Guia de Koh Tao: tudo sobre a nossa ilha preferida na Tailândia

Home » Tailândia » Guia de Koh Tao: tudo sobre a nossa ilha preferida na Tailândia

Atualizado em Mar 5, 2021

Por: Bruno

Atualizado em Mar 5, 2021

Por: Bruno

Koh Tao foi a ilha que mais nos conquistou em todos os meses que passamos viajando e morando na Tailândia.
Chegamos para ficar uma semana e fazer o nosso tão sonhado curso de mergulho e quando percebemos, já estávamos há quase três meses nesse pequeno paraíso que tanto nos encantou.

Veja todos os nossos posts sobre a Tailândia aqui! ??

Dicas para curtir Bangkok ???
Relaxar com a vibe cultural de Chiang Mai ??⛰
Curtir o paraíso que é Koh Phi Phi ?⛵️
Mergulhar na nossa amada Ko Tao
E se maravilhar com as melhores praias nas Ilhas da Tailândia ?
Ou ver mais sobre o Sudeste Asiático ?

A ilha é por diversas vezes deixada de fora do roteiro de muitos viajantes, que às vezes sem muito tempo, optam por visitar as ilhas do lado oeste da Tailândia, onde encontram-se Phuket (maior ilha do país), Koh Lanta, Koh Lipe, outras ilhas pequenas e claro, as famosas e bem visitadas Ilhas Phi Phi (também conhecidas como Koh Phi Phi).

A nossa ideia neste post é mostrar um pouco do que vivemos e visitamos em Koh Tao e o que você realmente deve visitar ao incluir a ilha em seu roteiro de viagem pela Tailândia.

A caminho de Sai Daeng Beach. Uma das paisagens que mais gostávamos em Koh Tao

A caminho de Sai Daeng Beach. Uma das paisagens que mais gostávamos em Koh Tao e, por diversas vezes foi parar no nosso Instagram

A ilha de Koh Tao

Koh Tao (ou Ko Tao) em tailandês significa “Ilha da Tartaruga” e quando chegamos lá, achávamos que era pelo simples fato de haver muitas tartarugas por lá (nós nem vimos tantas assim).

Mais tarde, descobrimos que Koh Tao possui esse nome pela sua forma que, vista da ilha de Koh Phangan, lembra o corpo e casco de uma tartaruga. Vocês devem ter lido no post sobre palavras importantes em tailandês, que a palavra “Koh” significa “Ilha” e, agora, adiciono que “Tao” significa “tartaruga”. ??

A maior atividade em Koh Tao é o mergulho e muitas pessoas chegam lá com a ideia de realizar cursos, mergulhar pela primeira vez (batismo), realizar mergulhos avançados e, depois disso, ir embora para outra ilha.

Mas essa ilhinha de 21 km² tem muito mais para mostrar além da linda vida marinha presente ali e você confere abaixo tudo sobre Koh Tao.

Como chegar em Koh Tao

Koh Tao é a última ilha que forma o arquipélago de Chumphon, localizado no Golfo da Tailândia. Para chegar até lá, a única forma é pegando um barco/balsa (aqui chamados de Ferry) que sai de dois lugares do continente: Surat Thani e Chumphon.

Ferry | como chegar - Ferry saindo de Koh Samui para Koh Tao | Bandeira da Tailândia

Ferry saindo de Koh Samui para Koh Tao | Bandeira da Tailândia

Surat Thani é a forma mais conhecida pelos viajantes, pois além de ter um aeroporto onde chegam voos até de Kuala Lumpur, dali também é possível pegar barcos para Koh Samui e Koh Phangan. Chumphon, por outro lado, pode ser a melhor opção para quem vem de Bangkok, por ser um pouco mais perto. Veja os valores para ir de Bangkok a Chumphon.

As empresas mais indicadas para o trajeto saindo dessas cidades para Koh Tao são a Lomprayah, Seatran e Songserm (principalmente saindo de Chumphon). Confira a seguir os valores do ferry saindo de Surat Thani para Ko Tao e também os valores de ferry saindo de Chumphon.

De avião, a Air Asia e a Nok Air são ótimas opções, uma vez que vendem bilhetes com um combo que envolve o transporte do aeroporto ao píer e a balsa até Koh Tao.

Koh Tao - Mae Haad

Centrinho de Mae Haad

Em Koh Tao os barcos chegam no píer de Mae Haad, um centrinho bem movimentado com muitas escolas de mergulho, agências de viagem e restaurantes. Foi ali que passamos as primeiras duas noites de nossa estadia na ilha.

Vai para Koh Phi Phi também? Dê uma olhada no melhor passeio de barco por lá e também no serviço de fotógrafo para registrar o melhor da sua viagem.

O que fazer em Koh Tao

Koh Tao não é uma ilha tão grande assim, mas as distâncias e os morros podem ser um obstáculo enorme na hora de conhecer a ilha, por isso, recomendo alugar uma moto para conhecer os melhores pontos ou, caso não se sinta confortável com motos, pegar os táxis disponíveis nas áreas mais movimentadas.

Praias de Koh Tao

Sairee Beach

Essa é a região mais movimentada de Koh Tao. É lá que tem a maior concentração de restaurantes, bares, lojas de souvenir, escolas de mergulho e hotéis da ilha. Com uma faixa de areia bastante extensa e águas super rasas para nadar, vale passar um tempinho nela só observando o movimento ou relaxando, mas com certeza não é a melhor praia da ilha para aproveitar um dia de sol.

Mesmo assim, se quiser ficar relaxando por ali, indico arrumar um cantinho nas extremidades da praia, onde a concentração de pessoas é menor, e a água é um pouco mais limpa, já que perto dos bares era comum encontrarmos plástico, chinelos e até cacos de vidro das garrafas quebradas pelas pessoas que “aproveitam” noite nos bares ali.

Koh Tao Sairee Beach - Sairee Beach e o famoso coqueiro no Lotus Bar

Sairee Beach e o famoso coqueiro no Lotus Bar

Para quem curte uma festa, o Fishbowl Beach Bar (bar que trabalhei por um tempo) e o BND (Bar Next Door), são os bares que funcionam até mais tarde, tocando músicas mais populares. Uma opção de diversão para os mais jovens, solteiros e até os casais mais animados é o Ko Tao Pub Crawl, que sai do centro de Sairee passando por vários bares até chegar em um dos que citei acima. Confira a programação na página, pois o Pub Crawl acontece em dias específicos.

Pôr do sol em Sairee Beach

Pôr do sol em Sairee Beach, Koh Tao

Pôr do sol em Sairee Beach, uma das praias em Koh Tao

Apesar de não ser a praia mais bonita e nem a nossa favorita (mesmo morando por ali), Sairee tem um pôr do sol de tirar o fôlego. Um dos programas que mais curtíamos fazer era parar em algum beach bar ou simplesmente sentar na areia e apreciar esse espetáculo que acontece todos os dias.

Isso é algo que você não pode deixar de fazer antes de sair de Koh Tao e, se você tiver mais tempo na ilha, vai acabar viciando, como nós, que íamos quase todo fim de tarde lá. Ali, nós curtíamos bastante ficar no Fishbowl Beach Bar, Lotus Bar e Fizz Beach Lounge.

Mae Haad

Mae Haad não nos conquistou em relação ás praias. Ali é a zona do píer e o movimento de barcos é intenso durante o dia. No cantinho direito dela há uma área reservada para nadar e, é também onde algumas escolas de mergulho realizam os primeiros treinamentos.

O pôr do sol visto em Mae Haad também é muito bonito, principalmente do lado esquerdo, depois do píer, onde existem píers pequenos e umas prainhas legais. Ali do lado esquerdo existem também alguns bares legais e restaurantes com vista para o mar, o Whitening é um beach bar com um lounge grande e MUITO BRANCO, com música e clima legal, caso você queira ficar ali para tomar algo enquanto o sol se põe, nós nunca paramos lá pra ficar, mas nossos amigos sempre iam.

Em Mae Haad também tem dois lugares que sempre íamos pra comer e você confere logo abaixo em onde comer em Koh Tao.

Sai Nuang (1 e 2) e Jansom Bay

Essas prainhas merecem uma atenção especial! Elas ficam entre Mae Haad e Chalok, e se você estiver disposto, dá pra fazer uma trilha saindo de Mae Haad e, passando por pequenas praias até chegar em Jansom Bay. Seguindo a trilha, você chegará num lugar chamado Bamboo Huts e mais pra frente estará Sai Nuan 1, que é a nossa preferida.

Koh Tao - Fim de tarde em Sai Nuan beach, nossa preferida naquela região

Fim de tarde em Sai Nuan beach, nossa preferida naquela região

Passando pelo caminho que corta Sai Thong Resort, você chegará na Sai Nuan 2. Também é possível fazer isso com uma moto, indo pela avenida principal que vai pra Chalok, virando à direita logo após a Orachon House. Essa estrada era bem ruim quando fomos e às vezes íngreme, mas nada muito difícil. Ahhh, tem um Reggae Bar nessa estrada.

Chalok Baan Kao (Chalok beach)

É uma das praias que mais gostávamos de ir, pois a vibe é muito boa e bem mais relax. Ali também existem muitas opções de bares, restaurantes e hotéis, porém, bem menos muvucado que Sairee. A praia é bem bonita e a faixa de areia é bem convidativa para uma caminhada boa ou para jogar algo com os amigos.

A dica é ir até o fim do lado direito da praia e atravessar para uma prainha que tem por ali, passando por dentro dos bares que ficam nas pedras, e você terá uma praia só pra você.

Praia de Chalok pela tarde - Chalok beach

Praia de Chalok pela tarde

Voltando, dá pra curtir o pôr do sol em um dos restaurantes ou reggae bars por ali. O pôr do sol não é dos melhores, pois não dá muito pra ver o sol indo embora, já que se esconde atrás das pedras. O legal são as cores que formam e a cor do céu nesse horário, que fazem com que Chalok seja um lugar ótimo para relaxar.

Naquela região está o High Bar, que fica realmente em um lugar bem alto, mas também é bem legalize e relax, por isso o nome. O pôr do sol ali é incrível e a vibe é muito boa.? Outra atração ali é o John-Suwan viewpoint, um dos mirantes mais visitados da ilha.

High Bar

High Bar em Koh Tao

Sai Daeng

Foi a primeira daquela região que visitamos e adoramos. É uma praia com o mar azulzinho e águas quentes, onde é possível nadar e praticar snorkel nos cantos, onde os corais são mais ricos e nós até vimos pequenos tubarões e muitos peixes coloridos. O caminho para Sai Daeng também é uma atração, pois a estrada é nova e os coqueiros ainda tomam conta da paisagem. A chegada é triunfal pois, chegando no topo do morro é possível ver toda a baía.

Koh Tao - Praia de Sai Daeng num dia de muito sol e snorkel - Sai Daeng Beach

Praia de Sai Daeng num dia de muito sol e snorkel

Já nessa descida, é possível ver o Cape Shark Villas e o The Sea Front Villas, os resorts mais incríveis dali. Na chegada a Sai Daeng é preciso estacionar a moto e descer por dentro do Coral View Resort. A estrada é boa, mas com curvas e sobe e desce, portanto, cuidado com a motoca.

Ao Leuk

Essa praia está bem mais na costa leste da ilha e foi uma das nossas preferidas para passar o dia. É preciso pagar uma entrada de 100THB, com direito a uma bebida não-alcoólica. O mar parecia ainda mais azul que outras praias e, fazer snorkel ali, foi simplesmente lindo. Novamente nós vimos alguns filhotes do tubarão-de-pontas-negras só pra tornar essa praia ainda mais especial.

Koh Tao - O mar azul e incrível em Ao Leuk Beach

O mar azul e incrível em Ao Leuk Beach

A Ao Leuk possui uma pequena estrutura de bar e serviço de cadeira de praia e guarda-sol, nós ficamos mais para a esquerda onde tem um bar desativado. O frustrante dali (como em muitas praias da Ásia e Tailândia) é que havia lixo em alguns cantos da praia, mesmo com a cobrança da taxa de manutenção. ?

Freedom Beach e Taa Toh Beach

Infelizmente nós reservamos somente os nossos últimos dias em Koh Tao para conhecer essas praias e nos arrependemos bastante. A Freedom Beach é simplesmente linda, com uma vista incrível já na chegada, após estacionar a moto e andar poucos metros.

Koh-Tao Águas claras e bem quentes da Freedom Beach

Águas claras e bem quentes da Freedom Beach

A água é muito clara e bem quente e nós curtimos fazer snorkel ali e relaxar um pouco na sombra criada pelas árvores que dominam a areia fofa e branca dessa praia.

A Taa Toh Beach fica bem ali do lado e você pode ir andando por uma passarela que fica entre as duas praias. A estrada até as praias reserva vários mirantes, então, pare a moto e curta um pouco do visual que a ilha proporciona com o mar azul turquesa bem na sua frente.

Mais praias boas em Koh Tao

Além dessas que citei acima, outras praias que gostamos demais foram Ao Thian Ok, que é conhecida como Shark Bay, e que também tem águas claras (que novidade haha) e dá pra ver os mesmos tubarões, mas nós não vimos nenhum quando estivemos lá. A entrada é feita por alguns dos resorts que beiram a estrada.

Koh Tao - As pedras e corais na água cristalina de Hin Wong Bay

As pedras e corais na água cristalina de Hin Wong Bay, Ko Tao

Hin Wong Bay é uma praia que poucos visitam pela dificuldade de acesso. Ela fica no lado leste da ilha, no extremo oposto a Sairee e para chegar é preciso subir e descer morros muito altos e íngremes e não recomendo se não tiver experiência com moto. A praia é bem pequena, mas as pedras ali proporcionam um snorkel bem legal e com MUUUITO mais peixes que em outros lugares.

Tanote Bay é uma praia linda e um pouco mais isolada ao leste da ilha, ela possui umas rochas em frente à praia, de onde as pessoas costumam pular pro mar. É uma diversão legal e perigosa ao mesmo tempo, então todo cuidado é pouco, a entrada em Tanote Bay custa cerca de 100THB. Outra coisa, chegar nessa praia e na maioria das praias do leste da ilha é bem perigoso, pois as estradas são bem íngremes e com curvas. Se você não tem experiência com a moto, evite ou pegue um táxi boat até lá.

Não viaje para a Ásia sem seguro! Um dos principais gastos dessa nossa longa viagem pela Ásia é o seguro viagem, pois sabemos que prevenir é sempre importante, principalmente quando se trata do quesito saúde. Comprovamos isso quando o Bruno bateu a cabeça e precisou ser hospitalizado na Tailândia. Nós estávamos cobertos pela World Nomads e o suporte foi sensacional e em português. Eles oferecem 5% de desconto com o código: PROADAVIDA.
Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 10% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA10.
Assista aos vídeos desta playlist para ajudar na hora de fechar o seguro e garantir o desconto.
Saúde durante a viagem não é brincadeira, não arrisque viajar sem seguro. 😉

Mergulho em Koh Tao

Como disse anteriormente, a atividade mais popular em Koh Tao é o mergulho com cilindro. A vida marinha em torno da ilha e região de Chumphon é simplesmente linda e ainda bem preservada. O ponto mais alto dos nossos mergulhos por lá foi ver o tubarão baleia, lindo e livre no mar, o que é diferente do que vemos acontecer nas Filipinas, por exemplo.

Koh Tao - Durante o nosso curso Open Water em Koh Tao - Diving | Mergulho

Durante o nosso curso Open Water em Koh Tao

Nós chegamos para fazer o curso PADI Open Water, que é o curso básico, e que dura entre 3 e 4 dias. Fizemos o curso numa escola em Mae Haad, chamada Golden Divers, cuja estrutura não era muito boa, mas o instrutor inglês Tristan era sensacional.

Após o curso, decidimos ficar em Koh Tao, e acabamos arrumando emprego (contarei em outro post) e eu continuei com os cursos PADI Advanced Open Water, Rescue Diver e por fim, fiz o curso de Divemaster, que levou um pouco mais de dois meses incríveis, mergulhando todos os dias e foi simplesmente o maior desafio e superação pessoal nessa viagem de mais de um ano, até o momento.

As escolas que recomendo são: o Ban’s Diving Resort, onde fiz os outros cursos e sou fã da estrutura, organização e vibe do lugar. Os preços para o curso Open Water no início de 2018 eram entre 9.000 e 10.000 BAHT, com ou sem acomodação inclusa.

A Crystal Dive Resort, Simple Life Divers e Big Blue Diving são também ótimas opções para conseguir o certificado PADI ou SSI. Mergulhamos uma vez com a Ocean Republic e foi bem legal, os equipamentos e barco são novos e a equipe é bem animada. Eu ouvi falar bem da Masters Divers, mas eles não nos atenderam bem por e-mail e foram bem arrogantes quando tentamos ser atendidos na escola com a intenção de fazer um Fun Dive, portanto, mesmo sem mergulhar, não tive uma boa experiência. ?

Koh Tao - Já como Divemaster, guiando a Victória e outras no mergulho em Koh Tao - Mergulho | Diving

Já como Divemaster, guiando a Victória e outras pessoas no mergulho em Koh Tao

Muito em breve farei um post com todas as informações sobre mergulho em Koh Tao, com melhores lugares para mergulhar, os meus pontos preferidos e outras dicas e histórias. ?

Viewpoints em Koh Tao – Mirantes

Lembra que comentei que a ilha possui vários lugares onde a estrada é bem íngreme e os morros são bem altos? Pois é, o bom disso é que nós acabamos encontrando alguns viewpoints em Koh Tao.

Koh Tao - Mirante a caminho da Hin Wong Bay - foi o que mais visitamos em Koh Tao - Viewpoint

Mirante a caminho da Hin Wong Bay – foi o que mais visitamos em Koh Tao

O mirante mais famoso na ilha de Koh Tao é o John-Suwan viewpoint, que fica ao sul da ilha, na mesma entrada de Freedom Beach, e, de lá, você consegue ver de um lado Chalok e do outro Shark Bay.

O Mango Viewpoint é provavelmente o mais popular dos mirantes em Koh Tao, fácil de chegar, ele proporciona uma vista ótima de Sairee e Mae Haad. O mirante que fica a caminho da praia Hin Wong era o que mais visitávamos, pois era o mais perto de casa, mesmo tendo que subir uma ladeira absurdamente íngreme.

Lá existe um pequeno bar que uma família toma conta, e eles normalmente fecham por volta das 17h, às vezes te pedem para consumir algo, mas na maioria das vezes era BEM relax.

Koh Tao - Mirante do Dusit Buncha Resort. Ao fundo estão as Koh Nang Yuan - Dusit Buncha viewpoint

Mirante do Dusit Buncha Resort. Ao fundo estão as Koh Nang Yuan

Outro viewpoint que gostamos muito foi o do Dusit Buncha Resort. Vimos um pôr do sol lindo ali, onde o sol se punha atrás de Koh Nang Yuan e os barquinhos passando completavam a cena. Ali, em uma parte mais baixa, existe um bar bem legal no meio das pedras e com uma vista sensacional.

E claro, não podíamos deixar de falar do mirante em Koh Nang Yuan, a ilha vizinha que atrai a maioria dos turistas que viajam até Koh Tao. É lá onde são tiradas as fotos que você vê a faixa de areia entre os dois morros maiores.

Dica: na maioria desses viewpoints é cobrada uma taxa de entrada, que varia entre 50 e 100 bahts, então informe-se antes para ver o valor atual e leve uma graninha com você, pois também existem bares pequenos na maioria deles.

Koh Nang Yuan

Essas são as ilhotas vizinhas a Koh Tao e muito famosas pelo viewpoint que proporciona uma vista incrível do banco de areia que conecta os dois morros maiores que formam a ilha. Nós não visitamos Koh Nang Yuan pois estávamos mergulhando quase todos os dias nos pontos de mergulho que existem ali: Japanese Garden e Twins.

Nós sempre nos prometemos ir um dia visitar a ilha, mas nunca realmente fomos para ver o viewpoint, que seria a maior atração para nós, já que fomos até às praias durante os mergulhos.

Koh Nang Yaun e a famosa faixa de areia. Koh Tao

Koh Nang Yaun e a famosa faixa de areia. | Foto: Poswiecie – Pixabay

O que sempre víamos é que a ilha estava sempre cheia, dependendo do horário, por isso, a dica é chegar o mais cedo possível. Existem os bons taxi-boat (barco-táxi) que podem te levar até a ilha por 150-200 baht por trajeto, de repente até vale a pena negociar um valor para ida e volta. Para entrar na ilha é cobrada uma taxa de 100 baht.

Stand Up Paddle – SUP

As águas calmas e cristalinas de Koh Tao proporcionam um cenário perfeito para quem curte a prática de Stand Up Paddle. Em Sairee é muito comum ver as pranchas saindo um pouco antes do pôr do sol, quando o calor está menor e a vista é especial. No Maya Beach Club, é possível alugar as pranchas por hora ou o período que desejar. Veja os comentários aqui.

Minigolf e cinema – Koh Tao Leisure Park

Mini golfe e cinema em uma ilha de 21km²? Sim, em Koh Tao é possível ter um tipo de diversão que vai além dos bares e baladas de Sairee. O Ko Tao Leisure Park é um complexo que fica na avenida principal entre Mae Haad e Chalok. Lá é possível jogar golfe com os amigos, assistir jogos de futebol no sport bar e até mesmo ir ao cinema.

Nós fomos duas vezes ao cinema e curtimos bastante a atmosfera e conforto do lugar. A entrada é gratuita e você consome o que der vontade e se quiser, pois eles são tranquilos em relação a isso, mas é claro que uma pipoquinha durante o filme cai bem, né?!

Aqui você confere a programação dos filmes que vão rolar durante a semana. Como Koh Tao é uma ilha de mergulhadores, nós também assistimos lá um documentário chamado “A Plastic Ocean” que fala sobre como o plástico está acabando com o nosso oceano. Recomendo muito!

Luta ou aula de Muay Thai (boxe tailandês)

Outra atração pouco conhecida pelos visitantes em Koh Tao é o Island Muay Thai um estádio onde quase todas as quartas-feiras aconteciam lutas entre os melhores lutadores locais. Nós morávamos a cerca de 200 metros da arena e ouvíamos sempre a gritaria dos tailandeses torcendo pelo seu lutador preferido.

Victória fazendo uma aula de Muay Thai

Victória fazendo uma aula de Muay Thai

Ali também é possível fazer aulas de Muay Thai para quem tem vontade de iniciar no esporte ou mesmo somente experimentar uma vez. A Victória foi há algumas aulas enquanto eu mergulhava nas águas maravilhosas de Koh Tao.

Uma aula custa por volta de 300 baht, e se você fizer mais de uma, eles fazem preços melhores. Veja aqui os reviews no TripAdvisor.

Brigas de galo (NÃO RECOMENDO) ?

Eles nunca anunciaram isso como atração, pois é uma coisa que fica sempre fechada aos locais. Mas, algumas pessoas me perguntavam sobre essa prática. Em Koh Tao existe um lugar, bem perto do estádio de Muay Thai, onde são realizadas as brigas de galo.

Uma das coisas que mais me impressionou ao chegar na ilha foi ver os locais em Mae Haad assistindo a uma luta de galo pela TV e vibrando muito a cada golpe dado pelo galo em que eles haviam apostado. A aposta em briga de galos é estritamente proibida na Tailândia, mas é claro, a fiscalização em relação a isso é quase zero. De qualquer forma, não recomendo a ninguém apoiar esse tipo de atividade. ?

Onde ficar em Koh Tao

Koh Tao oferece diversos tipos de hospedagem por toda a ilha. É possível encontrar resorts luxuosos e afastados, hotéis com piscina e ótima estrutura no meio de Sairee, hostels muito bons e com uma vibe única e claro, os famosos bangalôs que podem ser pé na areia ou um pouquinho mais distante da praia, como era o nosso em Jitsin, no fim de Sairee.

Abaixo você confere os comentários sobre as melhores regiões para se hospedar em Koh Tao, com dicas de alguns hotéis em cada uma e usando o Booking e Agoda (o grande buscador de hospedagem na Ásia) para comparar os preços.

Suíte do Perfect View Pool Villa em Sairee

Suíte do Perfect View Pool Villa em Sairee

Sairee Beach

Essa é a praia mais movimentada da ilha, como disse anteriormente, e na minha opinião, o melhor lugar para se hospedar no caso de quem procura por mais comodidade em relação a restaurantes, bares, escolas de mergulho e até mesmo compras.

Os lugares recomendados para se hospedar em Sairee são o Ban’s Diving Resort, principalmente se for mergulhar em Koh Tao.

O Wind Beach Resort e o Sairee Hut Resort são muito bons e também na área mais central ali, já o Perfect View Pool Villa fica mais afastado do centro, mas com uma vista absurda da região e uma piscina linda. Eles costumam oferecer o táxi para o centro.

O Dusit Buncha também fica um tanto afastado do centro, mas é um lugar que vale muito a pena, com vista para Koh Nang Yuan e o pôr do sol incrível.

Para quem procura hostel ou algo mais em conta em Sairee, as melhores opções são o Indie Hostel, Pranee Guesthouse e o Living Chilled Ko Tao.

Mae Haad

As nossas primeiras noites foram em Mae Haad, onde estávamos fazendo o curso de mergulho numa escola ali perto. Mae Haad é viva durante o dia, quando todos estão saindo para mergulhar, as lojas abrem cedo e os barcos e balsas chegam trazendo os turistas.

Durante a noite, essa região não tem muito o que fazer e os restaurantes fecham bem cedo. A dica é ficar bem no canto de Mae Haad, onde estão os melhores hotéis dali, como o Blue Diamond Resort, Ko Tao Royal Resort e os ótimos Sensi Paradise Beach Resort e Viking House Villa.

Os hostels e pousadas recomendados em Mae Haad são o V Hostel, Sarin Guesthouse e Sleep Inn Hostel.

  • As outras opções de hospedagem em Mae Haad estão aqui e aqui.

Chalok Bay

Escolha ficar aqui para ter um pouco mais de tranquilidade, mas ainda assim ter comodidade de encontrar restaurantes e bares muito bons, além de uma praia muito gostosa.

A vibe de Chalok é de apaixonar. Os indicados para se hospedar por lá são o Ko Tao Tropicana Resort, Ko Tao Resort, o Ko Tao Seaview Resort e o Assava Dive Resort que fica bem nas pedras no canto direito da praia. O Bubble Bungalow e JP Resort são muito bons e com diárias mais baixas que os resorts maiores.

  • Para mais hotéis na região de Chalok, você pode comparar os preços do Booking e do Agoda.

Shark Bay e Freedom Beach

Ficar nessa área é ótimo pra quem quer pegar um resort com uma praia mais tranquila e de mar mais azul e curtir o dia fazendo snorkel, tomando sol e bebendo um drink refrescante.

Começando por Freedom Beach, o Taatoh Seaview Resort é a melhor opção, enquanto o Taatoh & Freedom Resort é o que oferece as diárias com valores mais baixos, com uma estrutura mais simples.

Em Shark Bay, as melhores opções são o Haadtien Beach Resort, Villas Del Sol e o Jamahkiri Resort. Essa área é um pouco afastada de onde estão a maioria dos bares e restaurantes, mas muito acessível de moto ou táxi.

Sai Daeng, Ao Leuk e outras praias

Essa região é ótima para casais em lua de mel ou que queiram um pouco mais de privacidade e uma praia tranquila. É afastada dos centros, mas são lugares ótimos e com estrutura de alguns restaurantes e bares.

As dicas por lá são em Sai Daeng o Coral View Resort e Cape Shak Villas. Em Ao Leuk está o Aow Leuk Grand Hill. Uma área bem isolada, mas realmente linda é a Tanote Bay, que conta com o Montalay Beach Resort e o Diamond Beach Bungalow.

Koh Nang Yuan

Se hospedar nas ilhas Nang Yuan é a melhor opção para quem quer curtir o lugar antes ou depois da multidão que toma conta da faixa de areia durante o dia.

Aqui, o Nang Yuan Island Dive Resort toma conta com acomodações um pouco mais simples que as encontradas em Koh Tao, mas com um visual lindo dos quartos que contemplam varandas voltadas pro mar e pra faixa de areia.

  • Pesquise por mais opções de hospedagem em Koh Tao no Booking e no Agoda.

Onde comer em Koh Tao

Como estávamos morando em Koh Tao, tivemos a sorte de alugar um bangalô com cozinha e foi a melhor coisa, pois podíamos cozinhar nossa própria comida e rolou até arroz e feijão, que a Victória trouxe quando voltou do Brasil. Mas nós também gostávamos muito de sair pra comer nos restaurantes locais da ilha ou mesmo pra comer aquela pizza, massa ou hambúrguer gostoso.

Sweet and Sour - um dos nossos pratos favoritos na Tailândia - thai food | sweet and sour

Sweet and Sour – um dos nossos pratos favoritos na Tailândia

As dicas de comida local, boa e barata em Sairee são os restaurantes Tik Restaurant, Coffee Boat e alguns bem pequenos próximos ao Ban’s Diving Resort.

O El Toro serve comida mexicana e hambúrgueres grandes e deliciosos. Na parte central de Sairee está o Barracuda, com vários pratos de frutos do mar. Na avenida principal existem também algumas pizzarias como a Farango’s Pizza (que não é lá essas coisas), a Kit Kat (que tem a promoção de pagar 1 e levar 2 pizzas) e comida indiana.

Faça o que for, POR FAVOR, coma no Mama Piyawan ou no Pa Loy Thai food. Os pratos são deliciosos, grandes e o melhor, bem baratos. O shake vendido pela senhora do Mama é absurdamente suculento, com bastante polpa, cremoso e… peraí, preciso respirar um pouco, porque deu saudade. ??

Algumas pessoas comeram lá e nos mandaram fotos por direct no Instagram, não gostei disso, é uma tortura que não precisamos, ok?! ?? haha

O Idjangs Kitchen é um dos mais badalados da região com uma comida sensacional, e eles também oferecem Thai Cooking Classes (aula de culinária tailandesa).

O Bingo’s Restaurant é também muito bom para comida local, e nos intervalos dos cursos e mergulhos, eu sempre comia na pracinha de alimentação ao lado da 7 Eleven na avenida principal.

Ali do ladinho tem também o BIG Mak Mak, que vende um hambúrguer MUITO gostoso, e até fazem um parecido com o Big Mac, que ficou famoso entre todos que moram na ilha. Em frente a essa 7 eleven, após umas 16h, algumas barraquinhas aparecem com street food e o pad thai da tiazinha lá é muito bom, confira!

Atravessando a rua em frente a 7 eleven, tem uma opção para os vegetarianos de plantão. O Vegetabowl virou sensação quando estávamos lá. Vendem vários tipos de comida vegetariana e vegana a preços bons e um ambientezinho bem aconchegante.

Em Mae Haad, eu recomendo extremamente que coma no Doner Kebab, feito por um cara alemão muito gente boa, e que fica não muito longe do píer. Normalmente não abre aos domingos e funciona nos outros dias até umas 16h, pois tudo acaba rápido demais lá.

O Kebab é grande e delicioso, e custa algo como 120THB. POR FAVOR, coma o Doner e mande uma foto pra gente no nosso Instagram, que saudade daquele sabor! Também em Mae Haad comemos umas vezes um hambúrguer muito bom em um restaurante chamado The Living Room, que tinha uma promoção de burger+cerveja por um preço ok.

Pronto pra devorar o hambúrguer gigante do The Living Room

Pronto pra devorar o hambúrguer gigante do The Living Room

Saindo dessa região, nós gostamos muito do Yang Restaurant, que fica na avenida principal (main road) indo de Mae Haad pra Chalok. Sério, os caras são bons em tudo e os preços são ótimos. Nós amamos os curries tailandeses e o chicken garlic pepper, mas o Cordon Blue e Schinitzel de lá são deliciosos. Sim, comemos até que bastante comida ocidental nessa época, afinal, foram quase três meses.

Também a caminho de Chalok, comemos num restaurante coreano chamado Hot Pot Korean BBQ (churrasco no estilo coreano) que foi delicioso, com bastante opção de vegetais, legumes, noodles e carnes. Outra dica a caminho de Chalok é o restaurante Tukta, que serve também desde comida tailandesa a ocidental.

E, na madrugada, eu sempre parava em Sairee pra comer um kebab ou sanduíches muito bons, vendido por um carinha do Myanmar muito gente boa, eles estão sempre gritando “Hey, my friend – kebab, chicken sandwich? The best on Koh Tao“. Ali, existem durante a noite várias opções, e o que eu mais indico são o sanduíche de frango em frente ao BND e o Kebab perto do bar que rola num caminhãozinho todo iluminado (sorry, não lembro mais o nome) e que tava sempre bombando.

Vida noturna

Como disse anteriormente, o melhor lugar para curtir a noite em Koh Tao é a região de Sairee. Ali existem diversos bares e restaurantes que proporcionam ambientes, festas e uma curtição boa. Os lugares mais indicados para quem quer aproveitar a noitada são o Lotus Bar (que organiza shows de pirofagia e que são bem legais), o Fizz Beach Lounge, Maya Beach Club e o Chopper’s Bar, que sempre rola transmissão de partidas de futebol e é também o esquenta de muita gente.

O Fishbowl Beach Bar é onde trabalhei e a festa ali vai até às 2-3h da manhã e, logo depois, todo mundo corre pro Bar Next Door (BND), que fica aberto até um pouco mais tarde.

Uma atração muito famosa por ali é o show das Lady Boys no Queen’s Cabaret, que não cobra entrada, mas exige que você consuma algo. No show elas dançam muito, interagem com a plateia e até chamam alguns pra dançar, fazendo alguns joguinhos engraçados.

Fora daquela região, outro bar que as pessoas curtem muito e tem uma vibe bem legal é o WTF Bar (What The Fuck!), no caminho para Chalok Beach. Ás vezes o WTF está bem vazio, mas é uma boa para os que querem pelo menos uma cerveja quando os outros bares já fecharam.

Aos domingos (isso pode ter mudado) o The Factory vira uma balada forte e muita gente esquece Sairee e vai curtir a noite por lá, que é também um lugar para tomar um vinho, comer algo ocidental e ouvir um jazz antes dos baladeiros tomarem conta.

Como se locomover em Koh Tao

A melhor forma para se locomover em Koh Tao é, sem dúvidas, alugando uma scooter, pois as praias são longe umas das outras e andar no sol que faz às vezes é uma opção dolorosa. Se você não se sente seguro em pilotar motos, evite, pois as estradas de Koh Tao são cheias de areia em algumas partes, além de íngremes indo para muitos dos pontos turísticos. Sendo assim, pegue os táxis disponíveis ali em Sairee ou Mae Haad.

De moto, chegando em Sai Daeng Beach - viewpoint

De moto, chegando em Sai Daeng beach

Se você está hospedado nas áreas mais afastadas, uma boa opção pode ser contratar um longtail boat para fazer os passeios e conhecer as praias em volta da ilha ou usar os barco-táxi (taxi boat) para ir de um ponto a outro.

Dica: para alugar moto é preciso deixar o seu passaporte como garantia. Não esqueça de conferir o estado da moto e ver se há arranhões ou algo quebrado, antes de sair da loja. Tire foto dos arranhões e da moto como prova, caso queiram cobrar algo depois.

Não viaje sem seguro! Um dos principais gastos dessa nossa longa viagem pela Ásia é o seguro viagem, pois sabemos que se prevenir é sempre importante, principalmente quando se trata do quesito saúde. Comprovamos isso quando o Bruno bateu a cabeça e precisou ser hospitalizado na Tailândia. Nós estávamos cobertos pela World Nomads e o suporte foi sensacional, e em português. Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 5% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA5.
Saúde durante a viagem não é brincadeira, não arrisque viajar sem seguro. 😉

Melhor época para visitar

Koh Tao está ficando cada vez mais conhecida e mesmo quando a temporada é de chuva, não quer dizer que é temporada baixa.

Paisagem comum em Koh Tao, ilha cheia de coqueiros lindos - Sai Nuan Beach

Paisagem comum em Koh Tao, ilha cheia de coqueiros lindos

As chuvas no lado do Golfo da Tailândia vão de setembro a até parte de dezembro, e é uma boa evitar essa época, uma vez que as chuvas são muito fortes. Tanto que em 2017 a ilha acabou inundada, levando a muita destruição e até mortes.

De janeiro a maio o clima é bem seco, sendo que abril e maio são BEM quentes. Nós estávamos lá nessa época e eu sofria no bangalô durante o dia, porém o clima era ótimo para pegar uma praia e curtir a ilha.

Dizem que a melhor época para mergulhar é de julho a setembro, mas eu estive mergulhando desde o fim de abril até julho, e achei super boa a visibilidade, pouca chuva e o clima estava ótimo. Por conta das férias em diversos países, os meses em que a ilha recebe mais visitantes são dezembro e janeiro e de junho a agosto.

A minha dica para visitar Koh Tao seria de fevereiro a maio, pois é possível curtir as praias e mergulhar com bastante sol e ver a ilha não tão cheia quanto nos outros meses.

Quanto tempo ficar em Koh Tao

Pra mim é difícil responder a essa questão, pois chegamos para ficar uma semana e ficamos quase três meses. Haha 😛

Areia fofa com árvores no meio da praia em Freedom Beach

Areia fofa com árvores no meio da praia em Freedom Beach

Mas se você não tem tanto tempo assim, eu diria que pelo menos três dias para realmente entender a ilha e ver as coisas legais que ela tem a oferecer. Outra coisa é que não é tão simples e rápido chegar em Koh Tao, por isso acho que não vale a pena ir para ficar só dois dias e acabar conhecendo somente Sairee e Mae Haad, com um bate e volta em Koh Nang Yuang.

Se tem tempo, reserve uns quatro ou cinco dias e veja a ilha de uma forma mais relaxada aproveitando para mergulhar ou de repente fazer o seu curso de mergulho por lá.

Vale a pena visitar Koh Tao?

Essa não é difícil de responder, não haha ?. Na minha opinião vale muito a pena conhecer Koh Tao se você tiver tempo para incluir o Golfo da Tailândia no seu roteiro. Algumas pessoas incluem Koh Phangan por conta da Full Moon Party e esquecem Koh Tao. Se for para aquele lado, inclua Koh Tao no seu roteiro.

Mas entendo que se você não tem muito tempo na Tailândia, pode valer mais a pena visitar as ilhas do Mar de Andaman, onde ficam Koh Phi Phi, Koh Lipe, Phuket, Koh Lanta e Krabi, na península tailandesa.

Gostou das dicas? Tem alguma dúvida? E como foi a sua experiência visitando Koh Tao? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre a Tailândia e outros países da Ásia, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Veja também:

Que tal compartilhar?

Indo para a Tailândia?

Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

Publicado em: Atualizado em Mar 5, 2021
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

36 Comentários

  1. Maria Gonzalez

    seu artigo realmente me faz colocar Koh Tao no meu top 3 destinos para o próximo ano! Eu tenho um amigo que recentemente foi mergulhar lá, ela absolutamente amei o Sail Rock e geralmente toda a ilha. Acabei de receber minha certificação PADI Open Water e estou muito ansioso para explorar mais as maravilhas desse incrível planeta <3

    Responder
  2. Jerusa

    Estou super impressionada com o blog de vocês! Tem muitas dicas e detalhes, tudo muito bem explicado. Parabéns pelo ótimo trabalho.

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom que está aproveitando as dicas, Jerusa! Ficamos MUITO felizes! <3

      Responder
  3. Vitorya Domingues

    Rapaz, to na missão de morar em koh tao, também sou Dive Master e pretendia trabalhar com isso fora do pais tbm.
    Consegue me passar algum contato pra aluguel por meses (igual seu bangalô), me informar mais ou menos o preço e se tem demanda pra Dive Master la´…
    Obrigado pela atenção!

    Responder
    • Victória Farina

      Oi Vitorya, se joga mesmo! Acho que você vai amar Koh Tao mas dizem que em Koh Phi Phi divemaster é mais solicitado e ganha mais $$. Sobre aluguel, não tem como, você tem que chegar (reserva hotel pra primeira noite) e pesquisar andando pela ilha. Não tem nada na internet. Em Koh Tao pagávamos cerca de 8.000 baht (bangalô BEM simples com cozinha) e em Koh Phi Phi pagávamos de 15 a 9.000 baht por mes (num QUARTO, sem cozinha). Boa sorte e, se precisar de algo, avisa a gente :)))

      Responder
  4. Eloah Cristina

    Ual, que experiência incrível e diferente. Amei o post. Fiquei super com vontade de visitar a Tailândia.

    Responder
    • Victória Farina

      Tem que ficar com vontade mesmo, Eloah! Nos apaixonamos pelo país em menos de dez dias e, depois de onze meses, ainda temos lugares que queremos visitar ou voltar!

      Responder
  5. Diego, Cris e Heitor Medroso

    Melhor post sobre a ilha da tartaruga ever!!! Estamos aqui seguindo cada detalhe do post, Sucesso!!!!! #naproadavida #tripthai

    Responder
  6. Viviane Carneiro

    Adorei o post, está super completo e com ótimas dicas! A ilha parece ser linda e as fotos estão maravilhosas.

    Responder
  7. Marcia Picorallo

    Que post lindo e cheio de detalhes úteis. Não deve ser lido numa segunda-feira por quem está numa cidade caótica e cheia de poluição, atolado de preocupações, vai dar ruim. rsrsrs

    Responder
  8. Carla Mota

    Já estive na TailÂndia duas vezes e ainda não fui a Koh Tao. Agora fiquei ainda com mais vontade de voltar. Boas dicas.

    Responder
    • Victória Farina

      Nossa, na próxima vez que visitar a Tailândia tem que ficar pelo menos uma semana lá pra compensar, heim Carla 🙂 hahahaha

      Responder
  9. Alexandra

    Amei a ilha, confesso que estou um pouco perdida, são mtas ilhas e tá difícil planejar um roteiro. Vou devorar seus posts.

    Responder
    • Victória Farina

      Leia tudo sim, Alexandra! E, se tiver dúvidas, escreve aqui nos comentários que super te ajudamos. Quando vem pra cá?

      Responder
  10. Mariana

    Uau, que post detalhadinho! Quero muito conhecer a Tailândia e agora estou sonhando com a ilha da tartaruga porque 1. tem praias incríveis 2. as descrições gastronômicas estão apetitosíssimas!

    Responder
  11. Edson Amorina Jr

    Oi Bruno, que post mais completo, adorei! Quando me planejar para ir para a Tailandia, já sei onde buscar.

    Responder
  12. Juliana Moreti

    Tailandia (assim como toda Asia) é um mistério para mim! Mas adorei tuas dicas! Koh Tao parece ser realmente maravilhosa!

    Responder
  13. Ana

    Estive na Tailândia em Dezembro e naturalmente adorei mas um dos sítios a que não fui e adorava ter ido é precisamente Koh Tao! E este post prova que merecia uma visita! Pode ser que ainda volte para fazer um curso de mergulho – pelo menos a vontade é muita!!

    Responder
  14. Francisco Agostinho

    Que grande dica! Logo ´à partida se muitos turistas optam por não visitar essa ilha para mim já é um fator positivo. Muito bom, e essas fotos deixam me cheiooooo de vontade!

    Responder
  15. Flávia Donohoe

    deve ser uma ilha inesquecível, quanta beleza em lugar só, até queria incluí-la no roteiro desse ano, mas acho que ficará para uma próxima!

    Responder
  16. angela sant anna

    adoro ler o blog de vcs por causa das dicas da tailandia, tem tanto lugar que deixei de visitar…espero que eu volte esse ano ou no ano que vem, amei o pais e me surpreendia todo dia!!

    Responder
  17. Ruthia

    Koh Tao prova que há clichês que valem a pena. Adoraria perder horas nessas praias e ver pequenos tubarões (provavelmente saltaria o Muay Thai apenas). Fiquei chocada com o facto da luta de galos passar na televisão….

    Responder
  18. Diego Arena

    Como as praias da Tailândia são incríveis eim. Uma mais linda que a outra, as cores e tons do mar são demais. Quero muito conhecer um dia.

    Responder
  19. Rafaella Machado

    Que lugar lindo, incrível. Tailandia esta na minha lista dos proximos destinos. Quero muito conhecer, adorei as fotos e o relato!

    Responder
  20. Gise

    Que post lindo e completo! As fotos estão simplesmente deslumbrantes, fiquei com muita vontade de conhecer Koh Tao. <3

    Responder
  21. Ami

    Nossa, que post mais lindo! Me encheu de saudades de Koh Tao. Estive por lá em 2015 e não conheci um terço do que você citou, mas mesmo assim foi uma delícia ler e relembrar de tantos bons momentos que tive na ilha. Mergulhar por lá realmente é imperdível!

    Responder
  22. Adriana Mendonca

    Ahhh casal lindo! Que bom gosto vcs têm de ter escolhido Koh Tao como destino preferido na nossa Thai <3. Se eu já fiquei apaixonada por lá em poucos dias, imagino vcs que tiveram o privilégio de ficar mais tempo! Lugar encantador né?

    Responder
  23. Analuiza

    Gente, sensacional! Uma visão bem detalhada de quem conhece bem cada recanto deste lugar que me pareceu maravilhoso! Deve ter sido uma temporada ótima esta que vocês passaram por ai, não?! Aquela imagem de Sai Nuan beach vai povoar meus sonhos durante um bom tempo! 🙂

    Responder
  24. Oscar | www.viajoteca.com

    Adoro viajar na Tailândia.. Acabei infelizmente não tendo a oportunidade de conhecer Koh Tao nessa temporada vivendo em Hong Kong.. Agora que voltei aos EUA vai ficar mais difícil, mas vou deixar na listinha de desejos para quando voltar à Ásia

    Responder
  25. Angela Castanhel

    Muito bom ler posts como esse. Muito completo e cheio de dicas. Obrigada por indicar a melhor escola de mergulho (isso é sempre uma caixinha de surpresa).

    Responder
  26. Lulu Freitas

    Um guia super completo sobre esse paraíso! Vendo as fotos dá para entender porque ficaram 3 meses lá. Amei todas as dicas menos a questão da briga de galo. Muito triste essa prática e pena ter vista grossa das autoridades.

    Responder
  27. Camila

    Uau, amei seu post. Super Completo. Vou pegar várias dicas aqui para a minha viagem.

    Responder
  28. Luli

    Sou louca para ir para Tailândia e amei o post! Super completo, com dicas nada óbvias e fotos lindas! Aliás, que paraíso, hein? <3

    Responder
  29. Luísa

    Amei o post!!! Muito completo!!! Contribuirá bastante com os meus 3 dias na ilha.
    A forma mais rápida q achei de ir a koh tao foi voo direto bangkok-koh samui, pela Bangkok air, com 1h de duração e de lá ferry p koh tao

    Responder
    • Bruno Miguel

      Obrigado pelo comentário Luísa! Realmente, também é uma forma rápida de chegar a Koh Tao. O problema é que ás vezes para Koh Samui não há voos na data que queremos ou está MUITO caro. Eu fui de Koh Samui pra Koh Tao, e são duas horas de ferry e de Chumphon leva entre 3 e 4 horas.
      Espero que as dicas ajudem mesmo nos seus dias por lá! 😉 Boa viagem!

      Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *