Seguro Viagem para a Bielorrússia: obrigatório e muito importante

Home » Bielorrússia » Seguro Viagem para a Bielorrússia: obrigatório e muito importante
Atualizado em 19/09/2021
Por: Bruno

Atualizado em 19/09/2021
Por: Bruno

Como assim seguro viagem para a Bielorrússia? Sim, é necessário ter um seguro que cubra especificamente a viagem feita pelo país, não importa quanto tempo ficará e, aqui, vamos falar sobre a nossa experiência na fronteira entre a Lituânia e a Bielorrússia.

Os portões da cidade de Minsk, Bielorússia | Foto: Bruno/@naproadavida - Seguro Viagem para a Bielorrússia

Os portões da cidade de Minsk, Bielorússia | Foto: Bruno/@naproadavida

Após passar algumas semanas dentro do espaço Schengen e viajando por Estônia, Letônia e Lituânia decidimos que o nosso próximo destino seria a Bielorrússia e, como estávamos, em Vilnius, tínhamos a opção de atravessar a fronteira usando ônibus ou trem.

Escolhemos o ônibus, pois tinham mais horários de saídas, além de ser um pouco mais barato, contribuindo com o nosso budget apertadinho.

Visto para brasileiros na Bielorrússia

A Bielorrússia dispensa o visto para brasileiros por até 90 dias, ou seja, podemos ficar no país por quase três meses sem precisar pagar por visto ou emitir qualquer documentação com antecedência.

Muitas pessoas (principalmente os europeus) não sabem disso e se espantam sempre que comentamos que não precisamos de visto para entrar na Bielorrússia.

O motorista do ônibus era um deles e ficou nos perguntando por horas se tínhamos certeza dessa informação.

Mas não, brasileiros não precisam de visto e, outra informação nova e importante, é que o país, em breve, vai facilitar a entrada para mais de 100 nacionalidades que não precisarão de visto por até 30 dias.

Em alguns meses/anos a Bielorrússia estará no circuito turístico e roteiro de muita gente.

Viagem de carona pela Europa - Bielorrússia a caminho de Minsk.

Pedindo carona nas estradas da Bielorrússia.

Atravessando a fronteira entre Lituânia e Bielorrússia

A saída da Lituânia foi extremamente tranquila. Havia uma fila de espera mas, em cinco minutos, o nosso passaporte já estava carimbado e o ônibus seguia para a entrada na Bielorrússia.

Na noite anterior nós havíamos lido que era necessário ter Seguro Viagem para entrar no país e, por isso, baixamos as apólices e todas as informações do nosso seguro nos celulares dos dois.

Estávamos tranquilos em relação à isso porque havíamos escrito Europa e, como a Bielorrússia faz parte do continente, estávamos cobertos.

O motorista agora perguntava se tínhamos Seguro Viagem para a Bielorrússia, nós respondemos que sim porque usamos a World Nomads desde o início da viagem, há quase dois anos.

Não viaje para a Europa sem seguro viagem! Na Europa o seguro é de extrema importância e na maioria dos países, os viajantes são obrigados a ter um seguro viagem para o período que passará no continente. Durante a nossa viagem, nós usamos a World Nomads e o suporte foi sensacional, e em português sempre que precisamos.

Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 5% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA5.
Saúde durante a viagem não é brincadeira, não arrisque viajar sem seguro. 😉

Entrando no país e o Seguro Viagem para a Bielorrússia

Quando nós paramos no passport control para entrar na Bielorrússia, o motorista do ônibus perguntou novamente se tínhamos um seguro e, sempre com a ajuda de alguém para traduzir, nós respondemos que sim, pois a nossa cobertura é mundial, mas ele fez uma cara de quem não se importava muito com a nossa resposta.

Assim que descemos, o motorista nos chamou e nos levou para a frente da fila, mencionando que éramos Brazilianskyi e precisávamos passar logo.

Na cabine do controle de passaportes, eu fui o primeiro e assim que a oficial viu o passaporte, nos pediu um comprovante de Seguro Viagem, que já estava pronto na tela do celular.

O Mir Castle na cidade de Mir ao centro da Bielorrússia. | Foto: Bruno/@naproadavida - Seguro Viagem para a Bielorrússia

O Mir Castle na cidade de Mir ao centro da Bielorrússia. | Foto: Bruno/@naproadavida

Mostrei o celular e ela começou a dizer antes mesmo de olhar, que não poderia ser de forma digital, mas sim impressa. Eu disse que não tive tempo ou lugar para imprimir.

Ela então aceitou olhar e perguntou se o Seguro Viagem era específico para a Bielorrússia, eu respondia que era para o mundo inteiro e que já estive na Rússia e países bálticos antes de chegar ali.

Ela chamou alguém que falava inglês e a mulher nos perguntava se tínhamos em algum lugar da apólice escrito o nome BIELORRÚSSIA.

Ela leu todos os países e viu que tínhamos Rússia, Ucrânia, Europa e todos os continentes, menos a bendita palavra Bielorrússia.

Após algum tempo tentando achar isso, ela disse que não aceitariam e que teríamos de pagar pelo Seguro Viagem para a Bielorrússia, que era específico para quem viaja pelo país.

Ficamos p… da vida com a atitude, pois isso parecia mais um esquema corrupto para arrancar dinheiro dos estrangeiros que entram no país. E todos em volta davam risada da situação.

Tentamos argumentar sobre o nosso Seguro Viagem e ela enfatizou: se quiserem entrar na República da Bielorrússia, terão de pagar o seguro do país, que custa somente €2 (dois euros) por pessoa. E uma cara sarcástica após dizer isso.

Bom, o jeito foi pagar e nos livrar dessas pessoas para entrar no país.

Nosso acampamento na Bielorússia por uma noite.

Nosso acampamento na Bielorússia por uma noite.

Nos encaminharam para um guichê separado, onde uma senhora provavelmente olhava o feed do Instagram ou Facebook no celular.

Nós já tínhamos os €4 separados e entregamos à senhora, que perguntava em russo se ficaríamos dois dias na Bielorrússia e em inglês, eu respondia que sim, mesmo sabendo que ficaríamos bem mais.

Pelo que entendi depois, o viajante deve pagar €2 para ficar no país por um período de 2-4 dias e até €85 para o período de 1 ano.

Mas lendo em outros lugares, vi que os valores podem variar dependendo da fronteira/aeroporto em que você entrar no país, podendo ficar muito mais caro que esses €4, então é bom ficar atento.

Aprenda algumas palavras importantes em Russo! Isso pode ajudar muito em países que fizeram parte da União Soviética, te livrar de perrengues e ainda fazer amigos na viagem. [veja o nosso video]

Por fim, pagamos a taxa e voltamos para o guichê do passaporte, onde éramos os únicos que faltavam, pois todos já estavam no ônibus nos esperando.

Passaporte carimbado, levamos mais cinco minutos para que abrissem e revistassem as nossas mochilas.
Após todo esse processo, voltamos ao ônibus e seguimos viagem para Minsk, a capital da Bielorrússia.

Se quer saber TUDO sobre o que fazer na Bielorússia, leia esse guia mais que completo do blog Fora da Zona de Conforto: Roteiro de 3/5/7/10 Dias na Bielorússia.

Como evitar transtornos com o Seguro Viagem para a Bielorrússia

Acampando e remando na região dos lagos de Minsk, Bielorússia. - Seguro Viagem para a Bielorrússia

Acampando e remando na região dos lagos de Minsk, Bielorússia. | Instagram: @naproadavida

Sim, parte dessa pequena confusão foi culpa nossa, pois quando compramos a apólice do Seguro Viagem da World Nomads, não colocamos a Bielorrússia como um país de destino.

Estávamos viajando pela Ásia e não sabíamos se iríamos para este país. Colocamos a Rússia, alguns países da Europa e escrevemos os possíveis continentes que visitaríamos, mas não tínhamos ideia de que a Bielorrússia exigia a menção ao país no documento.

Então, quando você estiver comprando o seu Seguro Viagem para a Bielorrússia, seja pela World Nomads, Seguros Promo, SafetyWing ou qualquer outra corretora, coloque a Bielorrússia em destaque, principalmente se você tiver certeza de que vai visitar o país.

Se possível, entre em contato com a seguradora e peça uma declaração dizendo que o seguro cobre a viagem pelo país.

Outra dica é imprimir a apólice e tê-la em mãos na hora que conferirem o seu passaporte, pois de repente, você pode encontrar um oficial que não aceite de forma alguma a versão digital.

Dono do hotel fazendo o nosso check-in e pegando os dados para o nosso registro. - Seguro Viagem para a Bielorrússia

Dono do hotel Usadba Zamkovoe Predmestie fazendo o nosso check-in e pegando os dados para o nosso registro.

Algumas pessoas disseram que a imigração pediu uma confirmação de reserva de hotel na cidade de destino na Bielorrússia.

Não foi o nosso caso, mas vale a pena ter pelo menos uma noite reservada num hotel ou hostel, seja em Minsk, Brest, Grodno ou qualquer outra cidade.

Essa é também uma boa opção pois os hotéis já se responsabilizam por fazer o seu registro de estadia na Bielorrússia. Veja opções de hospedagem na Bielorrússia no booking.com, Hostelworld e Hoteis.com.

Registro de estadia na Bielorrússia

Se for ficar hospedado na casa de alguém, não se esqueça do prazo de 5 dias para registrar a sua estadia no país. Nós nos hospedamos através do Couchsurfing e, somente no 5° dia lembramos desse registro.

Assim, quando chegamos em Mir, ficamos no hotel Usadba Zamkovoe Predmestie, que fez o nosso registro. Caso fique menos de 5 dias no país, o registro não é necessário.

Nós também tivemos um momento de tensão na saída da Bielorrússia e você pode ler o relato num post muito em breve, de quando pegamos o ônibus de Brest para Kovel, na Ucrânia.

E aí, gostou das dicas? E como foi a sua experiência com o Seguro Viagem para a Bielorrússia? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre a Bielorrússia e outros países da Europa, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Veja também:

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

7 Comentários

  1. Jocelaine Kurtz

    Olá Bruno, tudo bem? Meu próximo destino será a Bielorrússia e vi que você destacou a segurospromo em seu blog, eu contratando esse seguro com essa empresa eu não preciso contratar outro seguro chegando lá, isso?

    Responder
    • Victória Farina

      Oi Jocelaine, tudo ótimo e com você? Então, pelo que os seguranças falaram, basta ter o nome BIELORRÚSSIA bem evidente na apólice de seguro que está tudo certo. Sugestão é escrever BELARUS (em inglês) se possível ou também as cidades que vai visitar, para eles não encrencarem. Aproveite a viagem e, se puder, vem contar para a gente se deu tudo certo na entrada 🙂

      Responder
      • Jocelaine Kurtz

        Oi Vitória, bem e com você? Obrigada pelo seu retorno. Entrei em contato com algumas seguradoras, inclusive aquela que você postaram ali, mas eles não sabem me responder se é valido em Belarus, só que é valido na Europa, então eu liguei na Embaixada na Bielo aqui no Brasil e ele ficou de me passar uma empresa que ele contrata e não tem problema, se der certo volto a deixar meu feedback, um abraço. 😀

        Responder
        • Victória Farina

          Oi Jocelaine, tudo ótimo! Então, a gente tem certeza que o WORLD NOMADS entra na Bielorússia, que era o nosso. O problema na nossa apólice foi que não especificamos o NOME BIELORÚSSIA e, por isso, eles não quiseram aceitar. Se você colocar o país na sua apólice, não haverá problemas. Conhecemos pessoas que entraram com o seguro da World Nomads normal, dá uma olhadinha na cotação aqui: https://naproadavida.com/b-asia-world-nomads

          Responder
  2. Débora Maraston

    Eu não sou uma viajante como vocês mas as vezes que viajei adquiri o seguro viagem pelo blog de vocês, e graças a Deus nem usei. è um ótimo investimento. O seguro viagem me deu bastante segurança para viajar e ficar tranquila.

    Responder
  3. Eduardo Farias

    Bruno, show de bola o post! Estou indo ano q vem para as bandas de lá e li a respeito dessa necessidade… Vou usar o seguro do cartão e não sei se consigo q eles especifiquem Belarus como coberto, mas tentarei. No mais, bom saber que é possível adquirir lá na hora

    Responder
    • Bruno Miguel

      Fala Eduardo, beleza? Sim, é preciso e na mesma época eu estava em contato com uma brasileira que namorava um cara da Noruega. Eles foram com a cara dela, mas não deixaram ele entrar porque não tinha esse seguro. O pior é que nem ofereceram pra ela o seguro pra comprar lá, simplesmente disseram que ele não entraria porque não tinha seguro. Talvez não tivesse alguém pra traduzir ou sei lá, mas ela ficou p da vida quando eu disse que me fizeram comprar na hora, pois eles não tiveram opção.

      Não sei como funciona no caso do seguro de cartão de crédito, mas acho que se você tá indo pra Europa, onde o seguro viagem é obrigatório, tome cuidado e veja se tem alguma apólice que cobre a sua viagem, assim, você sabe que não vai ter problemas por lá!

      Boa viagem! ??

      Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *