uma lanchonete e banheiro, onde é proibido o consumo de bebida alcoólica. Para descer para a praia, tem que passar por uma escada entre a fenda das pedras e depois descer uma escadaria de pedras. Descer é fácil, o difícil é subir, mas vale a pena. Uma dica para as meninas é não ir com aqueles vestidos de praia longos.

Vista da Trilha da Praia do Sancho em Fernando de Noronha

Vista da Trilha da Praia do Sancho.

No caminho da trilha suspensa perto do mirante dos golfinhos, dá para ver nas árvores os atobás, uma ave marinha, e por ali costuma ter filhotes, que são lindos com uma penugem branca. No mirante dos golfinhos o pessoal do Projeto Golfinho Rotador disponibiliza binóculos para ver os golfinhos quando eles entram na baía.

Golfinhos Rotadores visto do Mirante dos Golfinhos em Fernando de Noronha.

Golfinhos Rotadores vistos do Mirante dos Golfinhos em Fernando de Noronha.

O Mirante do Sancho tem a vista do alto da Baía dos Porcos e Morro dos Dois Irmãos. Lá também tem uma das fotos mais famosas de Noronha. Na época de chuva a Praia do Sancho ganha uma cachoeira que da para ver passando de barco em frente a praia.

Mar de Fora

Baía do Sueste

A Baía do Sueste faz parte do Parque Marinho. Aqui é legal de fazer snorkel e ver tubarões e tartarugas. A praia é dividida em 3 partes: área de snorkeling (obrigatório o uso de colete, fica no canto direito), área para banho (no meio da praia entre as boias) e área proibida (canto esquerdo, é cheio de coral e berçário dos tubarões).

Praia do Sueste em Fernando de Noronha.

Praia do Sueste em Fernando de Noronha.

Mesmo da beira da praia na área para banho, é comum ver os tubarões passando. São tubarões pequenos e inofensivos, filhotes, em sua maioria tubarão lixa. É proibido tocar nos animais e sujeito a multa em toda a área do Parque Marinho.

Praia do Atalaia

A Praia do Atalaia faz parte do Parque Marinho e é necessário fazer agendamento para ir nessa praia. O agendamento é feito no ICMbio (no Boldró, ao lado do Projeto TAMAR). Ali, existem duas opções de trilhas que são muito legais: trilha do Atalaia curta ou longa. Confira a seguir, onde falamos sobre as trilhas em Noronha.

Mergulho em Fernando de Noronha

O mergulho de cilindro em Noronha é umas das atividades mais procuradas e não é à toa. É uma atividade tanto para iniciantes (quem nunca fez o curso de mergulho) como para aqueles que já possuem a certificação. Para os iniciantes, a atividade se chama batismo.

Foto de mergulho em Fernando de Noronha (embarcado) tirada pela empresa de foto e video Ciliares

Foto de mergulho (embarcado) tirada pela empresa de foto e vídeo Ciliares

Mergulho de Praia

Existem 2 tipos de mergulho de cilindro, o mergulho de praia e o mergulho embarcado. A maior diferença é que o mergulho de praia não tem autorização para mergulhar no Parque Marinho e o embarcado sim. As empresas que oferecem o de praia, na minha opinião, são as melhores da ilha. A @seaparadise muito conhecida no mundo do mergulho pela sua equipe de mergulhadores tech e a @mardenoronha.

Foto de mergulho em Noronha (embarcado) tirada pela empresa de foto e vídeo Ciliares

Foto de mergulho em Noronha (embarcado) tirada pela empresa de foto e vídeo Ciliares

O mergulho na praia do porto custa a metade do preço do embarcado e tem muita vida. Sem contar que é possível contratar um fotógrafo profissional para fazer suas fotos e ter um registro do seu mergulho. Uma das melhores fotógrafas subaquaticas da ilha trabalha na escola Mar de Noronha, a @roberta_viegas_.

Mergulho embarcado

O mergulho embarcado também é maravilhoso, mas são propostas diferentes. Para quem já é credenciado vale a pena fazer o embarcado por ter mais opções de pontos de mergulho para ir, alguns considerados entre os melhores mundo.

Foto de mergulho em Noronha (embarcado) tirada pela empresa de foto e vídeo Ciliares

Foto de mergulho em Noronha (embarcado) tirada pela empresa de foto e vídeo Ciliares

Não é possível escolher o ponto do mergulho, pois isso é decidido na hora pelo capitão de acordo com as condições do mar. Existem 3 empresas que fazem o mergulho embarcado. Eu indico a empresa @aguasclarasnoronha. Essa empresa é uma das mais antigas e com o melhor capitão da ilha e é possível fazer o agendamento do seu mergulho pela internet, muitas vezes conseguindo um preço melhor.

Trilhas em Fernando de Noronha

Praia do Atalaia

A Praia do Atalaia faz parte do Parque Marinho e é necessário fazer agendamento para ir nessa praia. O agendamento é feito no ICMbio (no Boldró, ao lado do Projeto TAMAR). Existem duas opções: trilha do Atalaia curta ou longa.

Praia do Atalaia, com vista para o Morro do Frade

Praia do Atalaia, com vista para o Morro do Frade

Trilha curta

A trilha curta é um caminho pequeno e tranquilo, para quem não tem prática, ir de tênis ou sapatinho de mergulho ajuda, mas não é necessário. É obrigatório agendar, mas não precisa ir com guia. Essa trilha tem a vista para a Ilha do Frade. Quando você chega na praia tem uma piscina natural onde é permitido praticar snorkeling, mas é obrigatório o uso de colete, máscara e aparelho de snorkel e é proibido o uso de nadadeiras. Os fiscais nem deixam você começar a trilha se você não tiver esse equipamento. E eles tem para alugar lá também, caso você não os tenha.

Trilha longa

A trilha longa é uma das trilhas mais bonitas e vale muito a pena. Ela começa pelo mesmo caminho que a curta, vai até a praia e depois segue para o outro lado saindo na Praia das Caieiras. É obrigatório agendar, contratar um guia credenciado e ter o colete, máscara e snorkel. Nela tem outras piscinas naturais ao longo do caminho e o fim da caminhada é um trecho de pedras.

Trilha longa do Atalaia, vista para o Morro do Frade e os cavalos em Noronha.

Trilha longa do Atalaia, vista para o Morro do Frade e os cavalos em Noronha.

Dica: É super concorrido fazer a trilha do Atalaia, tanto a longa quanto a curta (e dos outros atrativos também). Quando chegar na ilha já vai logo no primeiro dia no ICMbio, faça a carteirinha do parque e agende todas as trilhas que quiser fazer.

O agendamento é feito em totens de autoatendimento, que funcionam das 17h às 20h, permitindo agendar trilhas nos próximos 6 dias e as vagas acabam muito rápido. As senhas de atendimento (para usar os totens) começam a ser distribuídas às 15h30.

É bem complicado porque o ICMbio tenta limitar o número de pessoas por atrativo para um turismo sustentável, mas a administração libera a entrada na ilha de muito mais turistas do que a ilha comporta. ??‍♀️

Morro São José

É uma das atrações de Fernando de Noronha que é necessário agendamento. Tem uma piscina natural maravilhosa, uma das mais bonitas da ilha. Tem dois jeitos de chegar no morro. Com o snorkel se o mar estiver calmo (obrigatório contratar guia) ou pelas pedras quando for maré de lua e estiver bem seca (não precisa de guia).

Eu acho mais gostoso ir de snorkel porque você vai curtindo o caminho, vendo peixes e tartarugas. O caminho pelas pedras é bem escorregadio, tome cuidado.

Trilha dos Abreus

Precisa agendar, mas não precisa de guia. É uma trilha um pouco mais difícil porque é preciso descer em um corrimão de corda, no meio das pedras. Tem piscinas naturais lindas, com uso obrigatório de colete e proibido o uso de protetor solar.

Uma parte de praia da Trilha dos Abreus em Noronha.

Uma parte de praia da Trilha dos Abreus em Noronha.

Capim Açu

A trilha do Capim Açu é a mais longa e a mais incrível, contornando toda a ponta sul da ilha. Começa no PIC do Sancho e acaba na praia do leão. É obrigatório agendar e contratar um guia. Nessa trilha tem a Caverna do Capim Açu, piscina natural, vários mirantes maravilhosos e trechos de caminho de pedra. Um dos mirantes tem a vista da Ponta da Sapata (entre o mar de dentro e o mar de fora). O percurso todo demora em torno de 8h.

Vista do Mirante da Trilha do Capim Açu para o Mar de Fora.

Vista do Mirante da Trilha do Capim Açu para o Mar de Fora.

Trilha Pontinha-Caieira

Como falei acima, na parte das Praias em Noronha, para fazer esta trilha, precisa agendar antes, contratar um guia, usar colete e não estar de protetor solar.

Morro do Pico

A trilha para o Piquinho não precisa agendar e não é obrigatório contratar um guia. O caminho é pela trilha da praia da Conceição (na entrada da pousada Teju Açu). É legal de ir para ver o pôr do sol, e lá do alto é possível ver a  ilha inteira! Para quem gosta de rapel, tem uma empresa no Boldró (na rua do projeto TAMAR) que faz rapel no Morro do Pico, o Piquinho.

Vista do Morro do Pico (Piquinho).

Vista do Morro do Pico (Piquinho).

Outras atividades e atrações em Fernando de Noronha

Museu dos Tubarões

Além das informações super interessantes sobre os tubarões, o museu é também um restaurante. Comidinhas muito gostosas e o melhor bolo da ilha! Aos domingos costuma ter uma feijoada com samba.

Caverna entre as Caieiras e o Museu dos Tubarões em Fernando de Noronha.

Caverna entre as Caieiras e o Museu dos Tubarões.

A vista do museu é linda, incrível para ver o nascer do sol. Tem um mirante que dá para ver o “Buraco da Raquel” e a Praia da Caieiras (direita). Entre o mirante e a Praia das Caieiras tem uma caverninha escondida (para achar, só perguntando para algum local) muito gostosa de passar o tempo com a vista para o mar.

A Enseada dos Tubarões.

A Enseada dos Tubarões.

Já se você seguir para a trilha do lado esquerdo, vai sair atrás da Capela de São Pedro dos Pescadores. Continuando a trilha você chega na enseada dos tubarões. Não pode descer na enseada mas, na maré cheia, dá para ver do alto os tubarões entrando e saindo da enseada.

Capela de São Pedro dos Pescadores

É a igrejinha mais charmosa que já vi. Super pequena, com uma vista incrível do porto todo, do Air France e do outro lado da Ilha (do mar de fora). De lá dá para ver as ilhas secundárias.

Capela de São Pedro dos Pescadores em Noronha.

Capela de São Pedro dos Pescadores em Noronha.

Ponta do Air France

Onde acontece o encontro do mar de dentro com o mar de fora. Tem a vista para o Morro São José. Não é um lugar para banho, somente para curtir o visual. No caminho do porto até o Air France tem algumas ruínas e canhões.

As ruínas e a bela vista para o porto de Noronha.

As ruínas e a bela vista para o porto de Noronha.

Forte da Vila dos Remédios

O forte é muito legal para curtir o visual da ilha de cima, com a vista para o porto e para as praias. Bonito também para ver o pôr do sol por ali. Andando pela Vila dos Remédios você vai encontrar muitas ruínas. A ilha possui uma história muito triste, pois no início, ela era um presídio e depois veio a época dos militares.
É possível contratar guia para um tour histórico.

Vista desde o Forte para o porto de Fernando de Noronha e Ilhas Secundárias.

Vista desde o Forte para o porto de Fernando de Noronha e Ilhas Secundárias.

Passeio de barco

Uma das atividades “obrigatórias” é o passeio de barco em Fernando de Noronha. Tem varias empresas que fazem, são todos parecidos. Tem passeio privativo ou coletivo. Para o passeio privativo eu indico o @fifiopasseios, um passeio tranquilo, personalizado, e que dura umas 4h. Tem equipamento de mergulho, pode levar bebida e ficar bem a vontade.

Vista das praias durante o passeio de barco em Fernando de Noronha.

Vista das praias durante o passeio de barco em Fernando de Noronha.

Já para passeio coletivo, sem dúvidas a empresa @trovaodosmares (fica na vila do trinta, caminho para o porto) é a mais procurada e com razão. Eles tem o maior catamarã da ilha, um barco que balança pouco, espaçoso e com equipamento para snorkeling. O passeio sai do porto, vai até as ilhas secundárias, navega até a ponta da sapata (com vista para o arco da sapata) e para no Sancho.

Vista desde o barco para o Morro dos Dois Irmãos e Morro do Pico em Noronha.

Vista desde o barco para o Morro dos Dois Irmãos e Morro do Pico em Noronha.

No Sancho fica em torno de 2 horas, uma para praticar snorkeling e uma hora para o almoço. No barco tem fotógrafo para quem quiser contratar o serviço. Quando param no Sancho, o fotógrafo faz fotos profissionais “meia água”, com um dome. Ficam lindas! ?

Foto feita pela All Angle, empresa que fotografa no barco do passeio em Noronha.

Foto feita pela All Angle, empresa que fotografa no barco do passeio em Noronha.

E o almoço? Comida maravilhosa, mais de um tipo de peixe, salada, arroz e bebida, tudo já incluso. É o passeio de barco mais caro, mas vale muito a pena!

Existe a opção de fazer só o passeio ou fazer o passeio com PlanaSub (veja aqui), uma pranchinha com uma corda, onde você segura e o barco vai te puxando enquanto você vai fazendo snorkeling, olhando o fundo do mar.

Ponta da Sapata e o Arco da Sapata

É na direção da ponta da sapata que se encontra o naufrágio da Corveta Ipiranga V17, famoso ponto de mergulho que vai até uns 60 metros de profundidade.

O Arco da Sapata em Fernando de Noronha

O Arco da Sapata em Fernando de Noronha.

Surfe em Noronha

Para os amantes do surfe, a Praia da Cacimba é o lugar mais famoso para pegar ondas em Noronha. Mas outras praias onde também é possível surfar e se aventurar em boas ondas são: Boldró, Praia do Bode, Conceição, Praia do Meio, Cachorro, Urus e Praia do Porto.

Surfistas na Praia do Boldró em Noronha.

Surfistas na Praia do Boldró em Noronha.

Projetos ambientais em Fernando de Noronha

Projeto TAMAR

O projeto TAMAR desenvolve ações de pesquisa, conservação e inclusão social. O projeto se iniciou com o objetivo da recuperação das tartarugas marinhas e logo se expandiu com trabalhos de desenvolvimento das comunidades costeiras, que no fim das contas está tudo interligado.

Na sede do projeto TAMAR de Fernando Noronha acontece diariamente palestras no auditório, além de projetos de educação ambiental para as crianças e turistas (captura das tartarugas para anilhar, soltura dos filhotes e painéis informativos).

Tartaruga verde na Praia do Porto em Fernando de Noronha

Tartaruga verde na Praia do Porto em Fernando de Noronha

Projeto Golfinho Rotador

O projeto Golfinho Rotador foi criado em 1990 com o objetivo de “desenvolver ações de pesquisa, educação ambiental, envolvimento comunitário e sustentabilidade em prol da conservação dos golfinhos-rotadores, da biodiversidade marinha e de Fernando de Noronha”.

Todos os dias os pesquisadores do projeto vão até o Mirante da Baía dos Golfinhos para observá-los e instruir os turistas. O projeto tem também um programa de educação ambiental com a Escola Arquipélago, onde as crianças participam de várias atividades de sensibilização quanto a preservação dos golfinhos e do meio ambiente.

Golfinho Rotador nas águas cristalinas de Fernando de Noronha.

Golfinho Rotador nas águas cristalinas de Fernando de Noronha.

Melhor época para visitar Fernando de Noronha:

A ilha de Noronha recebe muitos visitantes e tudo funciona bem durante todo o ano, porém, existem melhores épocas para cada tipo de atividade na ilha.

Do mês de dezembro até março é a época de swell (ondas maiores e fortes). Normalmente, durante estes meses o mar de dentro é calmo e o mar de fora mais agitado, mas na época em que o swell atinge o mar de dentro, é a época em que o mar de fora fica tranquilo. Parece confuso, mas é simples haha ?.

Bia relaxando no Mirante do Sancho, com vista para a Baía dos Porcos.

Bia relaxando no Mirante do Sancho, com vista para a Baía dos Porcos.

Janeiro e fevereiro são os melhores meses para quem busca boas ondas e visita Noronha para surfar. Para mergulhar de cilindro é bom o ano inteiro, mas nos meses de setembro e outubro o mar fica um tapete com visibilidade de mais de 50m de profundidade. Para quem quer visitar e pegar um mar tranquilo e dias sem chuva a melhor época é de agosto até o começo de outubro.

A época de chuvas vai de março a julho e, mesmo assim, é possível curtir alguns dias de sol e às vezes, as chuvas são rápidas e passageiras.

Ondas fortes vistas de uma parte da trilha longa do Atalaia.

Ondas fortes vistas de uma parte da trilha longa do Atalaia.

Informações úteis sobre Noronha:

  • Banco – NÃO deixe para sacar dinheiro na ilha. Os únicos bancos que existem por aqui são Santander e Bradesco.
  • Caixa eletrônico – Existe um caixa 24h no aeroporto e um no mercado Noronhão (Vila do Trinta) que raramente estão funcionando ou com dinheiro. ?
  • Sacar dinheiro – A Lotérica e os Correios também fazem o saque de dinheiro, dependendo do banco, mas é muito difícil estarem funcionando, e quando estão, a fila é gigantesca.
  • Pague em dinheiro – A maioria dos passeios dão desconto quando você paga em dinheiro em espécie (não, débito não conta) e muitos lugares e passeios não aceitam cartão.
  • Nos restaurantes, pousadas e lojas maiores você consegue passar o cartão mas, ainda assim, pode acontecer de não ter sinal na máquina de cartão.
  • Hospital – O único hospital da ilha é o Hospital São Luis, é um hospital do SUS e para qualquer acidente mais sério, o paciente deve transportado para Recife de forma aérea (Salve Aéreo) já que o hospital não tem estrutura. Contrate um Seguro Viagem nacional para as suas férias em Fernando de Noronha.

Outras informações sobre Fernando de Noronha

Fotógrafos em Fernando de Noronha

A ilha tem fotógrafos incríveis, tanto para fotos subaquáticas, como para ensaios fotográficos nos melhores pontos da ilha. Alguns deles são: @roberta_viegas_ , @davidluizandrade, @mairakellermann, @michele_roth_ e @maylaydoo.

Em um paraíso como este, o que não falta é cenário para uma boa foto. Ensaios de casamento, ensaios na praia, fotos meia água (com um dome) ou mergulhando, são muitas as opções para fazer boas fotos em Fernando de Noronha.

Piscina natural do Morro de Fora em Fernando de Noronha.

Piscina natural do Morro de Fora em Fernando de Noronha.

Uso de drone em Fernando de Noronha

em qualquer lugar do Brasil é necessário cadastrar o equipamento na ANAC e ter autorização da DECEA. Para o DECEA existem dois tipos de uso de drone, o recreativo e o profissional, porém, em Fernando de Noronha só é permitido o uso profissional.

Bruno e Victória na proa de um barco nas Filipinas. Foto feita com drone. Foto: Bruno/@naproadavida.

Bruno e Victória na proa de um barco em Coron, nas Filipinas. Foto feita com drone. Foto: Bruno/@naproadavida.

Além da aeronáutica, a polícia e o ICMbio (dentro da área do Parque Nacional) também são responsáveis pela fiscalização do uso de drones no arquipélago. O órgão responsável pela emissão da autorização ambiental do uso de drone em Noronha é o ICMbio.

A captação de imagem com o uso de drone dentro da APA não precisa de autorização do ICMbio, somente dentro da área do PARNAMAR.Para mais informações, acesse o site parnamar.com.br, lá você encontra todas as informações e o formulário para solicitar o uso de imagem de drones em Noronha.

Cultura e festas locais em Noronha:

Barqueata em homenagem a São Pedro – Evento indescritível!

No dia de São Pedro, padroeiro dos pescadores e navegantes, acontece uma missa na capela do porto de Santo Antônio pela manhã, e depois, o santo é levado em procissão até o porto, de onde sai embarcado.

Além desse lado religioso, a tradição continua ao longo do dia com uma festa com muita bebida e música! Quase todos os barcos saem lotados até o Morro dos Dois Irmãos para assistir o barco da Família Souza (uma família tradicional da ilha) passar entre o Morro dos Dois Irmãos. É emocionante! Quando os barcos retornam, é servida uma peixada (gratuita). O evento é organizado pelos próprios moradores.

Veleiros passando pela Praia do Cachorro, antes de chegar no Porto de Noronha.

Veleiros passando pela Praia do Cachorro, antes de chegar no Porto de Noronha.

REFENO e as festas

Outro evento muito legal que acontece todo ano é a REFENO (Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha). É uma competição que parte do Marco Zero de Recife e vai até Noronha. Na semana que acontece o evento têm várias festas na ilha, cada dia em um lugar, dando uma agitada na programação.

O período entre a última semana de dezembro e a primeira semana de janeiro, é conhecido por ter muitas festas. São festas grandes, estruturadas, fechadas, open bar e caras. Quem tiver interesse em ir, vale a pena comprar com antecedência. Essa época do ano a ilha fica muito cheia e é uma das piores épocas para realmente conhecer Noronha.

Compras em Fernando de Noronha

Em Noronha não existem muitos pontos de venda de souvenir. Na área do PICs do ICMbio (antes de entrar na praia do Sueste, Leão e Sancho) vendem algumas lembrancinhas, camisetas e etc. Na praça Flamboyant tem alguns quiosques de souvenir também. No porto tem uma loja (que tem também no aeroporto) e no Museu do Tubarão também encontra camisetas, souvenir e pratas com o tema do fundo do mar.

Por do sol Visto do Mirante da Praia do Bode em Fernando de Noronha.

Por do sol Visto do Mirante da Praia do Bode em Fernando de Noronha.

Neuronha

Uma loja com roupas de marcas conhecidas e também de confecção própria. Tem camisetas da Hurley personalizadas com os nomes das praias, imãs e placas imitando placas de carro com os nomes das praias (lindos!), canecas e outras coisas.

O Pico

Além de restaurante, é também uma loja. Vende artigos da FARM e roupas de confecção própria com os nomes das praias (feminino, masculino e infantil). Tem também uns imãs lindos, um deles é a miniatura da capelinha do porto. Tem alguns outros artesanatos, pulseiras, azulejos, canga, quadros. Na minha opinião é a loja que tem as lembranças mais bonitas, mas não é barato.

E aí, gostou das dicas maravilhosas da Bia? Deixe seu comentário abaixo e nos diga o que você aproveitou na ilha ou se tem alguma dúvida em relação a Fernando de Noronha. Se quiser ver mais conteúdos, fotos ou vídeos sobre o nosso maravilhoso Brasil, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Veja também:

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

12 Comentários

  1. Raisa

    Maravilhoso, parabéns!!!!

    Responder
    • Victória Farina

      Opa, curtiu o post com dicas de Fernando de Noronha? Ficamos felizes em ajudar 🙂

      Responder
  2. Marcia Picorallo

    Melhor guia de Fernando de Noronha que já li! Que gentileza esta moça ter escrito todas estas dicas que só mesmo quem conhece bem a ilha poderia compartilhar!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Exatamente Marcia! É completíssimo o guia e o melhor, com dicas de quem realmente conhece cada cantinho de Fernando de Noronha! Melhor para os leitores, que vão viajar com as melhores dicas! ??

      Responder
  3. Itamar Japa

    Noronha é um verdadeiro sonho que ainda quero realizar. Este post está super completo, perfeito! Favoritado!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, visitar Fernando de Noronha é um sonho de MUITA gente e, cada vez mais as pessoas tem tido oportunidade! Aproveite as dicas…

      Responder
  4. Bruna

    Que post mais completo de Fernando de Noronha!!! Adorei as dicas todas, especialmente as dos restaurantes e mirantes com vista!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, nada como ter dicas sobre restaurantes, hotéis e diversas atrações vindas de uma moradora local, não é?! Zerando Fernando de Noronha em uma viagem hahaha

      Responder
  5. Murilo Pagani

    Caramba, super completa estas dicas de Fernando de Noronha, hein?!

    Morro de vontade de conhecer… Além desses visuais incríveis (mesmo sem conhecer o meu favorito já é o Mirante do Sancho… hahaha), Noronha deve ser um prazer e tanto para o nosso estômago, não é não?! rs

    Abraço!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Hahahahaha acho que só de pensar, o Mirante do Sancho já entra direto no topo da lista de atrações em Fernando de Noronha!! Fico imaginando que isso tá tão perto de nós no Brasil e vivemos buscando outros paraísos mundo afora…

      Responder
  6. Helen Pusch

    Excelentes informações e dicas para planejar a viagem a Fernando de Noronha!
    Passei quatro dias por lá há uns anos atrás, e esse post reativou a vontade de voltar para conhecer mais alguns cantos. Nada como as dicas de uma moradora! 🙂
    Obrigada!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Exatamente! É sempre diferente visitar os lugares pela visão de um local… Já pode voltar para Fernando de Noronha e aproveitar todas as dicas! ?

      Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *