Como ir ao Saco do Mamanguá em Paraty no Rio de Janeiro

Home » Brasil » Como ir ao Saco do Mamanguá em Paraty no Rio de Janeiro

Atualizado em Apr 1, 2021

Por: Victória

Atualizado em Apr 1, 2021

Por: Victória

Nós amamos de paixão o Saco do Mamanguá e, por isso, queremos que você aproveite esse paraíso sem perrengues. Vou então descrever aqui as diversas maneiras de como chegar no Saco do Mamanguá, esse paraíso localizado em Paraty, Rio de Janeiro.

Por ser uma região afastada e mais isolada que as cidadezinhas mais conhecidas como Trindade, Paraty e até Ubatuba, pode-se considerar que é trabalhoso chegar no Saco do Mamanguá, chamado também de Costa Verde. Dependendo de onde você estiver pode-se gastar até um dia inteiro de viagem para chegar nesse paraíso mas, com as nossas dicas, vai ficar bem mais fácil de entender e escolher o melhor trajeto para você, dependendo da sua cidade de partida e meio de transporte.

Você pode se interessar:

Como chegar no Saco do Mamanguá, RJ

Existem duas maneiras de chegar ao Mamanguá: por terra ou mar.

A primeira opção é para os mais experientes já que os trajetos podem demorar de 1 a 4 dias, dependendo do ponto de partida. As saídas mais conhecidas são em Paraty Mirim (trilha de pouco mais de 2h considerada difícil com bastante subidas e sem muita sinalização) ou por Laranjeiras (cerca de 4 dias de trilha). Vendo no mapa parece ser bem fácil mais não se engane 🙂

Já por mar você pode chegar no Saco do Mamanguá de lancha rápida ou barco. Existem embarcações saindo de Paraty (2h de trajeto) ou de Paraty Mirim (de 10 minutos a meia hora dependendo do tipo de barco).

Como não somos muito entendidos de trilhas longas vamos mostrar todas as opções para chegar no Saco de Mamanguá por mar da maneira mais detalhada possível:

De onde você vem?

De São Paulo a Paraty Mirim, região mais próxima do Saco do Mamanguá, são cerca de 280 km, 4h30 de carro e 10 ou 30 minutos de barco até a sua acomodação.

Do Rio de Janeiro a Paraty Mirim são cerca de 260 km, 4 horas de carro e 10 ou 30 minutos de barco até a sua acomodação.

Saindo de ambas as capitais você pode pegar um ônibus, carona (BlaBlaCar) ou ir dirigindo até Paraty Mirim. De lá você pega um barquinho de madeira ou lancha até a sua hospedagem no Saco do Mamanguá. Esse trajeto dura 10 minutos de lancha rápida ou 30 de barquinho de madeira ou até um pouquinho mais dependendo de onde é o seu hotel no Saco do Mamanguá.

Se prefere ir dirigindo até Paraty Mirim e não tem carro próprio veja os valores de aluguel de carro. Pesquise e reserve na RentalCars ou na RentCars, duas empresas com atendimento excelente e cobertura em todo o Brasil.

Ônibus de viagem para o Rio de Janeiro.

Ônibus de viagem para o Rio de Janeiro.

Como ir ao Saco do Mamanguá, Paraty

Meios de transporte e valores:

De São Paulo para a Rodoviária de Paraty o ônibus custa de R$ 50 a 160 e a média de duração do trajeto é de 4 horas. As principais empresas que fazem esse trecho são Buser, Reunidas que pode ser comprada pelo site da Clickus.

Do Rio de Janeiro até a Rodoviária de Paraty custa de R$ 60 a 170. O trajeto dura cerca de 4h30 e as principais empresas que oferecem esse trecho são Costa Verde que pode ser comprada pelo site da Clickus..

Se preferir pode também usar o BlaBlaCar que é um site de caronas organizadas e pagas. Nós fizemos o trajeto desde o Rio de Janeiro até a Rodoviária de Paraty com um motorista do app e custou R$ 57 por pessoa.

Dica de como chegar no Saco do Mamanguá: ônibus de São Paulo ou Rio de Janeiro

Ônibus de São Paulo ou do Rio de Janeiro é uma das opções para chegar no Saco do Mamanguá

Da Rodoviária de Paraty ao Saco do Mamanguá:

Se o seu objetivo é ir para o Saco do Mamanguá de carro, pule esta etapa e vá direto para a parte de Paraty Mirim. Agora se você planeja chegar nessa região maravilhosa de ônibus ou carona, dá uma olhadinha nas dicas:

Vindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro, se for de carona (BlaBlaCar) ou ônibus você chegará diretamente na rodoviária de Paraty. De lá, você vai ter que pegar um táxi, ônibus (R$ 5) ou van (R$ 5) até Paraty Mirim para então pegar o barco para chegar no Saco do Mamanguá.

Na rodoviária mesmo tem um ponto de ônibus com destino a Paraty Mirim (empresa Viação Colitur) e, na rua da frente da estação, fica a parada das vans. Basta se informar no terminal para encontrar facilmente.

Da Rodoviária de Paraty são cerca de 18km e 40 minutos de viagem seja com táxi, van ou ônibus público. Veja os horários de ônibus e van que fazem o trajeto Paraty a Paraty Mirim e vice versa (atualização de janeiro de 2021):

Ônibus de Paraty a Paraty Mirim:

  • Segunda a sábado: 05:30, 06:50, 09:00, 11:20, 15:00, 18:30 e 20:00.
  • Domingos e feriados: 06:30, 09:30, 11:30, 15:30, 16:50 e 18:50.

Ônibus de Paraty Mirim a Paraty: 

  • Segunda a sábado: 06:10, 07:30, 09:40, 12:00, 15:40, 19:10 e 20:40.
  • Domingos e feriados: 07:10, 10:10, 12:10, 16:10, 17:30 e 19:10

Van de Paraty a Paraty Mirim:

  • Segunda a sábado: 06:30, 08:50, 11:00, 12:30, 14:50 e 17:20.

Van de Paraty Mirim a Paraty: 

  • Segunda a sábado: 07:10, 09:30, 11:40, 13:00 e 16:10.
Dica de como chegar no Saco do Mamanguá: Ônibus da Rodoviária de Paraty para Paraty Mirim, demora cerca de 40 minutos.

Ônibus da Rodoviária de Paraty para Paraty Mirim, demora cerca de 40 minutos.

Como chegar no Saco do Mamanguá, Brasil

Chegando em Paraty Mirim, o que fazer:

Se estiver com seu carro pode usar um dos estacionamentos bem próximos ao píer que cobram de R$ 10 a 20 reais a diária. A dica é que, quanto antes parar seu carro, mais barato é a diária. Fique sabendo que os últimos 3 km de estrada são de terra e, dependendo das condições climáticas, pode estar bastante lama e com buracos então vá com calma.

Se vier de van ou ônibus caminhe alguns metros até o píer e pegue um barco até a sua hospedagem no Saco do Mamanguá.

Dica: antes de entrar no ônibus público de Paraty a Paraty Mirim pergunte ao motorista se ele te levará até a praia de Paraty Mirim. Com as intensas chuvas de janeiro o nosso ônibus parou no meio do caminho e tivemos que descer andando cerca de 2km até o píer. A estrada estava cheia de lama, com muitos carros e sem calçada para pedestres. Se o ônibus não descer até a praia, prefira ir de van ou até pegar um taxi já que não é uma caminhada fácil, principalmente se está de mala.

Do píer de Paraty Mirim até a praia do Cruzeiro, a mais conhecida do Saco do Mamanguá e onde ficam a maioria das pousadas, demora cerca de 30 minutos de barquinho de passeio ou 10 minutos de lancha rápida. O trajeto custa de R$ 30 a 50 por pessoa cada trecho, dependendo do número de pessoas que dividem o barco. Geralmente os barqueiros cobram no mínimo R$100 pelo barco que pode ser dividido entre as pessoas.

É possível reservar com antecedência o trajeto com a sua pousada, mas você também pode chegar no píer e encontrar barqueiros durante o dia facilmente. É comum também dividir o barco com pessoas desconhecidas do píer para baratear o trajeto.

Pier de Paraty Mirim com vários barcos disponíveis para aluguel.

Pier de Paraty Mirim com vários barcos disponíveis para aluguel.

Trabalho voluntário - viaje gastando pouco
Pensando em viajar por um longo período e fazer trabalhos voluntários? Acesse o site da Worldpackers e tenha US$10 de desconto na sua próxima experiência no exterior.

Dicas de viagem para ir ao Saco do Mamanguá:

  • Se for se hospedar no Refúgio Mamanguá note que o trajeto de barco de Paraty Mirim ao hotel está incluso na diária e deve ser agendado com antecedência.
  • A escuna Banzay é a única embarcação que faz esse trajeto diariamente (serviço não disponível durante a pandemia do coronavírus).
  • Se não for sair da sua cidade de carro particular reserve seu transporte para Paraty com antecedência. As vagas de ônibus e Blablacar terminam de uma hora para outra, então é melhor se planejar. Nós quase tivemos que ficar um dia a mais em Paraty por não ter ônibus disponível de lá para São Paulo.

Onde ficar no Saco do Mamanguá

Sempre viaje para esse braço de mar chamado Saco do Mamanguá com hospedagem já reservada com antecedência. Nós tivemos que sair um dia antes desse paraíso porque as hospedagens estavam todas com reservas esgotadas até o próximo mês. Reserve com antecedência para não ter imprevistos.

Você pode ler esse post bem completo com diversas dicas de onde ficar no Saco do Mamanguá mas, se preferir, segue as principais recomendações:

Roteiro no Saco do Mamanguá

O Saco do Mamanguá pode ser visitado em apenas um dia, numa excursão saindo de Paraty, mas recomendamos que durma ao menos duas noites para aproveitar o sossego e as atrações desse lugar tão desconhecido do litoral carioca.

Se puder evitar os fins de semana, quando a área fica um pouco congestionada, melhor. Mas temos certeza que vai ser um dos lugares com menos multidão que vai encontrar por todo litoral do Rio de Janeiro e São Paulo.

Manguezal do Saco do Mamanguá, uma das atrações que mais amamos visitar.

Manguezal do Saco do Mamanguá, uma das atrações que mais amamos visitar.

Outras maneiras de chegar no Saco do Mamanguá:

Até então dei dicas de como chegar no Saco do Mamanguá por via marítima, mas você também pode chegar a pé nessa área onde uma parte do filme Crepúsculo foi filmado. A trilha é moderada e pode durar até mais de um dia dependendo de onde sair, então deve ser feita somente por pessoas experientes e com equipamentos adequados. Dá para sair de Paraty Mirim e a trilha demora cerca de duas horas (difícil) e também começando em Laranjeiras com duração de 4 dias.

Se você for aventureiro também pode chegar de SUP (stand up paddle) ou até de caiaque saindo da praia de Paraty Mirim. Tivemos amigos que fizeram essa travessia e consideraram tranquila, mesmo com a correnteza de alto mar. Mas eles são pessoas experientes então não se arrisque!

Você também pode chegar de trilha no Saco do Mamanguá.

Tem trilhas para praticamente todas as praias do Saco do Mamanguá.

Saco do Mamanguá: como ir

Nosso trajeto:

Reservamos um dia antes um Blablacar do Rio de Janeiro até a Rodoviária de Paraty que custou R$ 57. Foram 4h de uma viagem bem tranquila. O carro nos deixou na Rodoviária de Paraty.

Da Rodoviária até Paraty Mirim pegamos o ônibus público até o meio da estrada e, por sorte, alguém parou para nos dar uma carona para evitar a caminhada de 2km na lama.

Nós tínhamos a opção de reservar o barco pela pousada (R$ 50 por pessoa por trecho) mas decidimos chegar no píer e tentar dividir o barco com alguém. Não conseguimos dividir com ninguém, mas pagamos R$ 40 por pessoa para ir num barco de passeio sozinhos e demoramos cerca de 30 minutos para chegar na praia do Cruzeiro.

Na volta do Saco a Paraty Mirim pegamos uma lancha compartilhada com outro turista e pagamos R$ 33 por pessoa. O trajeto durou menos de 15 minutos. Chegando em Paraty Mirim nós pegamos uma van até a Rodoviária de Paraty. Passamos algumas horas em Paraty esperando dar a hora de partir e pegamos um ônibus até o estacionamento onde saiu o nosso ônibus da empresa Buser. O trajeto de Paraty a São Paulo durou 4 horas bem tranquilas durante a noite e pagamos R$ 50 por pessoa.

  • Valores totais por pessoa do nosso transporte: R$ 102 na ida e R$ 88 na volta.
Dia de caiaque no Saco do Mamanguá, RJ.

Dia de caiaque no Saco do Mamanguá, RJ.

Resumo de como chegar no Saco do Mamanguá:

De São Paulo ao Saco do Mamanguá: cerca de 280 km + barco, 5h de viagem por aproximadamente R$ 105 (R$ 50 de ônibus, R$ 5 de ônibus até Paraty Mirim e R$ 50 de barco).

Do Rio de Janeiro para o Saco do Mamanguá: cerca de 260 km + barco, 4h30 de viagem por aproximadamente R$ 135 (R$ 80 de ônibus, R$ 5 de ônibus até Paraty Mirim e R$ 50 de barco).

Saiba que estes números e valores podem mudar dependendo da temporada e dia da semana que você vai viajar.

Agora que você sabe tudo sobre como chegar no Saco do Mamanguá vem a parte mais difícil: se despedir desse paraíso tão conhecido (erroneamente) por ser o único fiorde tropical brasileiro e um dos únicos do MUNDO! Depois de aproveitar tudo que tem para fazer nesse lugar maravilhoso, saber onde comer bem e barato é difícil dizer adeus!

Leia também:

E aí, gostou das dicas? E como foi a sua experiência para chegar no Saco do Mamanguá, destino maravilhoso do Brasil? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre a América do Sul e até de países do Sudeste Asiático, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Que tal compartilhar?

Indo para a Tailândia?

Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

Publicado em: Atualizado em Apr 1, 2021
i
Categorias: Américas | Brasil | Rio de Janeiro
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Victória</a>
Victória
Nascida em São Paulo, estudou Lazer e Turismo (USP) e tem no DNA a palavra viagem. Ama dar dicas de viagens e contar as experiências que já viveu. Já visitou mais de 45 países e não pretende parar tão cedo.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

2 Comentários

  1. Debora maraston

    Um paraíso bem pertinho vocês nós mostraram desta vez. Dá até para ir numa sexta e voltar no domingão. O saco do Mamanguá é um paraíso. As dicas serão bem úteis.

    Responder
    • Victória Farina

      Siiiim, exatamente! Em nossa viagem pelo Brasil agora estamos mostrando alguns destinos não tão famosos perto de São Paulo e Rio de Janeiro que são maravilhosos e perfeitos para aproveitar durante a pandemia 😉

      Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *