Intercâmbio em Toronto: Minha experiência (por Tayna Novaes)

Home » Canadá » Intercâmbio em Toronto: Minha experiência (por Tayna Novaes)
Atualizado em Feb 22, 2021
Por: Victória

Atualizado em Feb 22, 2021
Por: Victória

Olá! Meu nome é Tayná e vou falar um pouquinho sobre minha experiência fazendo intercâmbio em Toronto, no Canadá. Eu e o Leonardo (meu namorado) conseguimos tirar férias juntos (conciliando férias da faculdade e do trabalho) e resolvemos aperfeiçoar nosso Inglês fazendo intercâmbio de um mês no Canadá. Mesmo com poucos dias de aula deu para aproveitar e aprender bastante e já respondo uma pergunta frequente quando o assunto é intercâmbio para Toronto: sim, vale a pena fazer intercâmbio de 1 mês. 

Dicas para fazer intercâmbio em Toronto no Canadá

Como decidimos fazer intercâmbio em Toronto, no Canadá?

Um ano antes de nossa viagem fomos em uma feira estudantil sobre o Canadá que aconteceu no Shopping Frei em Caneca em São Paulo. Lá, conseguimos tirar muitas dúvidas e pegar várias dicas de intercâmbio em Toronto e tivemos a certeza que queríamos conhecer “O tal país gelado” (sim, resolvemos ir fazer intercâmbio em Toronto no inverno).

A Feira, que se chama EduFindMe foi tão boa e com tantas informações úteis que acabamos escolhendo nossa escola lá mesmo. Bom, depois dessa feira, todo o planejamento começou, pois resolvemos ir atrás de TUDO para gastar o mínimo possível e aproveitar o máximo. Vou mostrar agora quanto custa fazer intercâmbio em Toronto:

Ainda não sabe onde ficar em Toronto quando fazer seu intercâmbio no Canadá?
Veja aqui as melhores opções!

Quanto custa fazer intercâmbio para o Canadá?

Vou explicar aqui item por item para você ter noção de quanto custa fazer intercâmbio em Toronto. Todos os valores estão em dólar canadense.

Passagem Aérea:

Conseguimos uma promoção na Air Canada através do site Skyscanner. Ótima dica que a Victória deu. Pagamos em torno de R$ 1.900 cada pessoa e foi um preço ótimo, considerando que iríamos passar o Ano Novo lá.

Hospedagem:

Mesmo sendo apenas um mês de intercâmbio em Toronto, gostaríamos de vivenciar um pouco a rotina dos canadenses e por isso, escolhemos ficar em uma homestay (casa de família). Pesquisamos em muitos sites, mas foi no Homestay, que encontramos uma casa bem bacana (20 min do centro e perto do metrô).

O cômodo disponível era o porão da casa e pagamos C$ 800 dólares/casal para ficarmos hospedados lá durante um mês. Foi uma super experiência, pois conseguimos conversar bastante com a família que foi muito hospitaleira conosco.

Transporte público: 

O TTC (Toronto Transit Commission) é o transporte público de Toronto. Pagamos em torno de C$ 115 dólares/pessoa e conseguimos andar de transporte público o mês inteiro. Para nós, valeu muito a pena, pois pegávamos um ônibus e metrô todos os dias no trajeto Casa-Escola. Compramos o metropass no centro de atendimento do metrô.

DICA DE VIAGEM: Baixe o aplicativo do TTC pois os ônibus respeitam os horários e isso evita que as pessoas fiquem na rua passando frio. Por isso é muito útil para poder se planejar.

Curso de inglês:

Escolhemos a CES TORONTO na Feira em São Paulo e adoramos sua estrutura, localização e a didática, principalmente pelo fato de não ter muitos brasileiros (pelo menos, no mês em que ficamos lá). Escolhemos um curso para aperfeiçoar o idioma, pois como estudamos inglês muito tempo no Brasil, precisávamos praticar.

Compramos o curso de Business English com duração total de 4 semanas. A carga horária do intercâmbio em Toronto era assim: das 9h00 às 10h50 tínhamos aula de gramática e das 11h00 à 13h00 aula de conversação. O valor do curso saiu em torno de C$ 700 dólares/pessoa + C$ 90 dólares/pessoa do seguro (Seguro de viagem internacional chamado Guard.me que era obrigatório para se matricular na escola).

intercâmbio em Toronto

Aprendendo a patinar no gelo em Toronto (Canadá)

Não viaje para o Canadá sem seguro viagem! O seguro é de extrema importância e na maioria dos países, os viajantes são obrigados a ter um seguro viagem para o período que passará no continente. Durante a nossa viagem, nós usamos a World Nomads e o suporte foi sensacional e em português sempre que precisamos. Eles oferecem 5% de desconto com o código: PROADAVIDA.

Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 5% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA5.
Assista aos vídeos desta playlist para ajudar na hora de fechar o seguro e garantir o desconto.
Saúde durante a viagem não é brincadeira, não arrisque viajar sem seguro. 😉

Quanto custa fazer intercâmbio para o Canadá? (continuação)

Compras:

Tivemos a maior sorte do mundo, pois como fomos logo depois do Natal, pegamos o BOXING WEEK (Semana de promoções em Toronto). A Chinatown de Toronto vende muitas coisas baratas e acabamos comprando gorros de frio, luvas, meias, cachecóis e mantas por um preço muito baixo.

DICA DE VIAJANTE: Vá na Outlet Vaughan Mills! Lá é um lugar para passar o dia todo. Todas as melhores lojas com os melhores preços. Se eu fui a loucura? Com toda certeza hahaha.

Turismo:

Compramos o Toronto CityPass que é um talão que dá o direito de visitar cinco atrações em Toronto: a CN Tower, a Casa Loma, o Royal Ontario Museum, o Aquário e Centro de Ciência Ontario (esse último podíamos trocar pela visita ao zoológico.

Não trocamos e a dica que eu dou é: Escolham o zológico haha achamos o Centro de Ciência mais voltado para o público infantil. A CN Tower e o Ripley’s Aquarium of Canada foram as atrações que mais gostamos.

Pagamos em torno de C$ 70 dólares/pessoa pelo Toronto City Pass e valeu muito a pena pois economizamos tempo (as filas para comprar os ingressos em frente a atração são imensas) e dinheiro (sai mais barato usar o City pass do que comprar individualmente o ingresso de cada atração). 

intercâmbio em Toronto

Casa Loma, em Toronto (Canadá)

Alimentação:

Para nos esquentar, sempre tomávamos chocolate quente pela manhã no Tim Hortons, um lugar que superou o StarBucks de tantas comidas gostosas e chocolate quente maravilhoso. Se você for fazer intercâmbio em Toronto ou em outra parte do Canadá, não pode deixar de ir no Tim Hortons.

Para economizar com alimentação tentávamos sempre cozinhar em casa e levar a comida para a escola, que tinha uma ótima cozinha onde podíamos esquentar o que havíamos trazido. Confesso que nossa alimentação não foi muito saudável em Toronto, pois apostamos nos fast food e não pagávamos mais de C$ 15/pessoa por dia com alimentação.

Intercâmbio em Toronto preço:

Gasto médio total por dia para cada pessoa: C$ 46. Levando em conta o valor da hospedagem para 30 dias, curso de inglês, alimentação, Toronto City Pass, TCC (transporte público) e seguro viagem. Neste valor não está incluso a passagem aérea do Brasil para o Canadá nem os passeios e compras que fizemos.

Você sabia que em nossa viagem pelo mundo já moramos na
Tailândia, Malásia e visitamos praticamente todo o Sudeste Asiático?
Leia nossos posts sobre o Myanmar, a Indonésia e as Filipinas que são países que amamos.

Melhores lembranças do intercâmbio no Canadá

Visitando as cidades francesas do Canadá

Uma das melhores partes da viagem para fazer intercâmbio em Toronto, com certeza, foi o tour para conhecer as cidades francesas do Canadá. Fechamos um pacote com a escola por C$ 200 dólares/pessoa e valeu super a pena, pois estava incluso o transporte e a acomodação para dois dias.

Saímos na sexta bem cedinho e nossa primeira parada foi em Ottawa (capital do Canadá). A cidade estava muito fria e tinha muito vento, mas deu para conhecer pelo menos o Parlamento. A segunda parada foi em Montreal (já na província de Quebec) e adoramos a noite agitada de lá.

A cidade de Quebec, que foi a última parada, foi a que mais gostamos e realmente foi o que fez o fim de semana valer a pena. Adoramos porque Quebec é realmente muito lindo e foi lá que comi o melhor croissant da minha vida. A parte mais linda da capital é a Quebec Antiga. Andamos e nos perdemos muito, visitando cada cantinho fofo e antigo da cidade. Chegamos em Toronto novamente no domingo a noite.

intercâmbio em Toronto

Nossa visita a Montreal (Canadá)

Ainda não sabe onde se hospedar em Quebec? Veja dicas de hospedagem em Quebec.

DICA DE VIAGEM: Quebec merece pelo menos uma semana inteira de visita.

Nossa melhor lembrança de lá: Fomos jantar com um casal de amigos. Quando saímos do restaurante, estava nevando muito e a neve era tão fofa que não resistimos e começamos a nos jogar no chão e fazer anjinhos na neve. Foi tão divertido que nem reparamos na temperatura que estava “apenas” -31°C. Ah, e não podemos esquecer do hotel de gelo que foi uma experiência incrível.

Viagem para Blue Montains

Blue Montains é uma cidade localizada ao Norte de Toronto e demos sorte porque ganhamos a viagem para lá através da escola de inglês que contratamos. Foi um fim de semana especial porque foi lá que esquiamos pela primeira vez.

Tirando o ônibus escolar que nos levou (sem aquecedor, quase morri de frio), foi uma experiência muito legal e diferente. Ficamos lá até escurecer e foi lindo ver as pistas todas iluminadas com uma fogueira na vila de Blue Montains e muitas luzes (Me senti como num filme de Natal americano haha).

Para saber onde se hospedar em Blue Montains clique aqui!
intercâmbio em Toronto

Parece cenário de filme mas é a cidade de Blue Montains (Canadá)

Que tal garantir o seu chip com internet antes de sair do Brasil?

A EasySim4U oferece diversos pacotes com internet ilimitada, além de pacotes de voz que você pode usar em mais de 190 países e o melhor, atendimento em português e entrega em todo o Brasil. Confira o melhor pacote para você. Use o cupom NAPROADAVIDA10 e receba 10% de desconto na compra do chip.

Conhecer as Cataratas Niágara (Niágara Falls)

Outro lugar especial que conhecemos foram as Niágara Falls! As cataratas são maravilhosas e todo mundo precisa ir lá pelo menos uma vez na vida. Acredito que no verão seja mais legal ainda, já que existem passeios que ficam disponíveis apenas nesta época do ano, por razão de visibilidade. Foi em Niágara que comemos um hambúrguer de alce pela primeira vez.

intercâmbio em Toronto

Nossa visita as Niágara Falls (Canadá)

Veja aqui os melhores hotéis para se hospedar quando for visitar as Cataratas Niágara!

Vale a pena fazer intercâmbio no Canadá em apenas um mês?

A resposta é SIM. Conseguimos estudar e aproveitar tudo muito a cidade. Tem muito o que fazer em Toronto no inverno e aproveitamos cada minuto, não ficamos nenhum dia trancados em casa, por mais frio que estivesse. Fizemos o máximo de atividades que conseguimos desde esquiar até patinar no gelo.

Foram tantos lugares que tornaram nossa viagem inesquecível que o frio não nos desanimava, mesmo parecendo que estávamos num congelador toda vez que saíamos de casa cedinho com a cidade coberta de neve.

Sobre o curso no intercâmbio em Toronto: um mês é pouco para quem tem apenas inglês básico. Recomendo pelo menos ficar uns seis meses para realmente aprender o idioma.

Para nós valeu a pena, pois conseguimos evoluir na parte do speaking (diálogo), que era o que buscávamos, pois já tínhamos uma boa noção da língua. Com certeza, se tivéssemos oportunidade de continuar, evoluiríamos muito mais mas esse mês valeu super a pena pois conseguimos estudar bastante e visitar o país.

Gostou das dicas? E como foi a sua experiência fazendo intercâmbio em Toronto? Conta pra gente aqui nos comentários! Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre viagem, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Achou este post interessante e quer salvá-lo para ler depois?

Intercâmbio em Toronto: Minha experiência (por Tayna Novaes)

Veja também:

Que tal compartilhar?

Indo para a Tailândia?

Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

Publicado em: Atualizado em Feb 22, 2021
i
Categorias: Américas | Canadá
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Victória</a>
Victória
Nascida em São Paulo, estudou Lazer e Turismo (USP) e tem no DNA a palavra viagem. Ama dar dicas de viagens e contar as experiências que já viveu. Já visitou mais de 45 países e não pretende parar tão cedo.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

37 Comentários

  1. ANA CRISTINA DOS SANTOS GUAIOTO SALGADO

    Oi…adorei o relato de vcs…geralmente não tem relato do inverno…quase ninguem vai nesta época..mas no meu caso foi oportnidade..tenho 46 anos…estou indo agora sozinha dia 19/1/20 fazer o intercambio de 1 mes intensivo em Toronto…tenho ingles intermediario enferrujado ahahh. Estou com medo do frio e da homestay…mas vou encarar…Estou indo direto pela HSL School eles estao vendo a homestay pela Casa Toronto…ainda não me disseram a casa mas pedi banheiro e quarto privativo…e não sei se será distante da escola…não quero gastar muito mas separei dinheiro para o City Pass, French Canadian, Niagara e Blue Mountain…vc foi por que agencia de turismo ISX?

    Responder
    • Bruno Miguel

      Olá Ana, tudo bem?! Você acredita que estamos neste momento no Canadá?! Estamos em Winnipeg e está bem frio hahaha fez -33º C esta semana! Mas Toronto não chega a tanto! Esta é a nossa primeira vez aqui também e vamos ficar algumas semanas, mas não viemos para estudar. A Tayná e Leonardo foram para fazer um curso e gostaram bastante, mesmo sendo inverno!

      Eles disseram que não fecharam nada por agência de turismo, fizeram tudo por conta! A única coisa que fizeram pela escola foi o passeio de Blue Mountain, que foi mais em conta! Espero que o texto tenha ajudado mesmo…

      Se vier a Winnipeg, nos avise! Até mais… ☺️

      Responder
  2. Raissa Araujo Silva

    Oi! Amei o seu relato.
    Como você fez pra pagar a homestay? Fez transferência bancária?

    Queria fechar uma por conta mesmo pra economizar sabe.
    Mas tenho mto receio de calote….

    Bjs!

    Responder
  3. Taciana

    Sensacional seu post. Me tira uma dúvida e quanto a visto? Como funciona?

    Responder
    • Victória Farina

      Oi Taciana! Obrigada pelo comentário. Resposta da Tayna: Taciana, funciona assim: o visto é solicitado através do site deles, ou seja, tudo on-line. Juntamos todos os docs e anexamos. Passaporte original válido, 2 fotos 3×5, carta de aceitação da escola no Canadá, imposto de renda completo, 3 últimos comprovantes de rendimento, extrato de aplicações e uma declaração de suporte financeiro (nossos pais escreveram uma carta dizendo que caso aconteça algum imprevisto, eles conseguem enviar um suporte). Esse foi para visto de Turismo, já que não precisaríamos ficar mais de 6 meses no país. Espero ter ajudado, Taciana 🙂

      Responder
  4. debora maraston

    realmente este post incentiva muito a aprender um novo idioma e conhecer novas culturas. Realmente as dicas foram ótimas. parabens

    Responder
    • Victória Farina

      Muito obrigada Débora pelo comentário e elogios. Com certeza a Tayna fez querendo ajudar ao máximo de pessoas possível 🙂

      Responder
  5. Leo Vidal

    Sempre tive vontade de fazer intercâmbio e no Canadá tem grandes vantagens mesmo. Adorei ler seu relato.

    Responder
  6. Edson Amorina Jr

    Quando novo nunca me passou pela cabeça fazer um intercâmbio no exterior, uma pena, eu teria adorado. Agora velho vejo isso… muito bom seu post, tomara que anime bastante gente a ir.

    Responder
    • Victória Farina

      Edson, não tem idade para fazer intercâmbio. Se quer aprender um idioma novo ou algo novo, intercâmbio é a melhor maneira. Repense sobre seus conceitos e pesquise mais 🙂

      Responder
  7. Lívia

    Que experiência bacana!
    Parece uma maneira muito interessante de conhecer o local e aproveitar tudo o que ele tem a oferecer!
    Obrigado por compartilhar os detalhes e custos! Super dica!

    Responder
  8. Ana

    Que férias tão singulares! É o que se chama juntar o útil ao agradável! Uma ideia muito boa para enriquecer as férias e não parar de aprender. E ainda passearam bastante, aproveitaram mesmo bem! Não conheço o Canadá mas hei de conhecer um dia.

    Responder
    • Victória Farina

      Tem que ir conhecer o Canadá mesmo, Ana! E, quem sabe, não se inspirar e fazer um intercâmbio por lá 😛

      Responder
  9. Eduardo Alves

    Dicas anotas e repassadas, valeu!!!

    Responder
    • Victória Farina

      Obrigada pelo comentário Eduardo! Realmente esperamos ter ajudado 🙂

      Responder
  10. Carla Mota

    Que forma fantástica de conhecer uma cidade. Vou pesquisar mais sobre o tema.

    Responder
  11. Juliana Moreti

    Nunca fiz intercâmbio, mas já morei e estudei idioma fora do Brasil e como professora, sempre indico essa opção como alternativa de mergulhar no idioma e na cultura do país!
    E que bom que vcs aproveitaram muito

    Responder
    • Victória Farina

      Sim Juliana. A melhor maneira de aprender o idioma é o utilizando na rotina! Que bom que curtiu as dicas 🙂

      Responder
  12. Ingrid Andreza

    Nossa Tayná ótimas dicas, me ajudaram a esclarecer diversas dúvidas e me entusiasmou a fazer intercâmbio!!

    Responder
    • Victória Farina

      Que bom Ingrid! Ficamos muito felizes em ajudar e, se tiver alguma dúvida, avise !

      Responder
  13. Matheus Coelho Brusius

    Valeu!!! Ajudou muito!!! Otimas dicas…
    Texto muito bem redigido!! =D

    Responder
  14. Leonardo Miyazono

    Ótimas dicas!!!!

    Responder
    • Victória Farina

      Obrigada pelo comentário Leonardo, espero que tenha te ajudado de alguma maneira 🙂

      Responder
  15. Eliabe

    Olá, Ótimas dicas. Serão úteis para escolha da minha próxima viagem!

    Responder
    • Victória Farina

      Ficamos super felizes em ajudar, Eliabe! Boa sorte no planejamento 🙂

      Responder
  16. Francisco Agostinho

    Olá, já estive em Toronto mas há uns bons 14 anos! Mas foi no verão heheh também visitei as cataratas de Niagara. É um grande país sem dúvida.Boas dicas para quem pretende fazer um intercâmbio. Boas viagens!

    Responder
  17. Tina Wells

    É sempre bom quando a gente realiza um sonho e ainda volta cheio de experiências incríveis na bagagem. O Canadá me parece um lugar bem interessante de conhecer, apesar de eu já ter passado da idade dos intercâmbios, mas as dicas são muito boas!

    Responder
    • Victória Farina

      Tina, intercâmbio não tem idade não! Se quer aprender um idioma novo ou algum outro assunto, Intercâmbio é o ideal. Pesquise mais sobre isso e venha nos contar 😛

      Responder
  18. Flávia Donohoe

    Estou pensando em fazer o mesmo, um intercâmbio de um mês no Canadá, mas com ênfase na língua francesa, ainda estou procurando a escola e você me uma luz aqui, bom saber o serviço que você utilizou!

    Responder
    • Victória Farina

      A Tayna super indicou esta escola e, se tiver alguma dúvida, avisa a gente Flávia! Obrigada pelo comentário!

      Responder
  19. Anderson Kaiser

    Muito bom post e bem completo sobre o intercâmbio. Dá uma visão dos gastos e de como é ficar um bom tempo em um local diferente se adaptando e vivendo a cultura.

    Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *