Roteiro ideal em Siem Reap no Camboja: visitando a cidade, templos de Angkor e arredores

Home » Camboja » Roteiro ideal em Siem Reap no Camboja: visitando a cidade, templos de Angkor e arredores

Atualizado em May 8, 2021

Por: Victória

Atualizado em May 8, 2021

Por: Victória

Nossa breve passagem por Camboja nos deixou com gostinho de quero mais. O que era para ser somente um visa run para renovar o visto da Tailândia, virou uma aventura! Vamos contar para vocês como foi nosso roteiro de 5 dias em Siem Reap no Camboja com dicas de como se organizar e atrações e passeios a fazer:

Não deixe de ler nossos posts com dicas gerais (visto, câmbio, gastronomia) do Camboja, o específico com tudo tudo tudo que tem para fazer em Siem Reap e também outro super completo com as principais dicas de hospedagem e onde ficar na cidade.

Roteiro ideal em Siem Reap no Camboja

Principais dicas:

Nós passamos 5 dias em Siem Reap e sentimos que dava para ficar um pouco mais. A cidade tem muitas atrações interessantes para visitar e, um fator importante, é o CALOR. Como vocês podem ver em nossos stories do Instagram (que ainda estão salvos, corre lá!), o calor no Camboja é INTENSO e, por isso, recomendamos que não programe muitas atividades para o meio do dia.

Outra super dica é acordar bem bem cedo e fazer tudo que puder antes das 11h. Depois disso, o calor é absurdamente forte e recomendamos que deixe do meio dia às 14h livre para relaxar. Tinha dias que ficávamos na piscina do hotel e outros não aguentávamos e simplesmente subíamos para o quarto para usar o ar condicionado. 

Dicas de roteiro e esse é nosso hotel em Siem Reap no Camboja

Com uma piscina dessas não dá nem para pensar em fazer outra coisa durante o meio dia.

O que fazer nos dias de chegada e saída:

No dia de chegada e saída geralmente não dá para visitar os templos já que você tem que comprar passe para o Parque Arqueológico por dia de visitação. Nós compramos o de 3 dias e, nos outros dois dias, visitamos a cidade.

Por isso, nesses dias, não deixe de visitar um pouco da cidade, alguns museus que recomendamos no guia de atrações além de se adiantar e já pegar logo os ingressos para o Parque Arquológico (veja mais detalhes sobre esses ingressos).

Vou te explicar porque: nós acordamos as QUATRO da manhã para assistir o nascer do sol em Angkor. Tivemos que sair bem antes e ainda passar na bilheteria para garantir nosso ticket de entrada. Tivemos sorte e, como visitamos Camboja em abril, não tinha filas. Mesmo assim, chegamos um pouco atrasados para o nascer do sol e ficamos chateados por isso.

O pôr do sol em nosso roteiro em Siem Reap no Camboja foi maravilhoso mas, poderíamos ter perdido por alguns minutos!

O pôr do sol foi maravilhoso mas, poderíamos ter perdido por alguns minutos!

Se puder, vá no dia da sua chegada e compre o ticket de entrada para o Angkor. Não é possível reservar antecipadamente e você TEM QUE IR PESSOALMENTE, mas você pode ir até a bilheteria e garantir o seu no dia anterior. Tem um transfer que te busca no hotel e trás de volta só para isso e ele sim você pode reservar antecipadamente. Isso irá te economizar tempo de visita nos templos já que, no seu dia de visitação, vai apenas mostrar o passe na barreira e poderá entrar tranquilamente.

Damos essa dica exatamente porque NÃO FIZEMOS isso e nos arrependemos. Veja aqui mais detalhes de valor e como reservar o seu transfer para comprar o ingresso do Complexo de Angkor. Mas agora, bora para o nosso roteiro em Siem Reap:

Nosso roteiro de 3 dias inteiros em Siem Reap:

Dia 1: visitando Siem Reap

Chegamos de manhãzinha (antes das 8 da manhã) de avião vindo de Phuket. O nosso hotel em Siem Reap veio nos recepcionar no aeroporto e tivemos transfer gratuito até nossa hospedagem. Foi incrível isso porque estávamos meio tontos de sono e das formalidades de entrada no país.

Mesmo chegando super cedo tivemos que esperar apenas 30 minutos para poder entrar no nosso quarto e foi PERFEITO! Tomamos um banho e dormimos profundamente até a hora do almoço. Se você leu as nossas dicas de como planejar um roteiro em Siem Reap ali em cima percebeu o nosso erro, ne? Nós dormimos na hora menos quente do dia e, quando acordamos, parecia o inferno na terra de tão calor!!!

Se o seu hotel não está incluso o transporte você pode reservar aqui: transfer do aeroporto de Siem Reap ao seu hotel.

Ponte no centro de Siem Reap no Camboja.

Ponte no centro de Siem Reap no Camboja.

Depois de comer algo em um restaurante local próximo ao hotel nós pegamos as bicicletas (que também estavam inclusas no valor da hospedagem!) e saímos andando pela cidade. Contamos um pouco do que visitamos nos stories e também no post do que fazer.

Vale dizer que a cidade não tem nada demais se comparada a muitas outras do Sudeste Asiático que já visitamos e moramos como Kuala Lumpur, Bangkok e até Luang Prabang mas ficamos felizes de ver como os locais se divertem e visitar alguns pontos turísticos como os mercados de rua, alguns templos e até parques.

Depois disso, demos uma passadinha na Pub Street, a famosa rua dos mochileiros de Siem Reap. Era para ficar pouquinho e só encontrar duas seguidoras, mas a gente se empolgou com as bebidas baratas e conversas empolgantes que ficamos atéeee tarde! Fomos jantar rapidinho e voltamos para o hotel já que, no dia seguinte, tínhamos tour com guia falando português bem bem cedinho para visitar os templos de Angkor.

Mercado em Siem Reap no Camboja.

Mercado em Siem Reap no Camboja.

Nosso roteiro completo em Siem Reap:

Dia 2: Principais templos de Angkor

Acordamos cedin cedin para ver o NASCER DO SOL no templo Angkor Wat. Esse é um dos espetáculos mais esperados para quem visita o Camboja e um dos mais famosos para mochileiros e viajantes do mundo todo.

O Alex nos buscou no hotel (se quiser esse serviço VIP super incrível manda mensagem para a gente que te enviamos o contato dele!) e fomos em direção ao Parque Arqueológico de Angkor. Antes de entrar no complexo, como contei lá em cima, tivemos que perder tempo comprando os tickets de entrada (se quer evitar esse erro, veja aqui a melhor opção!).

Para a gente foi rapidinho mas, mesmo assim, pareceu uma eternidade e eu já ficava pensando que ia perder o nascer do sol (sim, sou neurótica e, graças a isso que as pessoas amam tanto o One Day Trip, passeio de barco para brasileiros que organizamos em Koh Phi Phi).

Nascer do sol em Angkor Wat, no Camboja.

Nascer do sol em Angkor Wat, no Camboja.

O nascer do sol foi LINDO! Amamos ver o sol subindo bem de trás do Angkor, é realmente apaixonante (mesmo com centenas de pessoas em volta fazendo pose e estragando um pouco o clima do lugar!).

Depois disso, fizemos o Small Circuit com o Alex. Os templos são CHEIOS de história e curiosidades interessantíssimas e confesso que entendi muito melhor de todos os mínimos detalhes dos diferentes séculos, mudanças de rei e desavenças por ter um guia falando português perfeitamente!

O Small Circuit que fizemos foi a visita aos seguintes templos:

  • Nascer do sol em Angkor Wat
  • Ta Phrom temple (templo que é cenário do filme Tomb Rider)
  • Portão da Vitória
  • Terraço do rei leproso & dos elefantes
  • Baphoun temple
  • Bayon temple (conhecido pelos rostos do Buda)
  • Angkor Thom Gate

Para fazer o mesmo passeio que nós com guia falando português e te explicando TUDO sobre a história e curiosidades do país, manda mensagem para a gente que vamos te dar mais informações.

O famoso Ta Prohm temple em Siem Reap no Camboja: ele fez parte do nosso dia 2 no roteiro de Siem Reap

O famoso Ta Prohm temple em Siem Reap no Camboja.

Roteiro em Siem Reap no Camboja:

Dia 3: outros templos maravilhosos em Angkor

O ingresso para visitar o complexo que compramos durava 3 dias consecutivos e, por isso, não demos nem um tempo de descanso. Acordamos umas 7 da manhã, tomamos o café da manhã delícia incluso na diária do hotel (é luxo para a gente então é legal se mostrar um pouco hahahaha) e partimos para mais um dia de visitação nos templos de Angkor.

No primeiro dia fomos com o guia cambojano que fala português de carro com ar condicionado. Já no segundo dia decidimos fazer algo diferente e alugamos um tuk tuk com motorista para nos levar nos templos do Big Circle.

No tuk tuk em Siem Reap no Camboja.

No tuk tuk em Siem Reap no Camboja.

Achamos os templos desse dia mais vistosos e bonitos mas, sem as explicações em português, sentimos um pouco de dificuldade de se empolgar nas visitas, já que (confesso!) depois de um tempo parece tudo um pouco igual, além do calor escaldante que atrapalha bastante!

Mesmo assim, nos apaixonamos por diversos templos e visitamos alguns que nem estavam incluídos no Big Circuit.

Segue a lista dos templos (em ordem!) que visitamos no nosso terceiro dia de roteiro em Siem Reap no Camboja:

  • Pre rup temple
  • East Mebon temple
  • Ta som temple
  • Neak Pean temple
  • Preah Khan temple
  • Phnom Bakheng temple para um início do pôr do sol
  • Depois de tudo isso, nós chegamos no hotel por volta das 17:00 e CAPOTAMOS! O calor foi inteeeenso durante o dia e, como acordamos cedo, estávamos cansados. Melhor coisa que fizemos para finalizar o dia.
Templo Ta Som, Siem Reap no Camboja

Templo Ta Som, Siem Reap no Camboja

Que tal garantir o seu chip com internet antes de sair do Brasil?

Usamos a EasySim4U no Camboja e isso ajudou DEMAIS! Eles tem pacotes com internet ilimitada, além de pacotes de voz que você pode usar em mais de 190 países e o melhor, atendimento em português e entrega em todo o Brasil. Confira o melhor pacote para você. Use o cupom NAPROADAVIDA10 e receba 10% de desconto na compra do chip.

Roteiro em Siem Reap no Camboja:

Dia 4: cidade + Angkor Wat para o pôr do sol

Depois de dois dias INTENSOS de atividades nós decidimos relaxar. Estávamos em um ritmo intenso na Tailândia com muitas fotos e passeios de barco e essa deveria ser as nossas mini férias. Decidimos então ficar no hotel, aproveitar a piscina e saímos somente ao final do dia, de bike, para ver o pôr do sol (meu momento preferido do dia).

Como o ingresso ainda estava válido, nós entramos no complexo e tentamos assistir ao espetáculo da natureza no Phnom Bakheng mas, como explicamos no guia de templos de Angkor, não foi possível. Decidimos ir então ao Angkor Wat e, assim, conseguimos comparar qual o melhor momento para visitar o templo mais famoso do Camboja.

Todos tem razão para visitar o Angkor Wat no NASCER do sol já que, pelo menos no dia que fomos, o pôr do sol foi bem mixuruco. Curtimos o ambiente, vimos monges passando e nos divertimos vendo as pessoas tirando mil vezes as mesmas fotos ao invés de curtir o momento.

Dá para reservar antecipadamente o aluguel de bike se quiser! Tem também várias opções de passeios gastronômicos, artísticos e até de scooter nesse site. Dá uma olhada.

Bayon é um dos templos mais lindos do Complexo de Angkor.

Bayon é um dos templos mais lindos do Complexo de Angkor.

Se eu não deixei claro anteriormente, vale a pena notar que é MUITO CALOR EM SIEM REAP! Andar de bike, que é uma coisa que adoramso fazer, foi doloroso e. Foi uma delícia voltar depois do pôr do sol já que o calor diminuiu UM POUCO mas não super recomendamos por causa do trânsito que é intenso e (obviamente!) não tem faixa para ciclistas.

MOMENTO HISTÓRIA ENGRAÇADA: Teve uma hora que estávamos em uma estrada e não tinha carro nenhum. Do nada, vieram dois caras numa moto e ficaram atrás de nós por MUITO TEMPO. Estávamos apavorados de medo (paulistas que somos, ne!) mas, no final, descobrimos que eles só estavam iluminando a nossa passagem! AI CAMBOJA, assim você me mata de amores!!

Na volta ainda passamos na Pub Street e comemos em um restaurante mexicano super gostoso. Tomamos umas margaritas a US$ 3 e ficamos observando o movimento. Quando chegamos no hotel estávamos meio alegres e sem sono e fomos dar um pulo na piscina. FOI PERFEITO já que Siem Reap inteira estava sem luz e o ar condicionado do quarto não estava funcionando. Ficamos curtindo a piscina até a luz voltar. Era o nossos úlitmos dia em Siem Reap e nos despedimos em grande estilo!

Pub Street em Siem Reap.

Pub Street em Siem Reap.

Não viaje para a Ásia sem seguro! Estamos viajando há mais de 3 anos pelo mundo e já tivemos diversos problemas na viagem que foram cobertos pelo nosso seguro viagem. Nós estávamos cobertos pela World Nomads e o suporte foi sempre sensacional e em português. Eles oferecem 5% de desconto com o código: PROADAVIDA.
Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 5% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA5.
Assista aos vídeos desta playlist para ajudar na hora de fechar o seguro e garantir o desconto.

Roteiro de 3/4 dias em Siem Reap no Camboja:

Dia 5: saída do Camboja

Neste dia, se quiser, pode visitar a cachoeira Phnom Kulen National Park, os templos mais afastados e até uma vila flutuante que nos pareceu interessantíssima. Se você se interessa em saber mais sobre a história e cultura do Camboja existem DIVERSOS museus que você pode visitar.

Nossa passagem pelo Camboja foi rápida mas intensa e logo tínhamos que voltar para os passeios em Phi Phi. Por isso, pegamos um ônibus de Siem Reap a Bangkok e saímos felizes do Camboja mas com ainda mais vontade de visitar suas praias maravilhosas e outras cidades interessantes. Fica para uma próxima!

Veja abaixo três opções de passeios para as vilas flutuantes:

Planeje bem o transporte da sua viagem pela Ásia!✈️??
O continente é formado por muitas ilhas, regiões montanhosas e distâncias longas e isso exige algumas horas de locomoção de um lugar para outro. A nossa dica é usar o 12Go Asia para pesquisar e reservar os principais transportes e evitar perrengues durante a viagem.

RESUMO DO NOSSO ROTEIRO EM SIEM REAP:

  • Dia 1: chegada e visitando Siem Reap
  • Dia 2: Small Circle
  • Dia 3: Big cicle
  • Dia 4: cidade + Angkor Wat para o pôr do sol
  • Dia 5: saída do Camboja

Se tiver 3 dias de roteiro no Camboja sugerimos visitar a cidade em 1 dia e os templos nos outros dois (fazendo o Big e Small Circle em cada um dos dias!). Se tiver 4 dias em Siem Reap você pode adicionar a cachoeira ou a vila flutuante.

Se você ficará somente 1 dia em Siem Reap, aconselhamos fortemente que visite: o templo de Angkor Wat para o nascer do sol e siga para Ta Phrom temple (templo que é cenário do filme Tomb Rider), Bayon temple (conhecido pelos rostos do Buda) e o maravilhoso Pre rup temple. Esses foram os que mais amamos!

Veja também:

E aí, gostou das dicas? E como foi a sua experiência visitando os templos e arredores de Siem Reap no Camboja? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre o Camboja e outros países do Sudeste Asiático, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Que tal compartilhar?

Indo para a Tailândia?

Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

Publicado em: Atualizado em May 8, 2021
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Victória</a>
Victória
Nascida em São Paulo, estudou Lazer e Turismo (USP) e tem no DNA a palavra viagem. Ama dar dicas de viagens e contar as experiências que já viveu. Já visitou mais de 45 países e não pretende parar tão cedo.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

2 Comentários

  1. Débora Maraston

    Parece ser bem interessante viajar para o Camboja. O post nos aguça para desbravar estes locais e conhecer a cultura do país.

    Responder
    • Victória Farina

      Bom saber, Débora!! Nós adoramos a experiência de viajar pelo Camboja 🙂

      Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *