Onde ficar em Chiang Mai: escolhendo a melhor hospedagem no norte da Tailândia

Home » Tailândia » Onde ficar em Chiang Mai: escolhendo a melhor hospedagem no norte da Tailândia

Atualizado em Mar 1, 2021

Por: Bruno

Atualizado em Mar 1, 2021

Por: Bruno

Nós já estávamos morando na Tailândia há um mês, por conta do voluntariado que fizemos em Bangkok e a ideia era sair de lá para ver o famoso festival das lanternas em Chiang Mai e talvez, passar um tempo na cidade. Bom, depois do festival, nós acabamos nos apaixonando pelo que vimos e vivemos em Chiang Mai e resolvemos estender a nossa estadia e de tanto procurar hotéis e hostels, acabamos ficando em lugares e regiões diferentes. E então, resolvemos ajudar você a decidir onde ficar em Chiang Mai, com opções de bairros e hotéis diferentes.

Corredor lindo em Nantaram Road, no bairro de Hai Ya - onde ficar em Chiang Mai

Corredor lindo em Nantaram Road, no bairro de Hai Ya | Foto: Bruno/ @naproadavida

A maioria dos visitantes acaba se hospedando na área central, pois a conveniência de estar perto de tudo é um ponto muito importante na hora de decidir. Normalmente, essas áreas são divididas da seguinte forma`: a Cidade Antiga, Night Bazaar e o Riverside, que conta com hotéis à beira do Ping River, o rio que corta toda a região norte da Tailândia. Veja onde se hospedar nestas áreas e outras regiões que recomendamos:

Posts que podem ajudar no seu planejamento de viagem pela Tailândia

Onde ficar em Chiang Mai: Old City (A cidade antiga)

Piscina do Lanna Tree Boutique Hotel - onde ficar em Chiang Mai

Piscina do Lanna Tree Boutique Hotel | Foto: divulgação

Basta olhar para o mapa de Chiang Mai e você vai entender o motivo de a cidade antiga ser sempre a primeira indicação quando o assunto é hospedagem em Chiang Mai. A cidade antiga de Chiang Mai está dentro de uma fortaleza construída há mais de 700 anos atrás e protegida por um fosso que rodeia todo o quadrado, como costumamos chamar essa região. Muitas das atrações turísticas de Chiang Mai estão dentro da cidade antiga que, além de muitos templos, conta com diversos mercados de rua que acontecem dia e noite, hostels e pousadas (guest houses) baratas, hotéis bons, bonitos e bem confortáveis, comida de rua e bons restaurantes e muitas lojas de massagem e spa.

Veja no mapa de Chiang Mai a localização e valores dos hotéis nas datas da sua viagem:



Booking.com

Essa região é ótima também para quem quer curtir um pouco de vida noturna na cidade e quer ter a facilidade de locomoção. Por ser um ponto central a região é bem movimentada, podendo ter um trânsito pesado dependendo da época do ano, principalmente nas avenidas que circulam o fosso da cidade.

Nós passamos a primeira noite na cidade antiga e gostamos, porém, ficamos na pousada Rose Guest House, que era bem barato e deixou MUITO a desejar. É aquela história de “receber pelo que pagou”, mas como era bem na época do Festival das lanternas e, tudo estava lotado, não tínhamos muita escolha, pois deixamos para reservar no dia em que chegamos em Chiang Mai.

A Old Town possui uma quantidade absurda de hotéis e por isso, sugerimos ficar hospedado perto do Thapae Gate e, por ali, as melhores opções de hospedagem em nossa opinião são o Lamphu House, Lanna Tree Boutique Hotel e Vieng Mantra Hotel.
Para quem quer um pouco mais de luxo o Makkachiva e o Villa Sirilanna são ótimas escolhas nessa parte da cidade antiga.
Já para quem viaja com um orçamento mais apertado, o Green Sleep Hostel (que oferece café da manhã), o Hostel Lullaby e o Pakping Hostel são as melhores escolhas de onde ficar em Chiang Mai.

Onde ficar em Chiang Mai: Thapae Road e Night Bazaar

Mercado noturno de Chiang Mai | Foto: Bruno/@naproadavida - Onde ficar em Chiang Mai

Mercado noturno de Chiang Mai | Foto: Bruno/ @naproadavida

Essa é considerada a segunda região mais movimentada de Chiang Mai, mas é uma boa opção se o assunto é onde ficar em Chiang Mai.
A Thapae Road é uma avenida que está fora da cidade antiga, mas logo em frente ao Thapae Gate, o portão principal da cidade murada. A distância entre o início da Thapae Road e a Changklan Road, onde acontece o Night Bazaar (Mercado noturno de Chiang Mai), é de cerca de 800 metros e nesse caminho, é possível encontrar desde um bom pad thai e outras comidas de rua a bons bares e restaurantes, alguns com uma cara mais moderna e hipster outros até mais clássicos e sofisticados. Outras ruas pequenas também ligam o Thapae Gate ao Night Bazaar, porém esta avenida é a principal e com o maior movimento.

Thapae Road

Ficar na região da Thapae Road é uma boa opção para quem visita o Festival das Lanternas de Chiang Mai, pois a soltura das lanternas acontece na região do Ping River, que está bem perto, porém, o barulho nessa época pode incomodar um pouco. Em outras épocas do ano, ficar ali pode ser mais tranquilo que se hospedar dentro da cidade antiga e ainda muito conveniente.

Piscina do Baan Saen Fang Hotel | Foto: reprodução - Onde ficar em Chiang Mai

Piscina do Baan Saen Fang Hotel | Foto: divulgação

As melhores opções na Thapae Road são o The Signature Hotel, Mo Rooms, Ban Chang Tong, The Localist e o D-Well Hostel, que possui uma estrutura muito boa.
A região Thapae Road não conta com acomodações de luxo, porém, o hotel Baan Saen Fang possui uma das melhores estruturas dessa área.
Já os mais baratinhos e ainda assim bons, o Kamala’s Boutique Guesthouse, 202 House e o @Thapae são os mais indicados.

Night Bazaar (Mercado noturno)

Já a região do Night Bazaar é para quem quer ficar entre o Riverside e a cidade antiga. Ali é possível encontrar todos os tipos de lojas e barraquinhas de souvenirs, roupas, bons restaurantes e bares legais para tomar algo (de repente até o famoso baldinho). Para quem procura vida noturna e festa, essa região também é boa, pois a Loi Kroh Road cruza esta região e é lá que estão todos os tipos de bares que você pode imaginar, desde os sport bars com partidas do futebol inglês até os famosos bares onde estão as boates e as ladyboys tailandesas.

Suíte do Le Meridien Chiang Mai | Foto: divulgação - Onde ficar em Chiang Mai

Suíte do Le Meridien Chiang Mai | Foto: divulgação

Por outro lado, mesmo com toda a agitação, muitas famílias e casais escolhem ficar nessa área, pois é onde estão alguns dos melhores hotéis da cidade.As opções mais recomendadas por ali são o Royal Lanna Hotel, Nap in Chiangmai, Dusit Princess e o Night Bazaar Inn.
Quem procura conforto e luxo, certamente optará pelo Le Meridien Chiang Mai ou o Anantara Resort, que fica mais perto do Rio Ping. As opções para o viajante econômico aqui são o Lux Rooms, Uno Chiangmai e o baratíssimo, mas muito bom, Plearn Hostel.

  • Já comprou o Seguro Viagem? Compare neste link e reserve com 5% de desconto na SegurosPromo usando o código NAPROADAVIDA5 ou faça uma cotação na ótima World Nomads.

Onde ficar em Chiang Mai: Riverside, às margens do Rio Ping

Quarto do Rarin Jinda Wellness Spa Resort | Foto: divulgação - onde ficar em Chiang Mai

Quarto do Rarin Jinda Wellness Spa Resort | Foto: divulgação

O Riverside de Chiang Mai é uma das áreas que mais gostávamos de visitar quando queríamos escapar um pouco da movimentação da cidade antiga e também quando queríamos curtir um bar com música ao vivo e moradores locais, ou mesmo para comer algo às margens do Ping River.

Aqui é um lugar para quem procura uma estadia bem relax, sem todo aquele barulho e movimento dos entornos da cidade. Ótimo também para quem busca conforto e um pouco mais de luxo, pois as opções por aqui são mais voltadas para o estilo resort. É válido dizer que nesta região não existe muitas atrações turísticas ou vida noturna agitada como as regiões anteriores, mas ainda assim é possível encontrar opções de entretimento em curta distância. Ao escolher onde ficar em Chiang Mai, a melhor coisa a se pensar, é o tipo de experiência que você procura na cidade.

As melhores opções na região do Riverside são Puripunn Baby Grand Boutique Hotel, Rarin Jinda Wellness Spa Resort, Sala Lanna, Hotel des Artists e o famoso e distante Eurasia Chiang Mai Hotel.

  • Para encontrar outras opções de hotel na Tailândia, o booking.com e o agoda.com são as melhores opções na hora de comparar.

Onde ficar em Chiang Mai: Nimmanhaemin Road

Quarto do Peak Nimman | Foto: divulgação - onde ficar em Chiang Mai

Quarto do Peak Nimman | Foto: divulgação

A Nimman Road, como costumávamos chamar, fica em uma das áreas comerciais de Chiang Mai e normalmente não recebe muitos turistas, pois o número de atrações e templos por aqui é bem reduzido. Muitos de nossos amigos que moravam na cidade enquanto estivemos lá, ficavam nesta área.

Se hospedar na Nimman é uma boa opção para quem procura bons cafés, bares descolados, hamburguerias legais, bons restaurantes e até mesmo cinema. A Nimman Road é também onde fica a Universidade de Chiang Mai e, por isto, é um local com muita gente jovem e uma vida noturna bem mais presente.

As melhores opções de hotéis em Nimman são o Yesterday Hotel, Peak Nimman e o Hotel Noir. Por ser uma área onde se concentram muitas pessoas jovens é ali também onde estão alguns dos melhores hostels de Chiang Mai, que são o Rimnim Hostel, o Hub Hostel e até mesmo um hostel somente para mulheres, o Smile Lanna Ladies Hostel, que também faz a diferença na hora de escolher onde ficar em Chiang Mai.

Onde ficar em Chiang Mai: O bairro de Hai Ya (Chiang Mai Gate)

Este foi o bairro em que passamos mais de um mês enquanto moramos na cidade e uma boa opção na hora de escolher onde ficar em Chiang Mai se você quer sair da área da cidade antiga, mas ainda assim ficar perto da zona central. Esta área é bem menos turística e é possível perceber isso pela diferença nos preços em relação ao Thapae Gate.

As atrações que mais gostávamos de visitar por ali eram o famoso Silver Temple e o Nong Buak Haad Park, um parque bem legal, cheio de atividades ao ar livre e que é frequentado normalmente por moradores locais e estrangeiros vivendo na cidade. Nessa região acontece também o Saturday Night Street Market, um mercado noturno que acontece todos os sábados, e é quando alguns templos ficam enfeitados e com luzinhas acesas. Logo após o boom do Festival das Lanternas, nós mudamos do Rose Guesthouse para o Natee Place, que tinha quartos e um atendimento muito bom, mas era bem longe da área central e em uma das noites, resolvemos voltar andando para o hotel, mas tivemos que correr MUITO, porque quatro cachorros queriam brincar de Pega Pega com os farangs no meio da madrugada. Depois disso, só saíamos de moto ou Uber, até encontrarmos um lugar para morar.

Quarto do Sri Ngachang | Foto: divulgação - onde ficar em Chiang Mai

Quarto do Sri Ngachang | Foto: divulgação

Nós morávamos num apartamento em frente ao Smith Residence, que é um hotel razoável por ali, mas as melhores opções são o iWualai Hotel (que oferece um ótimo café da manhã), o Mhonsa Hotel, Thee Chiang Thai e o Sri Ngachang que também possui ótima localização, estrutura agradável e bom café da manhã.
E, para quem está viajando barato, as melhores opções são o 84 Gallery, The Entaneer Poshtel, o Chiang Mai Capsule Hostel e o Have a Nice Day Hostel, que fica naquela região, mas dentro do quadrado e possui uma estrutura muito boa pelo valor cobrado.

  • Hai Ya possui outros ótimos hotéis e você pode conferi-los aqui e aqui.

Onde ficar em Chiang Mai: Lua de mel na Tailândia

Em umas das áreas de lazer do Panviman Spa Resort | Foto: Bruno/@naproadavida - onde ficar em Chiang Mai

Em umas das áreas de lazer do Panviman Spa Resort | Foto: Bruno/ @naproadavida

Se você está em lua de mel, Chiang Mai pode ser umas das paradas perfeitas para a sua viagem. A cidade conta com diversos tipos de hotéis e resorts que podem se adequar a diferentes tipos de orçamento. A maioria dos hotéis e resorts considerados ótimos para uma lua de mel possuem um valor mais alto que os indicados acima mas, é claro que o serviço condiz com valor e também os preços na Tailândia ainda são extremamente atraentes.

Alguns hotéis estão nas montanhas como é o caso do Panviman Chiang Mai Spa Resort, que contamos nesse post como foi a nossa experiência lá, outros estão no Riverside e alguns, estão até mesmo na região central de Chiang Mai. No caminho para o Panviman, está o famoso Four Seasons Resort, que fica em Mae Rim, mesma região do Jardim botânico da rainha Sirikit e outras atrações.

Casal no Nong Buak Haad Park | Foto: Bruno/@naproadavida

Casal no Nong Buak Haad Park | Foto: Bruno/ @naproadavida

Na região do Riverside, um dos melhores hotéis para lua de mel em Chiang Mai é o The Chiang Mai Riverside Hotel, que fica a 5km do centro. O Sireeampan Boutique Resort & Spa fica na região da Nimman e muito perto da montanha de Doi Suthep.

Já o Le Méridien Chiang Mai é perfeito para quem não se incomoda em ficar no meio da cidade ou quem opta por ter tudo perto, mesmo estando em lua de mel, pois ele fica na mesma rua do Night Bazaar.

Área de lazer do The Dhara Dhevi

Área de lazer do The Dhara Dhevi | Foto: divulgação

O The Dhara Dhevi é para quem tem um orçamento de viagens independentemente de país ou continente, pois ele está no top 10 dos melhores hotéis da Tailândia. Com uma área gigantesca de jardins e pequenos templos, parece que eles possuem uma pequena cidade somente para os hóspedes aproveitarem o melhor que o hotel oferece. Uma coisa boa é que o The Dhara Dhevi fica a somente 6km do centro de Chiang Mai, possibilitando um curto tempo de deslocamento e mais tempo visitando as atrações da cidade, sensacional para uma lua de mel, não é mesmo? Para reservar o The Dhara Devi, recomendamos o Booking e o Agoda.

Chiang Mai é uma cidade que tem recebido muitos e muitos turistas a cada ano, mas é uma das poucas da Tailândia que ainda conseguem manter aquele ar cultural. As atrações para visitar na cidade são intermináveis e a escolha de um bom hotel com boa localização é crucial. Esperamos que as informações tenham ajudado na tarefa de escolher onde ficar em Chiang Mai. Caso tenha dúvidas, sugestões de hotéis ou comentários sobre qualquer um deles, deixe seu comentário abaixo.

Veja também:

Que tal compartilhar?

Indo para a Tailândia?

Conheça os melhores passeios para a sua viagem. Guias, fotógrafos e atendimento em português.

Somos Bruno & Vic, dois viajantes que se conheceram e se apaixonaram trabalhando a bordo de um navio de cruzeiros. Em 2016, saímos em uma viagem ao mundo e, desde então, levamos a nossa vida na estrada. Entre caronas, voluntariados e trabalhos online compartilhamos nossas inúmeras experiências e pouco dessa vida nômade aqui no Blog Na Proa da Vida, veja mais

Planeje sua viagem

seguro viagem

hotéis

chip de internet

trabalho voluntário

passeios & ingressos

transporte pela ásia

Veja mais sobre o mesmo assunto:

Nota: este post pode conter links de parceiros do blog Na Proa da Vida. Isso significa que ao comprar um de seus produtos você estará ajudando na manutenção do nosso blog e do conteúdo de qualidade produzido para você. Não se preocupe, você não paga nadica de nada a mais por isso e ainda nos motiva a conseguir descontos exclusivos, em diversos serviços, para os leitores do Na Proa da Vida. Saiba mais.

Publicado em: Atualizado em Mar 1, 2021
<a href="https://www.naproadavida.com/" target="_blank">Bruno</a>
Bruno
Já morei numa casa de lata flutuante onde o maior prazer era descobrir os sete mares. Trabalhei nos maiores eventos esportivos do mundo e vi o Bolt voando para mais um ouro no Rio de Janeiro. Hoje viajo o mundo sem data de volta para casa, na verdade, tenho chamado o mundo de minha casa. Não conto quantos países conheci pelo número de carimbos no passaporte, pois às vezes conheço dez países dentro de um só. Mergulhador e amante do oceano, amo aprender novos idiomas e coisas novas e escrevo sobre algumas das minhas aventuras no Na Proa da Vida.

Pode ser interessante para a sua viagem

E aí, que tal deixar um comentário? ?

8 Comentários

  1. Jessica Cezar

    A Tailandia ta na minha listinha de destinos sonhados!!! Essas com uma pegada mais pitorescas me conquistaram! Vou salvar o post no me Pocket!!!

    Responder
    • Bruno Miguel

      A Tailândia é um sonho que moramos e viajamos e voltaremos em breve! hahaha Que bom que gostou e realmente espero que ajude! 😉

      Responder
  2. Itamar Japa

    Excelente dicas! favoritando o post para consultas futuras. Tailândia é um sonho, desde os tempos de adolescente, quando treinava Muay Thai.

    Responder
  3. Roberto

    Foi um verdadeiro achado ter encontrado estas dicas da Tailandia por pessoas que estão morando por ai um tempinho! Genial! Longa estrada pra vcs!

    Responder
    • Bruno Miguel

      Valeeeeu Roberto! A Tailândia é o país que mais passamos tempo durante a nossa viagem pela Ásia… Estaremos de volta muito em breve! (y)

      Responder
  4. Débora

    adorei o post, super informativo

    Responder

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *