Moto no Sudeste Asiático: como alugar, principais dicas e vantagens

Home » Ásia » Moto no Sudeste Asiático: como alugar, principais dicas e vantagens
Atualizado em 4/08/2021
Por: Victória

Atualizado em 4/08/2021
Por: Victória

A moto é um dos principais meios de transporte para uma legítima viagem pelo Sudoeste Asiático. Não importa se você aluga uma moto para ir de uma cidade a outra ou somente por um dia para visitar as atrações, o importante é ter a experiência da sensação de liberdade e o vento no rosto que não trocamos por nada. Pegar a moto e sair explorando as praias, montanhas e atrações de cada destino é uma das experiências que mais amamos e é por isso que, neste post, vamos dar as principais dicas sobre aluguel de moto no Sudeste Asiático:

Você pode se interessar:
Todos os nossos posts da Tailândia, Myanmar,
Indonésia, Filipinas, Camboja, Malásia e Laos.

Aluguel de moto no Sudeste Asiático

Onde alugar moto no Sudeste Asiático? 

Em praticamente todas as cidades do Sudeste Asiático existe ao menos uma loja ou local para alugar uma moto. Ande pela rua principal e procure pelas plaquinhas e indicações ou pergunte na recepção do seu hotel onde está a loja mais próxima e se é confiável. 

Nós alugamos moto em praticamente todos os países do Sudeste Asiático que visitamos, com exceção de Singapura e Camboja, e amamos a experiência. 

Moto no Sudeste Asiático

Um dos mais famosos portões de Bali, na Indonésia. Foto: Victória/@naproadavida

Mas não é proibido dirigir moto? 

A maioria dos países do Sudeste Asiático faz vista grossa para as leis de proibição de estrangeiros dirigindo moto e carros. Em muitos dos países é proibido mesmo com a permissão internacional para dirigir (PID). Mesmo assim, é muito útil ter este documento, que deve ser emitido ainda no Brasil e é bastante simples de obter, se você tiver carteira de motorista de moto no Brasil.

O Bruno tem esta carteira internacional, chamada PID (Permissão Internacional de Direção) mas para dirigir carro, já que ele nunca havia dirigido moto antes de viajar para o Sudeste Asiático. As regras de trânsito no Sudeste Asiático em geral são quase inexistentes e, por isso, dirigir moto nesta parte do continente é permitido até para adolescentes e estrangeiros. Para ser mais direta e sincera vou simplificar: é proibido dirigir moto sem carteira internacional mas em praticamente todos os países você conseguirá alugar sem problemas.

Atenção: no Camboja a proibição é REAL. Vimos alguns poucos gringos dirigindo moto mas percebemos que as regras se aplicam pelo menos em Siem Reap, cidade que visitamos. Veja mais dicas de viagem pelo país!

Moto no Sudeste Asiático

Policiais que nos pararam na Malásia e estavam exigindo suborno até descobrirem que éramos brasileiros. Depois disso ele nos abraçou e ensinou como chutar a bola no estilo malaio. Foto: Victória/@naproadavida

Planeje bem o transporte da sua viagem pela Ásia!✈️??
O continente é formado por muitas ilhas, regiões montanhosas e distâncias longas e isso exige algumas horas de locomoção de um lugar para outro. A nossa dica é usar o 12Go Asia para pesquisar e reservar os principais transportes e evitar perrengues durante a viagem.

Dicas para aluguel de moto na Tailândia

Passo a passo para alugar uma moto em todos os países do Sudeste Asiático:

1) Encontrar a melhor loja e barganhar o valor

Ao decidir que vai alugar uma moto em qualquer país do Sudeste Asiático a primeira coisa que tem que fazer é encontrar um lugar confiável e barganhar o valor. Geralmente eles te cobram um valor alto e, depois de uma conversa, diminuem para o valor real. Os argumentos que pode usar para diminuir o valor do aluguel da moto podem ser:

  1. Que vai alugar por mais de um dia, sendo vantajoso para o dono da moto
  2. Que a loja do lado fez mais barato mas você quer alugar com ele em especial. Geralmente as lojas tem bastante concorrência então eles acreditam nisso mas, tiveram algumas vezes que os asiáticos simplesmente deram risada e falaram: “então vai lá alugar com ele, ué” e a gente ficou com cara de bobo haha.
  3. Que você é brasileiro e não europeu (isso funciona as vezes, sério ?). 
É cada coisa que já vimos em nossas andanças de moto que é difícil escolher as melhores fotos.

É cada coisa que já vimos em nossas andanças de moto que é difícil escolher as melhores fotos. Foto: Victória/@naproadavida

Passo a passo para alugar uma moto na Tailândia e em todos os países do Sudeste Asiático:

2) Saiba detalhes da moto que está alugando

Depois de barganhar o valor combine tudo antes de fechar negócio, pagar e assinar os papéis. As principais perguntas que deve fazer antes de alugar uma moto no Sudeste Asiático é:

  1. Se a moto é automática ou semi automática (pode mudar bastante a sua experiência dependendo da sua prática e também se no lugar tem bastante ladeira)
  2. O tipo de gasolina que a moto usa
  3. Horário de entrega no dia seguinte (geralmente são exatas 24h do momento que você pagar)
  4. Se a moto tem compartimento para guardar coisas (a gente usa DEMAIS e, quando não tem, sentimos falta)
  5. Se eles oferecem capacete (acredite, algumas não tem!)
  6. Como funciona com o tanque de gasolina (existem algumas empresas que exigem que devolva a moto com o tanque cheio então pergunte e deixe isso bem claro antes de alugar). Nós SEMPRE tiramos foto do painel com a quantidade de gasolina, só para ter provas de como estava quando alugamos.

Dica importante: não tenha vergonha de analisar a moto um pouco a procura de defeitos como falta de retrovisor (já aconteceu isso com a gente e só percebemos na estrada) ou algum sinal de batida. 

Curtindo as maravilhosas plantações de arroz na Indonésia.

Curtindo as maravilhosas plantações de arroz na Indonésia. Foto: Victória/@naproadavida

Pensando em viajar por um longo período e fazer trabalhos voluntários? Acesse o site da Worldpackers e tenha US$10 de desconto na sua próxima experiência no exterior.

Passo a passo para alugar uma moto no Myanmar e em todos os países do Sudeste Asiático:

3) Tirar foto dos riscos e defeitos da moto

Depois de negociar o valor e ver qual a moto que vai usar não esqueça de SEMPRE tirar fotos dos riscos e defeitos da moto ainda dentro do estabelecimento que está alugando. Nós fazemos questão de mostrar aos donos que estamos fazendo isso e ainda tentamos tirar as fotos com eles no fundo. Geralmente o Bruno está conversando com o asiático e eu estou tirando várias fotos com a pessoa atrás, só para comprovar que já existia aquela batida ou risco quando estávamos alugando. 

A razão para todo esse cuidado é que, principalmente na Tailândia, os donos de moto são bastante espertinhos. Como geralmente estão com seu passaporte, quando você vai entregar a moto, eles alegam que ela estava em melhores condições e que você terá que pagar pelos danos. Como você não vai querer confusão envolvendo polícia (por provavelmente não ter a carteira apropriada para dirigir), paga um valor super alto mesmo sabendo que não foi você que estragou a moto dele. Tome cuidado e evite toda essa confusão com a nossa dica. ?

Moto no Sudeste Asiático

Fotos que geralmente tiramos antes de alugar uma moto no Sudeste Asiático. Foto: Victória/@naproadavida

Passo a passo para alugar uma moto em seu mochilão pela Ásia

4) Dar uma voltinha para entender e pedir dicas do funcionamento da moto

Se possível, é legal dar uma voltinha na frente da loja para conhecer a moto, tirar suas dúvidas e ver se tem algum truque que você tem que aprender. Já alugamos moto que você tinha que ligar no pé toda hora se não ela não ligava. O dono nos avisou bem antes de alugarmos e pagamos master barato por isso, então ok já que sabíamos das consequências. 

Além de perguntar sobre os truques da moto, troque uma idéia com o dono sobre polícia na área, o que fazer se eles pararem (eles geralmente falam: “NO POLICE HERE, NO PROBLEEEEM” mas sempre é bom perguntar) e uma das coisas mais importantes são as regras de trânsito. Países como Malásia, Tailândia e Indonésia tem a direção contrária a nossa do Brasil, ou seja, conhecida como mão inglesa. Por esse motivo as faixas e o seu comportamento no trânsito deve mudar, fique atento porque isso pode confundir DEMAIS. Várias vezes só percebemos que estávamos na direção errada quando tinha um carro bem na nossa frente buzinando, é bem perigoso!

Atenção: teste os freios de diversas maneiras antes de alugar. Nós conhecemos pessoas que se machucaram feio numa ladeira em Koh Tao, na Tailândia, já que o freio parou de funcionar do nada. Outra coisa importantíssima é o pneu. Verifique se o pneu está em boas condições e não saia da loja com um pneu careca.

Moto no Sudeste Asiático

Profissionalismo das empresas de aluguel de moto no Myanmar com nossos documentos e chave da moto no chão. Foto: Victória/@naproadavida.

Truques para alugar moto:

  • Ninguém gosta de deixar seu passaporte por aí. Se não quiser deixar o passaporte e nem pagar o valor caução de depósito, uma maneira alternativa é deixar seu passaporte antigo. Na maioria das vezes que tentamos essa tática deu certo mas, atualmente, os donos das lojas estão procurando o carimbo de entrada no país. Nossa dica é tentar, mas saber que pode ou não funcionar.
  • Nós sempre pedimos que a moto tenha espaço para guardar algo embaixo do banco. Existem motos com um espaço bem grande e outras que não cabe nem os chinelos. Nós sempre verificamos isso já que guardamos os itens que menos usamos (como casaco e capa de chuva) embaixo, para não atrapalhar. 
  • Não saia da loja sem capacete! E uma dica boa é testar para ver se ele encaixa bem na sua cabeça. Eu geralmente tenho bastante problema em achar um para mim já que o de criança é muito pequeno e o de adulto fica enorme. Eu gosto de ter o visor de plástico na frente para proteger do vento e dos bichinhos que podem vir mas o Bruno, que dirige, sempre verifica se a viseira tem riscos, que podem atrapalhar na visão dele de motorista. A viseira ajuda BASTANTE quando estamos dirigindo num lugar de floresta já que vem muitos bichinhos e matos no nosso olho que a viseira protege.
Moto no Sudeste Asiático

Atenção de como usa o capacete. Usar dessa forma é a mesma coisa que estar sem, fui aprendendo isso ao longo da viagem. Foto: Victória/@naproadavida

Que tal garantir o seu chip com internet antes de sair do Brasil?

A EasySim4U oferece diversos pacotes com internet ilimitada, além de pacotes de voz que você pode usar em mais de 190 países e o melhor, atendimento em português e entrega em todo o Brasil.
Confira o melhor pacote para você.
Use o cupom NAPROADAVIDA10 e receba 10% de desconto na compra do chip.

Mais truques e dicas para se dar bem alugando uma moto no Sudeste Asiático:

  • TIRE FOTO DA PLACA! Isso é muito importante e pode te salvar caso a moto seja roubada ou até se não encontra a sua no mar de motos de um estacionamento.
  • Sempre, sempre, sempre e SEMPRE peça um cartão com o endereço, telefones para contato e nome do dono. Isso já nos salvou DIVERSAS vezes. No Myanmar a nossa moto não ligava de jeito nenhum numa estrada de terra a noite. Eu bati na porta da única casa que tinha na rua e a família inteira veio nos ajudar, ligou para o dono e descobriu o problema. Outra vez ficamos presos do outro lado da ilha de Nusa Penida na Indonésia e ligamos para o dono estendendo o nosso aluguel para o dia seguinte.

Se for viajar para a Indonésia, não esqueça de contratar um bom seguro viagem para Bali e outras ilhas.

  • Tente devolver a moto com um espaço de tempo bom já que, se estiver atrasado, o dono da moto pode querer tirar vantagem disso e te cobrar valores exorbitantes já que você provavelmente vai pagar para não perder o ferry ou voo.
Primeiro dia que alugamos moto na Tailândia e na vida foi em Ayutthaya com as nossas amigas portuguesas do voluntariado.

Primeiro dia que alugamos moto na Tailândia e na vida foi em Ayutthaya com as nossas amigas portuguesas do voluntariado. Foto: Victória/@naproadavida

Vantagens de alugar uma moto no Sudeste Asiático:

  • O valor com certeza é uma das principais vantagens. Em alguns lugares não é permitido alugar carro e, quando é, o valor é bem mais alto do que o da moto.
  • Você está livre de transporte público com horários fixos, passeios e guias e, por isso, pode fazer o seu roteiro, no seu ritmo e parar quantas vezes quiser. Nós somos aquelas pessoas que param no meio da estrada só para apreciar a paisagem e a moto nos dá essa liberdade também por ser mais fácil de estacionar.
  • Além da liberdade, a moto passa por trilhas e estradas que alguns carros não caberiam. Em várias ocasiões até estacionamos a moto e continuamos andando para chegar a lugares de difícil acesso que nenhum carro ou van conseguiriam facilmente.
  • O transporte público nos países do Sudeste Asiáticos são bastante falhos e, em algumas vezes, inexistentes. Com a moto você tem o poder de ir onde quiser e quando quiser sem ter que esperar ninguém ou o melhor, sem ter que barganhar valores de taxi a cada deslocamento.
Bruno curtindo a paisagem da maravilhosa ilha de Lombok, na Indonésia

Bruno curtindo a paisagem da maravilhosa ilha de Lombok, na Indonésia. Foto: Victória/@naproadavida

Desvantagens:

  • Você tem que deixar o seu passaporte, um valor caução bastante alto ou outro documento. Isso nos deixa sempre bastante apreensivos já que, se acontece algo com o nosso passaporte, nós podemos ser impedidos de sair do país.
  • Também tem o perigo de algum policial malandro ou dentro da lei te pare e peça um suborno para guardar o seu segredo de dirigir sem carteira de motorista. Aconteceram algumas vezes com a gente na Malásia e Tailândia. Nós geralmente tentamos conversar, mostramos a PID de carro e o passaporte (ser brasileiro ajuda MUITO nessas horas) mas, em algumas situações, pagamos o suborno e continuamos o caminho.
  • Você pode se machucar. Quando moramos em Koh Tao o que mais víamos eram pessoas com machucados causados por dirigir moto. Tome cuidado e saiba dos seus limites.
  • A moto para longas distâncias pode ser bastante desconfortável. O bumbum dói bastante se ficar sentada na mesma posição por muito tempo então tente sempre dar uma pausa ou evitar longas distâncias.
Moto no Sudeste Asiático

Holandesa que paramos para socorrer numa ilha da Indonésia. Ela estava sozinha e caiu da moto. Foto: Victória/@naproadavida

Não viaje para a Ásia sem seguro!
Estamos viajando há mais de 3 anos pelo mundo e já tivemos diversos problemas na viagem que foram cobertos pelo nosso seguro viagem. Nós estávamos cobertos pela World Nomads e o suporte foi sempre sensacional e em português. Eles oferecem 5% de desconto com o código: PROADAVIDA.
Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 5% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA5.
Assista aos vídeos desta playlist para ajudar na hora de fechar o seguro e garantir o desconto.

O que é necessário para alugar a moto:

  • Passaporte válido que você geralmente deixa na loja como garantia que devolverá a moto no horário combinado e nas mesmas condições. Uma opção para não deixar o passaporte é deixar um valor caução retornável que geralmente é um valor alto, cerca de US$ 100.
  • Carteira de motorista internacional ou a do Brasil mesmo. Se tem a carteira de motorista brasileira, mesmo que somente para dirigir carro, é bom levar já que seu passaporte estará retido na loja.
  • Tenha sempre dinheiro em espécie na mão. Geralmente o pagamento do aluguel e a gasolina não podem ser feitos com cartão de crédito. É bom também ter um dinheirinho separado caso precise pagar suborno. Bruno uma vez pagou menos no suborno porque disse ao policial que só tinha aquele dinheiro na carteira (o policial devolveu troco, como amamos a Tailândia haha).
  • Sempre leve em seu passeio de moto: uma calça e uma blusa de frio, canga para sentar em cima (meninas), uma capa de chuva, biscoitinhos, água, celular carregado com internet e o CAPACETE. A gente tentava evitar usar roupas com muita pele exposta por causa do sol intenso e também para evitar que a gente se machucasse tanto numa queda mas, com o calor que faz na Ásia, fica quase impossível.
Moto no Sudeste Asiático

Contrato de aluguel de moto no Myanmar. Foto: Victória/@naproadavida

Resumo sobre o aluguel de moto no Sudeste Asiático

Existem diversas lojas que alugam moto em praticamente todas as cidades e países do Sudeste Asiático. Você pode alugar por um período de algumas horas, um dia ou até por um mês. Para alugar uma moto você geralmente tem que deixar o seu passaporte, algum documento válido ou um depósito caução em caso de acidentes e pagar o valor total antecipado.

O sistema é bem simples: você negocia o valor do aluguel (que gira em torno de US$ 5 por um dia), verifica a moto, paga o valor total antecipado e assina alguns papéis. Sempre exija capacete e dirija com cuidado! Não esqueça de admirar a paisagem, parar sempre quando ver algo interessante e respeitar as regras locais e tenho certeza que a sua experiência será inesquecível.

Veja também:

E aí, gostou das dicas? E como foi a sua experiência alugando moto no Sudeste Asiático? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre a Tailândia e outros países da Ásia, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Victória</a>
Victória
Nascida em São Paulo, estudou Lazer e Turismo (USP) e tem no DNA a palavra viagem. Ama dar dicas de viagens e contar as experiências que já viveu. Já visitou mais de 45 países e não pretende parar tão cedo.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

17 Comentários

  1. Ana Carolina

    Que dica fera! Não fazia ideia de que era possível alugar uma moto, deve ser uma ótima maneira de conhecer o Sudeste Asiático. Valeu por compartilhar

    Responder
    • Victória Farina

      É sim, Ana! Nós amamos e recomendamos demais alugar uma moto na Tailândia e Sudeste Asiático 🙂

      Responder
  2. Deisy Rodrigues

    Matéria mais que completa pra quem está planejando alugar moto no sudeste asiático, Não tenho mais nenhuma dúvida depois de ler.

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom que tiramos todas as suas dúvidas sobre aluguel de moto no Sudeste Asiático, Deisy!!

      Responder
  3. Carla Mota

    Me revi tanto nesse seu artigo, Victoria! Acho que até rolou uma lágrima só de ver as suas fotografias e dicas. Eu também acho que alugar moto na Ásia é a melhor aposta. especialmente na Indonésia e nas Filipinas. É parte da viagem e vai deixar tantas saudades maravilhosas.

    Responder
    • Victória Farina

      Aiiiiii nem me fale, Carla! Só de ver essas fotos me vem cada lembrança boa das nossas viagens pelo mundo. Imagino que deve ser o mesmo com você e espero que tenha curtido demais o post 🙂

      Responder
  4. Ruthia Portelinha

    Adoraria essa experiência de conduzir uma moto no Sudeste Asiático, mas não tenho jeito nenhum para regatear, haha. Vcs fizeram algum tipo de seguro, ou vai na fé mesmo?

    Responder
    • Victória Farina

      Nós temos seguro viagem convencional mas não para moto. Somos MUITO cuidadosos e dirigimos SUPER devagar porque sabemos que o nosso seguro viagem não cobre acidentes com moto. Nós caímos uma vez só mas estávamos a menos de 2km/h só porque a pista estava cheia de areia. Não foi nada mais que um susto e alguns arranhões mas nos deu a maior certeza que alugar moto é sim perigoso e temos que dirigir com MUITA prudência.

      Responder
  5. Danielle

    Quando eu fui, não pensei em alugar uma moto. Vi depois como ela oferece uma facilidade impar na locomoção. Acredito que eu nao alugaria um carro devido a uma rotina meio insana no trânsito asiático. Deixarei o seu post salvo para me lembrar das dicas, numa próxima viagem a Asia.

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom, Dani. Fico feliz que curtiu o post e pensará em alugar uma moto na sua próxima viagem para a Ásia. Sempre com prudência, por favor 🙂

      Responder
  6. marcela

    Amei a ideia de viajar de moto pelo sudeste asiático! Vous eguir as dicas e espero ter tanta história boa pra contar também kkkk

    Responder
    • Victória Farina

      Ah que bom que curtiu nossas dicas de viagem de moto na Ásia, Marcela! É só alugar uma moto que eu tenho certeza que você vai ter muuuuitas histórias para contar 🙂

      Responder
  7. Murilo Pagani

    Nossa, quanta dica boa para alugar e andar de moto no Sudeste Asiático!
    Como eu nunca aluguei nenhum tipo de veículo esse post foi essencial para eu entender várias coisas que precisamos estar atentos.
    Obrigado por compartilhar!

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom que esse post sobre aluguel de motor no Sudeste Asiático te ajudou, Murilo! Ficamos super felizes 🙂

      Responder
  8. Deyse

    Excelente post com todas as dicas de como alugar Moto no Sudeste Asiático e suas principais dicas e vantagens. Realmente, o uso da moto é favorável, otimiza o tempo e facilita a viagem. Obrigada pelas dicas.

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom que curtiu as nossas dicas para alugar moto no Sudeste Asiático, Deyse!

      Responder
  9. Débora

    Como sempre o post super útil, com todas as dicas de como alugar uma moto na Ásia além de tudo que é necessário para se ter em mãos no ato. Obrigada

    Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *