Koh Lipe: a ilha queridinha e paradisíaca no sul da Tailândia

Home » Tailândia » Koh Lipe: a ilha queridinha e paradisíaca no sul da Tailândia
Atualizado em 29/06/2021
Por: Bruno

Atualizado em 29/06/2021
Por: Bruno

O barco balançava muito a cada metro que avançávamos, as sacolinhas pretas pregadas nas paredes iam diminuindo a cada minuto e a opera de pessoas colocando comida pra fora só crescia. Assim foi a minha viagem de Langkawi, na Malásia para Koh Lipe, um pequeno paraíso no sul da Tailândia, e que ainda está fora lentamente vai entrando na rota do turismo em massa pela dificuldade de se chegar lá, principalmente para quem está indo de outras ilhas da Tailândia.

Entre as praias de Koh Lipe. | Foto: Bruno/@naproadavida

Entre as praias de Koh Lipe. | Foto: Bruno/@naproadavida

Veja todos os nossos posts sobre a Tailândia aqui! ??

Dicas para curtir Bangkok ???
Relaxar com a vibe cultural de Chiang Mai ??⛰
Curtir o paraíso que é Koh Phi Phi ?⛵️
Mergulhar na nossa amada Koh Tao
E se maravilhar com as melhores praias nas Ilhas da Tailândia ?
Ou ver mais sobre o Sudeste Asiático ?

A Victória precisou ir para o Brasil por um mês para a realização de um projeto em que estávamos envolvidos e eu fiquei em Langkawi, onde também estava fazendo um trabalho voluntário através do Workaway. Quando o meu visto da Tailândia estava quase vencendo, eu pesquisei lugares próximos à Malásia para fazer um Visa Run, e as opções de cidades mais próximas e dentro do meu budget eram Singapura e Koh Lipe. Não pensei duas vezes e, mesmo tendo a oportunidade de não pagar hospedagem em Singapura, eu escolhi Koh Lipe.
Eu passei 3 dias em Koh Lipe (durante um fim de semana) e vou contar um pouco do que fiz e o que recomendo.

Como chegar em Koh Lipe

Para transporte na Tailândia, nós nos baseamos e reservamos passagens no 12Go Asia, que é referência para toda a Ásia e alguns países da Europa mas sim, se você não tem um roteiro fechado, é possível comprar as passagens na hora.

Longtail que faz o trajeto entre a ferry a praia de Koh Lipe

Longtail que faz o trajeto entre a ferry a praia de Koh Lipe. | Foto: @passeiosemphiphi

Existem três formas de chegar em Koh Lipe, e elas são:

A) A partir de outras ilhas da Tailândia (Phuket, Koh Phi Phi, Koh Lanta), dependendo da época do ano.
B) desde o continente, sendo a opção mais fácil e popular, saindo do Pak Bara Pier, onde se é possível chegar também a partir de Krabi
C) Saindo de Langkawi, a ilha ao norte da Malásia. e que faz “fronteira” com as últimas ilhas no sul tailandês, e tem um trajeto relativamente tranquilo.

Eu fui pela terceira opção, e parece que esta é a forma mais fácil de chegar no paraíso. O ferry para Koh Lipe sai do porto de Kuah, mais conhecido como Kuah Jetty. As saídas para Lipe acontecem às 9h30 e às 14h30, dependendo da época do ano.
Eles pedem para chegar com uns 50 minutos de antecedência, eu cheguei faltando vinte minutos e consegui pegar o último lugar no ferry das 9h30, um pouco arriscado, né?! ? Chegue cedo ou reserve antes.

Está indo para Koh Phi Phi também? Então clique aqui e conheça o melhor passeio de barco das ilhas e o nosso serviço de fotógrafo na Tailândia.

O bilhete custou cerca de RM118 (Ringitts), e depois disso, eles auxiliam em todo o processo, pedem o seu passaporte no embarque e vão entregar só na chegada em Koh Lipe. A viagem durou cerca de 1 hora e meia e foi possível ver algumas ilhas no caminho. O barco balança bastante, então é bom comer algo leve ou ir de estômago vazio como eu fiz, e foi tudo bem.

Na chegada em Koh Lipe, o desembarque foi um pouco demorado, pois o ferry não pode chegar até a praia, então tínhamos que esperar os pequenos Longtail boats para fazer o transporte de todos. O desembarque final é feito nas areias da Pattaya beach, a praia mais movimentada e mais próxima do centro da ilha.

O seu passaporte estará, provavelmente, no guichê da empresa que realizou a sua viagem até a ilha. Em seguida, vem o processo de imigração, que também é feito na areia da praia e eu curti bastante, e até que foi rápido.

Carregando as malas na cabeça ao descer do ferry em Koh Lipe.

Carregando as malas na cabeça ao descer do ferry em Koh Lipe.

Dica: uma coisa boa é ter uma mochila para viajar o sudeste asiático e principalmente as praias da Tailândia. Em algumas ilhas o desembarque é feito direto na areia, e eu já vi algumas pessoas se dando bem mal com mala de rodinhas, além de ter que carregar no braço, ou na cabeça. A não ser que você fique entre Phi Phi, Krabi e Phuket, pois ali existem píers onde fica mais tranquilo com mala de rodinhas.

Outra dica é ir de bermuda e chinelos, pois muita gente teve que molhar o tênis e as calças durante o desembarque.

Compre as passagens de barco para Koh Lipe

Lanchas da Bundhaya em Koh Lipe. | Foto: Bruno/ @naproadavida

Lanchas da Bundhaya em Koh Lipe. | Foto: Bruno/ @naproadavida

O trajeto funciona em diferentes horários dependendo da época do ano, e por conta das famosas monções, eles podem aumentar ou diminuir o fluxo de saídas e dependendo do caso, até cancelar. Por isso é bom verificar antes nos sites de transporte, principalmente se for viajar entre junho e setembro. Aqui você pode conferir e comprar as suas passagens para Koh Lipe antecipadamente.

Horários e épocas saindo da Malásia:

Período em que funcionam normalmente: 01 de Outubro a 30 de Junho

Troca de pessoas e malas da ferry para o longtail em Koh Lipe.

Troca de pessoas e malas da ferry para o longtail em Koh Lipe.

Como chegar em Koh Lipe saindo de outras partes da Tailândia:

  • Bangkok: a melhor forma de chegar de Bangkok a Koh Lipe é de avião. Saindo do DMK (Don Mueang Aiport) a Air Asia e a Nok Air são companhias áereas que fazem o trajeto. É possível fazer o trajeto também com trem e ferry, mas levará no mínimo 16h. Veja aqui as opções saindo de Bangkok.
  • Phuket: saindo de Phuket para Koh Lipe existem empresas que fazem o trajeto de speedboat e pode levar de 4 a 6 horas até Ko Lipe. Veja mais informações.
  • Krabi: existem algumas opções saindo também de Ao Nang ou Railay e o trajeto também pode levar entre 4 e 6 horas. Veja valores e horários.
  • Koh Phi Phi: está um pouco mais perto de Koh Lipe do que as outras ilhas, mas a diferença é mínima. O trajeto é feito com lancha e leva cerca de 4 a 5h, dependendo da época do ano. Veja para as suas datas.

Eu fui com a Bundhaya Speed Boat e gostei do serviço, e também não me cobraram a taxa extra que ouvi falarem em relação ao longtail boat que leva os passageiros até a praia, estava incluso no valor saindo de Langkawi. Clique aqui caso queira reservar as passagens antecipadamente (recomendado para alta temporada).
Chega a ser um pouco confuso essa questão de datas, mas é realmente como eles trabalham de acordo com a época do ano e chuvas na região.

*Os horários são referentes ao país de partida, ou seja, no fuso-horário de Malásia e Tailândia, respectivamente.

Não viaje para a Ásia sem seguro! Um dos principais gastos dessa nossa longa viagem pela Ásia é o seguro viagem, pois sabemos que prevenir é sempre importante, principalmente quando se trata do quesito saúde. Comprovamos isso quando o Bruno bateu a cabeça e precisou ser hospitalizado na Tailândia. Nós estávamos cobertos pela World Nomads e o suporte foi sensacional e em português. Eles oferecem 5% de desconto com o código: PROADAVIDA.
Outro grande parceiro brasileiro é a Seguros Promo, que oferece 10% de desconto para os viajantes leitores do blog que usarem o código NAPROADAVIDA10.
Assista aos vídeos desta playlist para ajudar na hora de fechar o seguro e garantir o desconto.
Saúde durante a viagem não é brincadeira, não arrisque viajar sem seguro. 😉

Taxas em Koh Lipe

Após o processo de imigração, vem uma taxa que achei estranha, questionei, e disseram que é referente à preservação do parque nacional. Eles encaminham todas as pessoas para um pequeno guichê para pagar uma taxa de 200 bahts referente a entrada ao Parque Nacional, dão um papel e pedem pra guardá-lo, porém ninguém nunca mais vai pedir para ver esse papel, então parece mais algo para pegar mais grana dos farangs. Depois disso eu resolvi andar pela praia até a Walking Street e dali ir para o Shanti Hostel, onde eu tinha reservado pelo Booking.com.

Leia também:

O visto recebido ao entrar na Tailândia por Koh Lipe

Eu havia lido em todos os lugares que o visto adquirido em Koh Lipe era válido por apenas 15 dias, mas isso deve ser algo para europeus e norte-americanos, pois eu recebi o visto de três meses (90 dias), mesmo indo para ficar três dias e voltar para a Malásia. Portanto, não se preocupe caso você venha da Malásia e precise seguir viagem pela Tailândia depois.

Os longtail boats - símbolo das ilhas da Tailândia | Foto: @passeiosemphiphi

Os longtail boats – símbolo das ilhas da Tailândia | Foto: @passeiosemphiphi

Onde ficar em Koh Lipe (veja um post dedicado a isto)

Por ser um pouco mais distante das outras ilhas e cidades, tudo em Koh Lipe parece um pouco mais caro que nos outros lugares, e assim é também para acomodação.

Como mencionei acima e no post de Onde Ficar em Ko Lipe, eu fiquei hospedado no Shanti Hostel, que reservei pelo Booking.com, pois era a melhor opção se comparado ao Agoda ou Hostelworld. O hostel é muito bom para o preço cobrado se comparado a outros lugares. Eu fiquei em um dormitório para seis pessoas, mas só tinham duas meninas, uma delas saiu no dia seguinte.
O banheiro é compartilhado, tem sabonete e shampoo e fica dentro do quarto. As camas são confortáveis, com tomadas e luz interna e o Mário, italiano dono do hostel fornece café, água e bicicletas como cortesia, e como eu estava sozinho, foi ótimo para conhecer outras pessoas. Andando pela ilha eu vi alguns hotéis e hostels que parecem ser bem legais e sociáveis, alguns em volta da Walking Street, outros espalhados pelas lindas praias. Veja abaixo outras opções de hotéis e hostels nas três praias:

Pattaya Beach

Essa é a principal praia da ilha e a mais movimentada, onde chegam os barcos e também a mais próxima da Walking Street. Na praia, existem diversas opções de hospedagem que vão de resorts bons a hostel ou camping. As opções por ali e próximas da rua principal são:

Para quem procura algo mais simples:

Aqui você encontra mais opções de hospedagem na Pattaya Beach e Walking Street.

Suíte do Castway Resort em Sunrise Beach. | Foto: divulgação

Suíte do Castway Resort em Sunrise Beach. | Foto: divulgação

Sunrise Beach

A Sunrise é o lugar perfeito para casais e para quem quer ficar num daqueles resorts muito bonitos à beira da praia, com boas opções de bar e restaurante e aquele mar azul incrível em frente. As melhores opções por lá são o concorrido Castaway Resort, Idyllic Concept Resort e o Serendipity Resort. As opções mais baratas e mais fáceis de se reservar são Adang Sea Lodge, Zanom Resort e Lipe Hostel.

Sunset Beach

A Sunset Beach fica bem afastada das outras praias e da Walking Street, não que isso seja muito longe, pois a ilha é bem pequena e os moto-táxis e tuktuks fazem o serviço. Ficar nessa praia é ter tranquilidade e muitas vezes uma praia só pra você, já que a maioria das pessoas começa a chegar pela tarde. As melhores opções são Bayview Sunset, The Cliff Lipe e Kafair Hut.

Onde comer em Koh Lipe

A Walking Street é um paraíso de comidas, é difícil parar e escolher um lugar para comer pois são muitas opções, que vão desde comida indiana, árabe, ocidental e claro, a tailandesa. A recomendação é parar em uma das barracas com comida de rua e se deliciar na street food tailandesa. E como eu estava há três meses na Malásia, fiz questão de comer bons Pad Thais para a matar a saudade.

Churrasquinho rolando na Walking Street de Koh Lipe

Churrasquinho rolando na Walking Street de Koh Lipe

Os bons ali pela Walking Street são o Tonkow restaurant, Papaya Mom e o Elephant, que tem várias opções de comida ocidental, além de boa comida vegetariana. Na Sunrise beach tem o bar e restaurante do Castway Resort e o Ten Moo’s restaurant, do resort que leva o mesmo nome. Lá no cantinho da Sunrise beach tem o On The Rocks at Serendipity, que tem uma vista absurda do mar azul-turquesa. Na Sunset Beach as opções são bem menores, e quando encontrei um restaurante com comida local lá no cantinho direito, eles estavam fechados por conta de uma comemoração.

Leia também:

O que fazer em Koh Lipe

Koh Lipe é uma ilha bem pequena e possui três praias lindas, uma rua com várias agências de viagem, restaurantes, bares, hotéis e lojas de souvenir e é ponto de partida para alguns passeios nas ilhas vizinhas.

Vagando de praia em praia na ilha de Koh Lipe

Vagando de praia em praia na ilha de Koh Lipe. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

É um lugar perfeito para quem quer descansar um pouco, ir para uma praia deserta e ficar observando a beleza da natureza. Abaixo você encontra mais do que fazer em Koh Lipe, embora “fazer nada” em frente a praia seja uma ótima escolha. ?

As praias de Koh Lipe

Pattaya Beach

Essa é provavelmente a praia que todos conhecem primeiro, pois é o ponto de chegada e saída dos ferries e barcos de passeio. Não é a mais bonita delas mas eu gostei bastante. Têm vários bares e restaurante pé na areia, além de alguns hotéis e camping lá no canto direito.

Futebol na Pattaya Beach com os tailandeses

Futebol na Pattaya Beach com os tailandeses. | Foto: Bruno/@naproadavida

A praia é longa, e a parte que mais gostei foi o canto direito, onde joguei futebol com algumas crianças locais na primeira tarde, caminhei numa plataforma de madeira que leva até a floresta que cobre essa parte da ilha e na volta a praia, vi um pôr do sol lindo. No segundo dia pela manhã eu voltei para o mesmo canto da praia para fazer snorkeling, pois a água é mais clara ali e não tem tantos barcos também.

Pôr do sol em Pattaya Beach, Koh Lipe.

Pôr do sol em Pattaya Beach, Koh Lipe.

Para quem gosta de festa ou quer curtir um pouco a noite, existem vários bares que vão até tarde com música boa e galera na praia com violão. No fim de semana em que eu estava lá, tinha uma festa rolando no Art Beach Club, mas o valor cobrado para entrar era absurdo e não parecia muito animada, então a galera tava curtindo a música na praia mesmo. Seguindo para a esquerda existem bares mais tranquilos e um Reggae bar que tinha uma vibe boa. ?

Sunrise Beach

Essa foi a praia que mais gostei, pois a água é bem cristalina, os bares tem uma atmosfera muito boa e porque foi simplesmente a melhor opção para descansar um pouco no primeiro dia.

Crianças brincavam na Sunrise Beach esperando o barco para ir embora. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

Crianças brincavam na Sunrise Beach esperando o barco para ir embora. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

No segundo dia eu havia planejado de acordar por volta das 6h para ver o nascer do sol por lá, mas amanheceu chovendo bastante e acabei voltando pra cama e indo pra Pattaya e Sunset Beach depois. No final do mesmo dia, acabei passando por lá após ver o pôr do sol na Sunset, o que também é possível ver nos bancos de areia do canto esquerdo da Sunrise Beach. Ahhh, quero voltar pra lá já! ?

Sunset Beach

No segundo dia eu saí de Pattaya beach e peguei um caminho alternativo no canto direito da praia após o Sita Beach Resort e fui direto para a Sunset Beach. Olhando no mapa, eu vi que tinha uma pequena praia antes de chegar na Sunset e resolvi ver como era.

Entardecer na Sunset Beach, Koh Lipe

Entardecer na Sunset Beach, Koh Lipe | Foto: Bruno/@naproadavida

Chegando lá, pensei que não valia tanto a pena assim e quase voltei para a estrada, mas algo me segurou e resolvi ir para a Sunset Beach pelas pedras. Foi a melhor decisão do fim de semana, a água era muito cristalina e havia muitos peixes. Deixei a mochila em uma das pedras e pulei na água com o snorkel. Passei mais de uma hora sozinho naquele cantinho fazendo snorkeling com os peixes e caranguejos e vendo os barcos passarem. Dali eu continuei pelas pedras até chegar na Sunset Beach, o caminho não é fácil, mas valeu a pena.

Um dos únicos momentos em que vi alguém passando por ali.

Um dos únicos momentos em que vi alguém passando por ali. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

Cheguei na Sunset Beach achando que não era aquela praia, pois é um tanto pequena se comparada às outras e por isso, possui menos opções de hospedagem e restaurante, mas isso até a deixa melhor e mais vazia. Fui para o canto direito, onde fiquei bem em frente ao reflexo do sol. Foi o fim de dia perfeito, o sol se põe perfeitamente lá no fundo, se esconde atrás das nuvens e depois aparece em baixo, em forma de círculo bem vermelho, definitivamente, um dos pôres do sol mais bonitos que já vi.

Lado direito da Sunset Beach ao vermelho do pôr do sol. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

Lado direito da Sunset Beach ao vermelho do pôr do sol. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

Os passeios para fazer saindo de Koh Lipe

Koh Lipe é uma das ilhas do Parque Nacional de Tarutao, que agrega mais de 51 ilhas e três arquipélagos diferentes, e é para a preservação do mesmo que eles cobram aquela taxa de 200 THB na entrada da ilha. Existem vários passeios para se fazer saindo de Koh Lipe, alguns para ver o pôr do sol em outra ilha, outros para mergulhar com peixes que só tem em determinada ilha e outros para conhecer as ilhas vizinhas e suas belas praias.

Day Trip para fazer Snorkel

Fazer snorkel em Koh Lipe é uma coisa que realmente vale a pena, as praias são lindas, água cristalina e muitos peixes e corais.

Snorkeling e relaxando nas praias de Koh Lipe.

Snorkeling e relaxando nas praias de Koh Lipe. – @passeiosemphiphi

Por isso, as agências oferecem alguns pacotes que saem de Koh Lipe para as ilhas vizinhas, e o preço varia de acordo com o número de ilhas que você deseja conhecer. Em 2019 os preços eram esses:

  • Programa A – (Jabang, Koh Hin Ngam, Koh Yang, Koh Rawi, Koh Adang)
    Das 9h30 às 15h30, passeio por 5 ilhas – 650 THB – Reserve no site.
  • Programa B – (Koh Hin Sorn, Koh Bulu, Koh Lugoi, Koh Tong, Koh Pung, Koh Hin Ngam, Jabang)
    Das 9h30 às 16h, passeio por 7 ilhas – 750 THB – Reserve no site.

Sunset trip

Das 14h30 às 18h30, passeio por 4 ilhas, com parada para o pôr do sol em Koh Adang – 500 THB

Eu não fiz nenhum passeio pois a nossa ideia é voltar para Koh Lipe quando formos conhecer melhor esse lado da Tailândia, então deixei para a próxima, e eu realmente espero que a gente volte em breve.

Mergulho em Koh Lipe

Conversando com a Kate, tailandesa e mulher do Mário, sobre as outras ilhas, clima e atrações, ela me disse que o mergulho em Koh Lipe é incrível, sendo hoje o melhor da Tailândia em termos de visibilidade e riqueza da vida marinha, segundo ela. Eu disse que faria o meu curso de mergulho em Koh Tao, pois é muito mais barato, mas concordei que preciso voltar pra Koh Lipe para mergulhar e ver se concordo com a opinião dela. ?

Um pôr do sol maravilhoso em Koh Lipe. | Bruno/@naproadavia

Um pôr do sol maravilhoso em Koh Lipe. | Bruno/@naproadavida

Nadar com os Plânctons

Lendo os anúncios em um dos mapas, vi que eles disponibilizam um passeio para nadar com os famosos plânctons. O passeio sai de Pattaya beach às 13h30, faz o mesmo roteiro da Sunset trip de snorkel, e para em Adang beach para jantar vendo o pôr do sol, e depois a atração é nadar à noite com os planktons, que eu vi em Koh Tao alguns meses depois enquanto mergulhava.

O passeio custa 800 THB e inclui os equipamentos para snorkel, um guia, bebida não alcoólica, jantar e frutas, assim como o passeio de barco em Phi Phi.

Thai massage (a ótima massagem tailandesa)

Fazer massagem na Tailândia é sempre uma delícia (e às vezes dolorosa). Em Koh Lipe, como em vários lugares no país, é possível encontrar lugares para fazer massagem em qualquer esquina, porém, os preços lá são o dobro do que pagamos em Bangkok ou Chiang Mai. De qualquer forma, para quem não está com o budget apertado, vale a pena fazer uma massagem depois de um dia de sol e muita praia. Existem boas opções de massagem nos resorts em Sunrise e Pattaya Beach.

Como sair de Koh Lipe

A saída de Koh Lipe é o mesmo sistema da chegada. Você compra o bilhete do ferry para onde quer ir online, em uma das agências na Walking Street ou mesmo nas praias. Para pegar o ferry, basta caminhar até a Pattaya ou Sunrise Beach, dependendo do seu destino. Eu estava voltando para Langkawi, portanto o meu barco sairia de Pattaya beach.

Plataforma flutuante de Patttaya Beach em Koh Lipe | Foto: Bruno/@naproadavida

Plataforma flutuante de Patttaya Beach em Koh Lipe | Foto: Bruno/@naproadavida

Normalmente, o bilhete do ferry para Langkawi custa 1000 THB, mas o pessoal do Shanti Hostel vende por 900 THB, aliás, eles tem desconto em várias coisas, como os passeios para snorkel, barcos para outros lugares, restaurantes e até mesmo nos transportes que fazem o trajeto de Koh Lipe para Bangkok. Se você quiser reservar o barco de volta para Langkawi, o 12go.asia é o site mais confiável para a reserva de transportes na Ásia.

No dia em que eu ia embora choveu MUITO e eu fiquei brincando com a Shanti, filha do Mário, que é uma criança linda e já fala muito bem inglês, italiano e tailandês. A chuva foi tão forte que em Pattaya Beach havia muita madeira na areia da praia, pois alguns barcos acabaram afundando, eu presenciei dois barcos sendo engolidos pelo mar, mas não podíamos fazer nada para ajudar. Os barcos não conseguiriam fazer as saídas pela Pattaya beach naquele dia.

O mar tranquilo de Pattaya Beach no dia anterior. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

O mar tranquilo de Pattaya Beach no dia anterior. | Foto: Bruno/@passeiosemphiphi

A empresa que faz o transporte de Koh Lipe a Langkawi, Bundhaya Speed Boat organizou um transfer de tuk tuk saindo da Pattaya para a Sunrise Beach, onde o mar estava um pouco mais calmo. Dali, pegamos um longtail boat até o ferry e seguimos viagem de volta a Langkawi.
A volta foi igualmente agitada e com muitas ondas e as pessoas cada vez mais puxavam as sacolinhas pregadas nas paredes, a viagem até a ilha da Malásia durou o mesmo que na ida e a imigração é feita no porto de chegada, saindo do ferry. Na entrada em Langkawi me perguntaram da carteirinha de febre amarela.

Koh Lipe vale a pena?

Uma das coisas que mais ouço perguntarem sobre a ilha é se realmente vale a pena visitar Koh Lipe e enfrentar as longas horas de viagem para chegar até lá. Na minha opinião, depende muito do seu tipo de viagem e da sua vibe no momento. A paisagem é indiscutível e Koh Lipe é sim uma das ilhas mais lindas da Tailândia.

Criançada local parou de jogar bola para me mostrar um peixe no restaurante onde eles moravam.

Criançada local parou de jogar bola para me mostrar um peixe no restaurante onde eles moravam.

Koh Lipe é uma ilha bem mais tranquila, com um clima e ambiente bem relax e, mesmo tendo alguns bares e beach clubs com festas na beira da praia, não é a ilha perfeita para quem procura uma noite agitada como o que vemos em Koh Phi Phi e Koh Phangan.
Eu viajei sozinho e achei tranquilo, pois é possível conhecer pessoas em hostels e fazer amizades para explorar a ilha e região mas, senti que Koh Lipe é uma ilha que agrada mais aos casais e famílias ou pessoas que procuram um pouco mais de sossego.
De qualquer forma, sempre que me perguntam isso, a minha resposta é: sim, vale a pena visitar Koh Lipe.

Mas, se você, por exemplo cortar Koh Lipe e estender uns dias em outras ilhas do Mar de Andaman ou mesmo ir visitar as ilhas do Golfo da Tailândia, eu acho que é uma ótima decisão. A Tailândia é cheia de paraísos e dificilmente você conhecerá todos em uma só viagem, portanto, veja o que é melhor para a sua viagem, com os dias que se tem e trajeto que pleneja fazer.

Dica: tenha a sua carteirinha de vacinação de febre amarela em mãos, pois um senhor me parou perguntando da minha, que eu havia esquecido de levar nesses três dias. Ele me perguntou quanto tempo eu fiquei em Koh Lipe, disse que eu preciso ter o documento em mãos próximas vezes e me liberou.

Achou este post interessante e quer salvá-lo para ler depois? Clique na imagem para salvar no Pinterest e ler depois 😛

Koh Lipe: a ilha queridinha e paradisíaca no sul da Tailândia

E aí, gostou das dicas? Tem alguma dúvida? E como foi a sua experiência visitando Koh Lipe? Conta pra gente aqui nos comentários!
Se quiser ver mais fotos ou vídeos sobre a Tailândia e outros países da Ásia, siga as nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube.

Que tal compartilhar?


Indo para a Tailândia?
Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

34 Comentários

  1. carolina

    Gostaria de tirar uma duvida, talvez vcs possam me ajudar….Estou programando uma viagem de 20 dias para a Tailandia. Meu voo saira da Australia(onde moro atualmente) com destino a Langkawl na Malasia, e de la pegarei um barco com destino a Koh Lipe. Minha intencao e depois de alguns dias em Koh Lipe ir para Bangkok. Gostaria de saber se preciso de visto ), pois tenho pesquisado, e em muitos sites a informacao e de que caso entre na Tailandia atraves de Koh Lipe nao posso ficar mais de 15 dias.Alguem sabe me dizer se e isso mesmo?

    Responder
    • Bruno Miguel

      Olá Carolina, obrigado pela pergunta! Sempre tive isso na minha mente e achei que havia inserido no post tbm. Eu também tive a mesma dúvida e até chegar em Koh Lipe achava que seria 15 dias, mas chegando na ilha eles me deram um o visto de 90 dias normal. Então pode ir tranquila, que mesmo entrando por ali, nós brasileiros temos direito aos 90 dias. Qualquer dúvida, avise!

      Responder
  2. Débora

    Que incrível as dicas. Estou muito tentada a ir para este lugar maravilhoso, e parece ser bem tranquilo, sem muita badalação. O que realmente não é nada agradável é o setor vômitos, credo que nojo. Mas vale muito a pena ter este perrengue pelo que você disse. Pronto. Acrescentado na listinha de destinos.

    Responder
  3. juliana

    Oi Bruno, vou para Tailândia e estou amando suas dicas e relatos!! Estou com uma duvida.. vou ficar 4 dias em Phi phi, é possível ou ja existe algum passeio que vá a Koh Lipe em um dia? Ir e voltar no mesmo dia..
    Parabéns pelo blog! entrei em contato para fechar o passeio tour completos pelas ilhas praias! beijos

    Responder
    • Victória Farina

      Oi Juliana, que bom que está gostando do post e das dicas 🙂 Então, são muitas horas de ferry para você ir somente para um dia. Koh Lipe tem que ficar pelo menos dois dias para aproveitar, se não vale a pena ficar aqui em Phi Phi mesmo. Chega quando aqui? beijos e obrigada pelo comentário!

      Responder
  4. André Barcelos

    Boa tarde Bruno e amigos!
    Primeiramente parabéns pelo blog e pela disposição pela estrada!
    🙂
    Estou na Tailândia desde o dia 12/02 e dia 08/03 teu de estar de volta a bkk para pegar meu vôo para o Brasil.
    Estou indo agora para Koh Lipe. Antes pretendia passar um tempo em Koh Lipe e outro em Railay, mas agora como não tenho itinerário definido e aos ouvir tantos relatos de Koh Lipe já estou tentado a mudar e deixar Railay de lado.
    O que vocês acham, me dizem é aconselham???…
    Hehehe
    E outra, pra retornar pra Krabi ou para bkk saindo de Lipe o que deve ser melhor, fazer o trajeto de volta pra Phi Phi ou pegar um vôo ou tem da Malásia?
    Por favor galera, help me please!!!…
    :))
    Forte abraço e bons ventos para todos!
    😉

    Responder
    • Bruno Miguel

      Faaala André, beleza?
      Cara, realmente acho que vale mais a pena visitar Lipe do que Railay! A não ser que faça os passeios das ilhas próximas a Railay! De qualquer forma, você pode fazer as ilhas próximas a Lipe tbm. Você não consegue dividir os dias pros dois lugares né?! Quanto tempo está planejando ficar em Koh Lipe?
      Acho que nesse caso depende da sua disponibilidade de tempo e preço. Vc pode ir pra Langkawi e de lá ver um voo pra Tailândia ou ir pro píer Pak Bara e pegar um voo saindo de Hat Yai. Por Phi Phi tbm vai levar um tempo longo, mas como disse, vai do seu tempo e grana. Dá uma conferida nos trajetos aqui: https://12go.asia/?z=152063
      Valeu pelo comentário e boa viagem por aí! (y)

      Responder
  5. Adriana Mendonca

    Koh Lipe foi um dos poucos destinos da Tailândia que nos arrependemos… de NÃO ter ido hahaha Certeza que a gente ia se encantar perdidamente por esse lugar, mas vai ficar pra próxima!

    Responder
    • Victória Farina

      Com certeza na próxima passagem de vocês pela linda Tailândia tem que rolar Koh Lipe heim! <3

      Responder
  6. Patrícia

    Caramba! viajei junto nessas fotos lindas e essas praias?? Tailândia é impressionantemente bonita e povoa meus sonhos faz tempo… Uma hora rola.
    Salvei o post!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Valeu pelo comentário! Sim, Tailândia é impressionante e Koh Lipe foi um lugar muito especial pra mim…

      Responder
  7. Marcia

    Pra chegar ao paraíso, tem conexão no Purgatório! Rsrs
    Muito boas suas dicas, ótima descrição e as fotos estão incríveis, parabéms!

    Responder
  8. Viviane Carneiro

    Nossa… que lugar mais lindo! Adorei o post, as dicas e as fotos maravilhosas. Tenho muita vontade de conhecer a Tailândia.

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, Koh Lipe é lindo! haha o melhor momento pra conhecer a Tailândia foi a 15, 20, 30 anos atrás. Mas ainda dá tempo de vir aqui e se apaixonar por esse paraíso em que estamos vivendo hoje! 😛

      Responder
  9. Roberta Lan

    Sou louca pra conhecer a Tailândia. Com esse roteiro maravilhoso que você montou, só preciso comprar as passagens! 😀

    Responder
    • Bruno Miguel

      Haha bom, Koh Lipe é só uma pequena parte do que o país tem a oferecer… Mas sim, Tailândia é incrível! <3

      Responder
  10. angela sant anna

    bahh essa ilha eu nao passei durante a minha viagem, sao tantos lugares lindos na tailandia q nao da tempo de ver tudo numa vez so aheuahe passei 15 dias e sinto q um mes e meio talvez seja suficiente pra conehcer mais desse paraiso!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Nós estamos por aqui há mais de seis meses entre idas e vindas e achamos que não foi suficiente hahaha nunca será! Existem diversas ilhas incríveis a serem vistas na Tailândia…

      Responder
  11. Analuiza

    De fato, alguma coisa muito perto do paraíso este lugar. Quanta praia bonita! Deve ser uma delícia sem tamanho passar uns dias ai. Amei aquela street food, mais que as praias, preciso confessar. Amo pad thai e gostaria de sair provando tudo que é comidinha! rsrs
    Fiquei muuito desanimada com a travessia. Tem gente que não pode ver sangue, mas eu não posso ver ninguém vomitando. Passo muito mal! 🙁

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, Koh Lipe foi um lugar ótimo pra relaxar num fim de semana. A comida tailandesa é sem dúvidas incrível e eu amo, mesmo que apimentada demais as vezes. hahaha Bom, essa coisa do barco pode acontecer em um dia, mas no outro não… E aí, vale tomar um remédio ou algo anti enjoo e enfrentar a viagem até a ilha! 😉

      Responder
  12. Michelle

    A Tailandia ainda me parece um lugar bastante distante pra conhecer…Acho que teria que passar bastante tempo pra valer a longa viagem, mas deve ser incrivel.

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, parece distante, mas um lugar que vale a pena o quanto antes! Nós estamos nessa região a mais de um ano e não conhecemos tudo que queríamos… 🙂

      Responder
  13. Keul Fortes

    Muito informativo! Quantas dicas úteis por aqui.. Fiquei encantada com esse lugar! =)

    Responder
    • Bruno Miguel

      Valeu Keul! É só pegar o barco e descer com os pés na areia do paraíso! 😉

      Responder
  14. Amilton

    A Tailândia tem lugares incríveis, né? São tantas ilhotas que a vontade é de passar um tempão pelo país só desbravando elas, quando estive por lá não fui nessa daí mas certamente vou incluí-la numa próxima viagem. Abs

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, com certeza precisa incluir se vier às ilhas no mar de andaman. Koh Lipe está recebendo um número absurdo de turistas nos últimos anos e logo, logo vai estar bombando como Phi Phi, Phuket e as vizinhas. Valeu pelo comentário! 😛

      Responder
  15. Carla Mota

    Ainda me falta conhecer essa ilha na Tailândia. Fiquei cheia de vontade. Já estive três vezes no países, num total de quase dois meses mas ainda há imensa coisa para descobrir.

    Responder
    • Bruno Miguel

      Sim, estamos há mais de seis meses entre idas e vindas e não conhecemos tudo. Tailândia é imensa e cheia de coisas para ver. Todas as ilhas perto de Koh Lipe são ilhas que valem a pena a visita tbm! 🙂

      Responder
  16. Josiane Bravo

    Meu sonho de destino. Acho que vou me dar mal quando for haha, pois só viajo com mala de rodinha rs, a minha mochila sempre ocupa espaço suficiente para a câmera 🙁 mas legal essa dica, vou me lembrar dela e tentar evitar a malinha rs.

    Responder
  17. ADRIANA MAGALHAES ALVES DE MELO

    Praias maravilhosas… Eu ia adorar passar 3 dias aí. Só não ia gostar do ferry onde todo mundo tinha que usar o saquinho de vômito kkkkk. Gostei muito do post, bem completo!

    Responder
    • Victória Farina

      hahahahaha para chegar no paraíso tem que sofrer um pouquinho, não é? :)) é parte da vida ! Mas achamos que valeu super a pena pela experiência. Obrigada pelo comentário 🙂

      Responder
  18. Ruthia

    Que demais, fazer o processo de imigração na praia. No paraíso deve ser assim… as fotos ficaram incríveis, sobretudo as das crianças sorridentes e do pôr do sol.
    O boletim de vacinas foi apenas um acaso, ou preciso de vacinação especial para visitar a região?

    Responder
  19. Keul Fortes

    Um paraíso de lugar! Sou louca para conhecer. Obrigada por tantas dicas interessante! Vou já planejar minha ida até lá. hahah! =)

    Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *